quarta-feira, setembro 30, 2015

SERVIDORES DA FENORTE SERÃO TRANSFERIDOS PRA UENF


Estive reunido hoje com o Secretário Gustavo Tutuca acertando os detalhes da transferência dos servidores estatutários da Fundação Estadual do Norte Fluminense (Fenorte) para a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), ainda em outubro. A decisão acertada atende à justa reivindicação desses profissionais que, desde 2001, perderam suas funções quando a Uenf adquiriu sua autonomia administrativa.

(Face do deputado Comte Bittencourt)

SERVIÇO DE HOME CARE, EM CAMPOS, PODE PARAR POR FALTA DE PAGAMENTO

video

ACIC DEFENDE INVESTIDAS CONTRA ASSALTANTES


A quantidade de arrombamentos ocorridos na área central de Campos, nos últimos dias do mês de setembro ensejaram que a Associação Comercial e Industrial de Campos – Acic, enviasse ao Comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar de Campos, Marcelo Freimman, ofício solicitando maior rigor e presença de viaturas policiais militares rondando o centro da cidade.
Somente nos últimos dias, diversos pontos comerciais localizados nas ruas 21 de Abril, Sete de Setembro, Andradas, João Pessoa, e Governador Teothonio Ferreira de Araújo foram arrombados. Nem mesmo um dos pontos mais tradicionais de Campos e tombado pelo Patrimônio Histórico de Campos, o Cha Cha Cha escapou da ação dos bandidos. Quanto mais uma loja tradicional de calçados localizada em frente ao famoso Cha Cha Cha, a loja de um sapateiro, e até um estacionamento localizado na Rua Sete de Setembro, escaparam das investidas dos meliantes.
Por conta dessas e de outras ações ocorridas desde maio desse ano, quando arrombaram a redação do Jornal Folha da Manhã, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Campos, Amaro Ribeiro Gomes que também ocupa o cargo de presidente do Café Comunitário do 8º BPM, resolveu intervir em defesa de seus associados, lojistas e comerciantes de Campos, no intuito de fazer com que a Polícia Militar dê mais atenção e inicie um trabalho de vigilância acentuada no local.
- Como presidente da Acic e do Café Comunitário, vejo-me na obrigação de comunicar e oficializar ao Comandante do 8º BPM que estas ações tem causado insegurança na sociedade. Cobrarei maior rigor e mais atenção para que não sejamos vítimas de outras ações que prejudiquem o comércio, afirmou Gomes.
Com 124 anos, a Associação Comercial e Industrial de Campos – Acic, é um canal expressivo nas lutas comunitárias. Lutas estas que não visam apenas aos interesses dos seus associados, mas também de toda a comunidade.

ASCOM ACIC
Data: 30/09/2015
Foto: Divulgação

NOTICIAS DO DEPUTADO BRUNO DAUAIRE

(asccom)

Bruno Dauaire apresenta projeto que cria ranking de empresas com mais reclamações

Caso se torne lei, um projeto de resolução apresentado na Assembleia Legislativa (Alerj) vai assegurar que a população do Estado do Rio tenha acesso, mensalmente, à lista das 10 empresas contra as quais foram apresentadas mais reclamações na Comissão de Defesa do Consumidor da Casa. O projeto é de autoria do deputado estadual Bruno Dauaire e prevê que o ranking mensal esteja disponível no Diário Oficial e na página da Alerj na internet. Também defende a divulgação de um ranking anual. Outro projeto de autoria do deputado prevê a criação de um selo para a empresa amiga do consumidor, que apresente baixos índices de queixas.

Da lista que reúne as empresas que mais receberam reclamações em 12 meses, os três primeiros lugares terão automaticamente moções de repúdio deferidas, apresentadas pela Comissão de Defesa do Consumidor, também com divulgação no Diário Oficial e site da Alerj. A notícia boa para a empresa que não anda tratando direito o consumidor e pretende mudar a situação é que ela tem a moção de repúdio suspensa assim que comprovar ter resolvido pelo menos 80% das reclamações apresentadas. E melhorou os indicadores de qualidade no atendimento ganha outra moção, só que desta vez de aplausos.

Os objetivos do projeto, explica Bruno Dauaire, são a transparência, a criação de indicadores que ajudem o consumidor em sua escolha e o estímulo às empresas, para que adotem medidas que promovam a melhoria no relacionamento com os consumidores. “A divulgação da lista também é importante para que os cidadãos verifiquem o resultado de suas reclamações e continuem a buscar a efetivação de seus direitos”, diz o deputado.

Projeto de lei propõe selo para empresa amiga do consumidor

Outra iniciativa do deputado Bruno Dauaire foi a apresentação de um projeto de lei que propõe a criação no Estado do Rio de um selo para a empresa amiga do consumidor. O selo será conferido a empresas de comércio de produtos ou prestação de serviços com baixo índice de queixas dos consumidores no Procon-RJ e/ou na Comissão de Defesa do Consumidor da Alerj. Além do selo, a empresa também terá seu nome divulgado no Diário Oficial e no site da Alerj.
Segundo o projeto, os selos serão de duas cores: verde para as empresas que não constam do índice de reclamações do Procon ou da Comissão de Defesa do Consumidor da Alerj e amarelo para que constam do índice, mas que não estejam entre as 20 primeiras no ranking de mais reclamações. As empresas após a vigésima colocação só poderão ser contempladas com o selo se reduzirem as ocorrências de reclamações, tiverem alto índice de solução de problemas e resolverem as reclamações no prazo máximo de até sete dias.

terça-feira, setembro 29, 2015

HGG MARCA CONSULTA PARA CARDIOPATAS PARA JANEIRO DO ANO QUE VEM

Digníssima prefeita de Campos, 
é provavel que sua excelência não tenha visto esta violência cometida por vosso governo contra a população que depende do socorro da Saúde Pública Municipal.
Trata-se de um tapa na cara da Cidadania,
de um soco no estômago dos pacientes cardíacos e de suas famílias.
Acredito que sua excelência não tenha mesmo visto tamanha aberração,
afinal a senhora é uma prefeita ausente.
Trata-se de marcação de consultas para cardiopatas somente em JANEIRO DE 2016 -
para os que resistirem, naturalmente.
Excelência esse dinheiro que abarrota os cofres da viúva é nosso.
Somos nós que PAGAMOS SEU SALÁRIO.
ENTÃO, SÓ LHE CABEM DUAS MEDIDAS EMERGENCIAIS:

1 - OU CORRIGE ESTE ABSURDO

2 - OU BAIXE UM DECRETO PROIBINDO PACIENTES MORREREM ENQUANtO ESPERAM.

Veja a prova do crime:

(Blog do Claudio Andrade)
TENHO CONVICÇÃO QUE OS MINISTÉRIOS PÚBLICOS FEDERAL E O ESTADUAL NÃO FICARÃO INSENSÍVEIS À ESTE CASO.

SERVIDOR ESPERA FUNDO DE SAÚDE PARA CIRURGIA NO OLHO

Fernando Leite compartilhou a publicação de Sérgio Provisano.
1 h
14 hEditado
Esse ser vivente anda pensando em muitas, muitas coisas. E tudo ao mesmo tempo...
Ele pensa agora, neste momento que é um absurdo que tenhamos, nós, funcionários públicos municipais concursados, um direito sonegado de forma unilateral, que era o nosso Plano de Saúde.
Aí, o desGoverno, 'inventa um Fundo de Saúde. Envia um projeto de lei, obscuro, para a câmara, que é votado, aprovado, leva um tempo inexplicável para ser promulgado e é promulgado e publicado no DO às vésperas do feriado do Padroeiro, e nada de concreto acontece para que possamos usufruir do nosso direito.
Alie-se a isto, o fato de que, a desgovernança chegou ao sistema de saúde de tal forma que exames cardíacos estaõ sendo agendados, quando são, só para o ano que vem, por exemplo!
Este ser vivente, está tentando marcar uma cirurgia no olho há meses, pelo sistema público de saúde, mas pasmem! A prefeitura não tem previsão de data e eu, e todos os usuários, vivem numa verdadeira via crúcis para tentar ser atendidos de forma digna, já que saúde é um direito de todos e dever do estado e estado é o município.
Como este ser vivente não pode correr o risco mais de esperar e perder a visão, ele terá que arcar com o custo da cirurgia que fará amanhã, dia 29 de setembro, deste ano da graça de 2015, às suas expensas e verá, como processar o ente público à posteriori, o que convenhamos, é inaceitável do ponto de vista da cidadania.
Boa cirurgia para mim e que Deus nos proteja desta desordem administrativa imperante em nossa Campos dos Goytacazes..
Carpe noctum, carpe diem.

QUEREM NOS COLOCAR NA CADEIA POR CRÍTICAS AOS POLÍTICOS

(Por e-mail)



Um projeto de lei ameaça a liberdade na internet reprimindo os dissidentes e instituindo uma espionagem generalizada contra qualquer pessoa que disser ou postar qualquer conteúdo online considerado "ofensivo" pelos nossos políticos e autoridades. Inadmissível. Junte sua voz em protesto. Temos apenas 24 horas:

ASSINE A PETIÇÃO
Caros amigos,

Sabe aquele post que você escreveu criticando determinado político por sua inoperância no governo? Cuidado, se o projeto de lei que está em andamento na Câmara for aprovado, você poderá pegar até seis anos de cadeia por causa disso. Jura? Juro.

Com a atenção voltada para a crise político-econômica, alguns parlamentares estão se aproveitando do momento e tentando aprovar por baixo dos panos um projeto que ameaça nossa liberdade na internet.

A primeira votação iria acontecer dia 22 de setembro, mas foi adiada por causa da pressão de movimentos dos direitos digitais. Agora, temos 24 horas para vencer -- vamos barrar essa lei horrorosa de uma vez por todas.

Assine a petição e, em seguida, faça uma ligação para os deputados envolvidos no projeto de lei espião. Se eles achavam que poderiam aprovar esse projeto na surdina, nós vamos provar que eles estavam errados fazendo seus telefones tocar sem parar!

https://secure.avaaz.org/po/nao_ao_pl_espiao_d/?bgspEdb&v=65602

Pra facilitar as investigações, o projeto de lei altera o Marco Civil da Internet, que ajudamos a aprovar em uma grande mobilização no ano passado. O #PLespião, como foi batizado por ativistas da rede, é um verdadeiro ataque à nossa privacidade, com sérias consequências também para a liberdade de expressão na rede e para a democracia.

Qualquer pessoa que falar algo que possa ser considerado uma ofensa poderá ter seus dados acessados diante de uma mera solicitação da polícia e ter seu conteúdo retirado com uma simples ordem judicial, antes que o julgamento, que definirá se a pessoa é culpada ou não, seja finalizado. Todos serão vigiados constantemente e tratados como criminosos em potencial.

Será que nossos deputados são tão sensíveis que não conseguem lidar com a crítica do povo? Ou será que estão legislando em causa própria para perseguir e reprimir aqueles que os criticam? Não podemos permitir que, em pleno ano de 2015, eles usem da espionagem contra os próprios cidadãos de seu país! Junte sua voz e passe a petição adiante -- depois ligue para os deputados:

https://secure.avaaz.org/po/nao_ao_pl_espiao_d/?bgspEdb&v=65602
Às vezes não dá pra acreditar nos absurdos que alguns de nossos deputados propõem como lei. Desta vez, querem cercear a liberdade de expressão na internet… Por isso, vamos mostrar a eles que nossa comunidade segue firme e forte, lutando por mais liberdade, não menos. Juntos, defenderemos nossos direitos.

Com determinação e força,

Diego, Joseph, Carol, Débora, Luis e toda a equipe da Avaaz 

EDUARDO CUNHA NA MIRA DA CVM

O presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, aquele, é alvo de nova denúncia, desta vez da CVM - Comissão de Valores Mobiliários. Ele teria transacionado negócios  com o fundo de pensão dos servidores da CEDAE - PRECE, entre os anos de 2003 e 2006.

Só pra situar históricamente, neste período, era governadora do Estado do Rio, a senhora Rosinha Garotinho.

Veja matéria do G!:



Eduardo Cunha é investigado pela Comissão de Valores Mobiliários

Presidente da Câmara é investigado por supostas irregularidades num fundo de pensão. Esquema teria usado recursos de fundos de investimento.

A Comissão de Valores Mobiliários investiga o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, do PMDB, por supostas irregularidades num fundo de pensão. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (28) pelo jornal “Folha de S.Paulo”.
O nome do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, aparece entre os 37 acusados num processo da Comissão de Valores Mobiliários, que investiga irregularidades cometidas no mercado financeiro.

Uma reportagem da “Folha de S.Paulo” diz que relatório sigiloso da CVM, de março deste ano, afirma que Eduardo Cunha obteve um lucro indevido de R$ 900 mil por operações realizadas entre 2003 e 2006.

O esquema teria usado recursos de fundos de investimento movimentados pela Prece, o fundo de pensão dos funcionários da Cedae, a Companhia de Água e Esgoto do Rio de Janeiro.
Segundo o jornal, o atual presidente da Câmara tinha forte influência política no fundo de pensão da Cedae no período em que os desvios teriam ocorrido.
A reportagem diz ainda que, para a Comissão de Valores Mobiliários, Cunha é responsável por ter "se beneficiado de negócios realizados em seu nome intermediados pela corretora Laeta DTVM", e que o esquema gerou perdas para o fundo de pensão da Prece e ganhos para determinados clientes. Os lucros teriam sido distribuídos entre empresas e pessoas, uma delas Eduardo Cunha.
Como a Comissão de Valores Mobiliários identificou indícios de irregularidades, os investigados passaram à condição de acusados. Agora eles estão sujeitos a punições como advertências e multa, mas se o inquérito concluir que eles cometeram crime, a CVM tem que encaminhar o caso ao Ministério Público para a abertura de uma ação penal.
Depois de participar de um seminário na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, o deputado Eduardo Cunha não quis comentar o caso.

“Esse assunto não vou falar, porque eu desconheço e está com meu advogado. Coisa muito antiga, não tenho nem memória disso. Desse assunto eu não falo”, afirmou Eduardo Cunha.
Os advogados de Eduardo Cunha disseram que a defesa junto à CVM foi feita pelo próprio deputado e que o caso está sob sigilo.
Cesar Sassoun, que responde pela corretora Laeta DTVM, disse que a empresa foi fechada e que ela apenas cumpria ordens dos fundos de pensão.
O Jornal Nacional tentou contato com a Prece, o fundo de pensão dos funcionários da Cedae, mas não teve retorno.

segunda-feira, setembro 28, 2015

OLHA A SITUAÇÃO DE TRÊS VENDAS

(Do face Mary Vianna)


Aqui em Três Vendas o descaso chega a ser berrante, nós a população liga quase que diariamente para esse número (22) 2732-3638
EMHAB - Empresa Municipal de Habilitação, pois o informado seria o órgão que é responsável pela limpeza do esgoto e isso já faz quase 01 ano e nada, somos obrigados a ficar com esse mal cheiro, essa latrina de céu aberto, pois a população é passível, não desordeira, mas isso só mostra o valor dessa comunidade para os órgãos públicos. Crianças, adultos, todos temos que nos adaptar a essa situação deplorável.


PREFEITA SE APRESENTA E É PRESA PELA PF

Conhecida como "prefeita ostentação", a moça, em questão, Lidiane Leite, é de longe daqui. Governa um dos municípios mais pobres do Brasil, Bom Jardim, no estado do Maranhão. Agora, está onde deveria. No xilindró.

Menos uma.

Veja matéria do G1:

Após 39 dias foragida, prefeita afastada no MA se entrega à PF

Lidiane Leite, 25, é suspeita de desviar milhões em verbas da educação.
Ela se entregou no começo da tarde desta segunda-feira (28).

Do G1 MA
Depois de passar 39 dias foragida da Justiça, a prefeita afastada de Bom Jardim (MA), Lidiane Leite da Silva, de 25 anos, se apresentou na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF), em São Luís, capital do estado, nesta segunda-feira (28).
Ela sumiu após sua prisão ter sido decretada na Operação Éden, que investiga desvios de verbas da educação.
Acompanhada por três advogados, Lidiane chegou à sede da PF por volta de 13h e entrou pelos fundos. Ela apareceu vestida com blusa e calça pretas e com poucas mudanças no visual. Está aparentemente abatida, mas continua loira e manteve o mesmo corte de cabelo.

O superintendente da Polícia Federal, Alexandre Saraiva, havia anunciado que Lidiane não teria regalias ou privilégios, mas no dia 25 de setembro, o juiz da 2ª Vara da Justiça Federal, José Magno Linhares, em atendimento a pedido de relaxamento de prisão apresentado pela defesa, determinou que ela fosse recolhida ao quartel do Corpo de Bombeiros

O magistrado explicou que a medida adotada teve a intenção de garantir a integridade física da investigada, diante da notoriedade e da proporção da repercussão que ganhou o caso. “Quanto ao questionamento acerca da decisão que determinou o recolhimento da investigada Lidiane Leite da Silva ao quartel do Corpo de Bombeiros desta capital, após se apresentar na sede Polícia Federal para cumprimento do mandado de prisão, esclareço que se trata de medida que visa resguardar a integridade física da investigada, diante da notoriedade e da proporção da repercussão que o caso ganhou, não se tratando, de forma alguma, de concessão de privilégio à ex-prefeita, mas sim de medida de cautela e prudência, diante do caso concreto”, afirmou.

O superintendente evitou comentar a decisão da Justiça. "Não cabe a Polícia Federal contestar. Nós respeitamos as decisões judiciais e as cumprimos. A Polícia Federal fez a sua parte: instaurou o inquérito, investigou, descobriu autoria, a materialidade e em razão do nosso trabalho ela se entregou", explicou.
A Lidiane sempre esteve em Bom Jardim. [...] Um dia antes da decisão do seu afastamento pela Justiça, ela realizou o pagamento de servidores municipais e fornecedores"
Sérgio Muniz, advogado de Lidiane
Foragida
Um dos advogados da prefeita afastada, Sérgio Muniz, disse que ela não saiu da cidade.
"A Lidiane sempre esteve em Bom Jardim, que é o oitavo maior município do Maranhão e que, por isso, não precisava estar dentro da prefeitura para gerir o município. Um dia antes da decisão do seu afastamento pela Justiça, ela realizou o pagamento de servidores municipais e fornecedores", afirmou.

O delegado Ronildo Lajes, que é o responsável pelo inquérito, confirmou que Lidiane estava foragida e descartou que ela estivesse escondida todo esse tempo no município de Bom Jardim.
"As diligências foram feitas sim na cidade e no interior de Bom Jardim, mas é claro que o advogado está no papel dele de tentar amenizar as coisas para a investigada. De fato ela estava foragida e não tem como alguém afirmar que ela estava governando em Bom Jardim", disse.
Comunicação
Ainda segundo Lajes, Lidiane estava sendo orientada a não usar qualquer meio eletrônico para se comunicar com os familiares, o que dificultou a localização dela.
"A gente tinha notícias do paradeiro dela, por isso a nossa certeza que ela estava sendo ajudada por alguém que a orientava a não usar meio eletrônicos para falar com familiares. Nós temos algumas informações sobre essas pessoas, mas isto não é oportuno divulgar neste momento".
Lidiane Leite assumiu a prefeitura aos 22 anos (Foto: Arquivo pessoal)Suspeita de desvios de recursos públicos, Lidiane Leite ostentava luxo nas redes sociais (Foto: Arquivo pessoal)
A gente tinha notícias do paradeiro dela, por isso a nossa certeza que ela estava sendo ajudada por alguém que a orientava a não usar meio eletrônico para falar com familiares"
Ronildo Lajes, delegado da Polícia Federal
Lidiane vai ser ouvida e depois será levada ao Instituto Médico Legal (IML) para realizar exame de corpo de delito. Após os procedimentos, ela deve ser encaminhada para o quartel do Corpo de Bombeiros de São Luís, onde permanecerá à disposição da Justiça.
Cerco
O nome de Lidiane não chegou a ser incluído na lista vermelha da Interpol (a polícia internacional), como a PF havia anunciado no mês passado.
O cerco para capturá-la contou com o reforço da vigilância nas rodoviárias e aeroportos do Maranhão. O superintendente da PF chegou a anunciar que quem ajudasse a prefeita a se esconder seria incluído como participante de organização criminosa.
Prazo de 72 horas
Na última sexta-feira (25), o juiz da 2ª Vara do Tribunal Regional Federal (TRF), José Magno Linhares, havia estipulado o prazo de 72 horas para que a prefeita afastada de Bom Jardim se entregasse.
O magistrado entendeu que Lidiane Leite tinha interesse em se apresentar à Justiça para “prestar os esclarecimentos necessários à elucidação dos fatos”.
A decisão foi tomada após a apresentação de um pedido de revogação da prisão preventiva de Lidiane Leite, que foi feito pelo advogado de Antônio Gomes da Silva, ex-secretário de Agricultura do município.
Ex-secretários em liberdade
Suspeitos de participar dos desvios em Bom Jardim, o ex-secretário de Assuntos Políticos de Bom Jardim, Humberto Dantas dos Santos, conhecido como Beto Rocha, e o ex-secretário Antônio Gomes da Silva tiveram a prisão preventiva revogada pelo Tribunal Regional Federal na última sexta-feira.
Beto Rocha era namorado da prefeita e foi preso no dia 20 de agosto pela PF.
O juiz José Magno entendeu que os dois suspeitos não têm como “dar continuidade às práticas supostamente delituosas, ligadas ao desvio de verbas públicas transferidas à municipalidade”, segundo trecho da decisão publicada.
Vice assumiu
No início de setembro, a Câmara Municipal de Bom Jardim cassou o mandato de Lidiane Leite, após ela se ausentar da cidade por mais de 15 dias sem a autorização dos vereadores.
A Casa então empossou a vice-prefeita, Malrinete Gralhada, que já havia assumido o cargo interinamente, no dia 28 de agosto.
O Ministério Público pediu, por meio de duas ações civis públicas por improbidade adminstrativa, a indisponibilidade dos bens e o afastamento de Lidiane.
Ex-secretários municipais presos pela PF (Foto: Reprodução / TV Mirante)Ex-secretários municipais presos pela PF (Foto: Reprodução / TV Mirante)
Também foram denunciados o ex-secretário de Assuntos Políticos, Beto Rocha, os empresários Antônio Oliveira da Silva e Karla Maria Rocha Cutrim, da Zabar Produções (empresa contratada para reformar escolas), além do contador e pregoeiro do município Marcos Fae Ferreira França.
Quem reapareceu em um caso de desvios de verbas públicas foi o empresário Fabiano de Carvalho Bezerra, envolvido em esquema de corrupção na Prefeitura de Anajatuba (MA),denunciado pelo quadro "Cadê o Dinheiro Que Tava Aqui?", do Fantástico.
Também aparecem nas denúncias o empresário Raimundo Nonato Silva Abreu Júnior e o motoboy Nilson Araújo Rodrigues.
Cidade de Bom Jardim (MA) (Foto: Reprodução / TV Mirante)Cidade de Bom Jardim (MA) (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Ação do MP mostra que a empresa Zabar Produções obteve R$ 1.377.299,77 em licitação na modalidade tomada de preços para a reforma de 13 escolas municipais. O dono da Zabar afirmou, em depoimento à promotoria, que os valores recebidos pelo contrato eram repassados para a conta pessoal de Beto Rocha, que se encarregava de contratar os funcionários para as supostas reformas das escolas. Ele garantiu que quatro escolas chegaram a ter reformas.
A promotora Karina Freitas Chaves afirma que a "A4 Serviços e Entretenimento Ltda" é uma empresa de fachada, pois não há registros de uma sede ou de veículos. A empresa teria vencido licitação para locação de veículos na modalidade pregão presencial, no valor R$ 2.788.446,67.
Origem humilde
Antes de se tornar prefeita por acaso e passar a ostentar uma vida de luxo nas redes sociais,Lidiane vendia leite na porta da casa da mãe para sobreviver. Ela viu sua vida mudar após iniciar um namoro com o fazendeiro Beto Rocha, que possui patrimônio em torno de R$ 14 milhões.
Em 2012, o empresário foi candidato a prefeito, mas teve a candidatura impugnada e lançou a namorada pelo PRB. Lidiane acabou eleita com 50,2% dos votos válidos (9.575) frente ao principal adversário, o médico Dr. Francisco (PMDB), que obteve 48,7% (9.289).
Prefeita Lidiane Leite acompanhada do então namorado Beto Rocha (Foto: Arquivo pessoal)Prefeita cassada, Lidiane Leite, acompanhada do então namorado Beto Rocha (Foto: Arquivo pessoal)
Prefeita ostentação
Após a eleição, Lidiane começou a ostentar nas redes sociais uma vida de luxo, com viagens, festas, roupas caras, veículos e passeios. "Eu compro é que eu quiser. Gasto sim com o que eu quero. Tô nem aí pra o que achem. Beijinho no ombro pros recalcados", comentou na internet.
Em outro post, ela disse: "Devia era comprar um carro mais luxuoso pq graças a Deus o dinheiro ta sobrando (sic)".
Antes da repercussão das denúncias de desvios de verbas da educação, a prefeita já havia sido afastada do cargo três vezes. Com as investigações e a prisão decretada, ela ficou sem partido.
Tanto o Partido Republicano Brasileiro (PRB), pelo qual ela se candidatou e se elegeu prefeita em 2012, quanto o Partido Progressista (PP), ao qual anunciou filiação em julho deste ano, negaram que gestora municipal esteja filiada a eles.
Prefeita de Bom Jardim (MA) ostentava boa vida nas redes sociais (Foto: Fotos: Divulgação)Prefeita de Bom Jardim (MA) ostentava boa vida nas redes sociais (Foto: Fotos: Divulgação)
Mais denúncias
Na primeira semana de setembro, a nova administração do município de Bom Jardim começou a divulgar os resultados da auditoria que está sendo realizada nas contas do município.
A apuração chegou a uma fraude em recursos destinados ao setor responsável pelo programa Bolsa Família, do governo federal.
Os auditores afirmam ter descoberto um esquema de desvio de dinheiro público na Secretaria de Assistência Social de Bom Jardim. Conforme levantamento, a secretaria gastou mais de R$ 1 milhão com o pagamento de diárias.
Documentos, depoimentos de servidores e extratos bancários reforçam a denúncia. Ainda de acordo com a comissão, pelo menos 20 funcionários de todos os níveis, dentro da Assistência Social, receberam as diárias.
Bom Jardim
A cidade tem população estimada em 40.405, segundo o site do IBGE, e fica no Vale do Pindaré, na região oeste do Maranhão.
Com Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de 0,538, ocupa a 175ª posição no ranking da Organização das Nações Unidas (ONU), que analisa o acesso à educação, renda e expectativa de vida.
É considerada a segunda pior cidade para se viver no Vale do Pindaré, composto por 22 outros municípios. Após os escândalos envolvendo a prefeita da cidade, parte da população foi às ruas protestar pelo fim da corrupção.