quinta-feira, abril 30, 2015

SAÚDE PÚBLICA: MPF ENQUADRA PREFEITOS DA REGIÃO

O promotor do Ministério Público Federal, Eduardo Santos Oliveira, concedeu uma entrevista coletiva na tarde desta quinta feira, 30,  e foi  categórico, ao afirmar, que a maioria dos hospitais públicos e conveniados da região, inspecionados, ao longo desta semana, está em situação incompatível com o que se espera da Saúde universalizada.

O promotor informou que já encaminhou recomendações à prefeita de Campos para adequar as unidades hospitalares e pré-hospitalares da rede municipal às normas rígidas preconizadas pelos SUS e disse que convidará o Ministério Público Estadual para a tarefa de inspeção dos hospitais, no que se refere à otimização das verbas estaduais.

O promotor reagiu à pantomima que atribuía ao coordenador do MPF declarações favoráveis às condições encontradas no HGG e foi republicano: "Não cabe ao MPF aprovar ou desaprovar condições de hospitais inspecionados, a gente constata, faz o enquadramento jurídico e toma as providências".

Leia matéria completa no Jornal Terceira Via.

Profissionais do Ferreira Machado fazem protesto

JORNAL TERCEIRA VIA:


Profissionais do HFM cobram pagamento de gratificações e horas extras

O médico Pedro Ernesto Simão disse que a Prefeitura de Campos descumpriu acordo com os trabalhadores

Profissionais da área de saúde do Hospital Ferreira Machado (HFM) fizeram manifestação na manhã desta quinta-feira (30) para reivindicar o pagamento de gratificações e horas extras que não foram pagas pela Prefeitura de Campos. O problema afeta cerca de 200 trabalhadores. Os manifestantes denunciaram ainda problemas na infraestrutura da unidade, que vem atendendo os pacientes precariamente. Problemas nos equipamentos estariam impedindo os médicos de emitir diagnósticos precisos.

De acordo com o pediatra Pedro Ernesto Simão, durante uma reunião com representantes da prefeitura - há cerca de três meses - os profissionais aceitaram o corte de 20% das gratificações, desde que fosse mantida a gratificação para os vinculados ao Ministério da Saúde (MS) e a Secretaria Estadual de Saúde.

“Ficou acordado que trabalharíamos 20 horas e receberíamos 4 horas de gratificação. Apesar de não concordar com o corte, fui para a assembleia do sindicato e defendi o acordo. Só que a prefeitura fez o corte dos 20%, mas não está pagando a gratificação ao pessoal do estado e do MS e não está pagando as 4 horas extras dos demais profissionais de saúde. Alguns médicos também não receberam. A prefeitura faz exigências, mas o trato não está sendo cumprido. Vamos discutir com o sindicato o que faremos, pois a situação não pode continuar como está”, explicou Doutor Pedro Ernesto.

Ao falar sobre as condições de trabalho, Pedro Ernesto disse que além da falta de maca e da superlotação, o hospital apresenta problemas de falta de ambulância para transferir pacientes ou levá-los para fazer exames em outros locais. “Somos um hospital de referência em traumatologia da região Norte Fluminense. Só temos um elevador, que está em petição de miséria. O nosso tomógrafo, quando não está quebrado, muitas vezes apresenta distorção nas imagens. Você não sabe se é uma lesão ou borramento da imagem. A população cobra dos médicos. Alguns pacientes aguardam por mais de um mês no corredor para fazer um procedimento que não é feito aqui. Gostaríamos de ter condição de trabalho decente”, concluiu o pediatra.  

O neurocirurgião Paulo Romano alega que não recebeu as horas trabalhadas. “Alguns colegas receberam a gratificação, outros não. Eu estou falando que este mês não recebi qualquer benefício, gratificação ou complementação. Só recebi o salário. Isso tudo, depois de 27 anos  trabalhando no HFM e perder onze férias. Quando eles precisam, você é ótimo. O dia que não precisam mais te jogam no lixo e dizem que você é bandido. É o caos”, observou o médico.        

Sempre respeitando o princípio do contraditório e buscando as diferentes versões para um mesmo fato, o jornal Terceira Via entrou em contato por e-mail com a Secretaria de Comunicação da prefeitura, sem obter resposta. Ainda assim, o jornal aguarda e publicará versão dela para este fato.

Cláudia dos Santos

TUMULTO NA ENTREGA DE FRALDAS HOJE

Recebi a informação que foi tumultuada a entrega de fraldas, no setor competente da prefeitura de Campos. A notícia chegou pelo whatsApp do grupo do Luciano Freitas, com a imagem que replico abaixo. Se você esteve lá e tem mais dados, mande notícias aqui para o Blog, em forma de comentário, ou para  o meu mural no facebook ou pelo whatsApp 9 98561540.



AJUDA AOS SOBREVIVENTES DO NEPAL

Caros amigos,

Morros inteiros deslizaram no último sábado, destruindo belas e delicadas aldeias rurais no Nepal. Milhares de pessoas foram soterradas, há um número ainda maior de pessoas desaparecidas e o país clama por água, comida e abrigo. É devastador, mas no meio disso tudo, uma corajosa organização local, a Abari, está usando tudo o que tem para armar tendas nas áreas remotas mais atingidas.

Segundo especialistas em ajuda humanitária, a Abari já vinha fazendo um trabalho de impacto no país antes do desastre. Ela representa uma das melhores maneiras de fazer com que a ajuda internacional de mais necessidade chegue rapidamente às comunidades rurais. O motivo: seu local de trabalho é também sua casa.

Podemos fazer toda a diferença para este grupo incrível, e para muitos outros em todo o Nepal, multiplicando seus recursos para ajuda humanitária por dez, capacitando as organizações a se planejarem para o longo prazo e financiando o trabalho de emergência para que a ajuda possa ser levada onde ninguém mais consegue chegar.

Além disso, ao fazer doações para líderes locais que estão prontos para enfrentar os árduos anos de reconstrução que virão pela frente, estamos plantando as sementes da esperança por um futuro sustentável e seguro nas aldeias mais pobres do Nepal.

Clique no link abaixo para se comprometer com uma doação -- a Avaaz só processará as contribuições se arrecadarmos o suficiente para fazer a diferença junto com estes heróis locais:

O Nepal tem uma má reputação devido à ineficiência e corrupção, e o governo está dividido. É por isso que a vibrante sociedade civil nepalesa pode vir a ser a melhor chance de fornecer o apoio mais eficiente, salvando as vidas de muitos cidadãos

A Abari, e muitas outras organizações similares no Nepal, trabalha na região há anos, construindo tanques de água e habitações, e criando as conexões necessárias para que trabalhadores humanitários possam se locomover em áreas remotas e evitar a corrupção. A melhor notícia é que agora a Abari está estruturada para receber doações internacionais diretamente. 

Organizações internacionais de ajuda humanitária estão utilizando canais estabelecidos para mobilizar dinheiro e peritos em resposta à essa emergência. Enquanto isso, grupos locais estão improvisando para responder às enormes demandas. Apoiar esses grupos diretamente pode ser mais arriscado, mas com o risco vem a chance de acertarmos em cheio. Quando um ciclone atingiu Mianmar em 2008, nossa comunidade arrecadou dois milhões de dólares, valor que foi meticulosamente enviado para dentro do país por meio de uma rede de monges que operava fora do sistema corrupto do governo. Para alguns, essa tática ousada foi a única solução para receber a ajuda que tanto precisavam. 

Podemos fazer o mesmo para o Nepal. Clique para fazer parte da campanha -- a Avaaz irá coletar e distribuir nossas doações assim que arrecadar o suficiente para fazer uma grande diferença no trabalho destes heróis locais: 


Nosso movimento foi projetado para romper com burocracias e trazer a esperança diretamente. Quando um desastre devastou Mianmar e depois o Haiti, a comunidade da Avaaz abriu nossos corações e arrecadou milhões para ajudar pessoas locais a levar dinheiro para os mais necessitados. A nossa humanidade nos une para que, juntos, atuemos em momentos de maior necessidade. Agora podemos nos unir mais uma vez para levar ao povo nepalês o apoio urgente para sobreviver a este horror. 

Com esperança e determinação, 

Emma, Alex, Allison, Laila, Oli, Alaphia, Rowena, Mais e toda a equipe da Avaaz 

PUDIM RESPONDE À CRÍTICA DO JORNAL O DIÁRIO

Em artigo elegante e bem escrito, o deputado estadual, Geraldo Pudim, responde ao editorial de O Diário, que o criticou por  ter comparecido à Feijoada da Folha, evento social do jornal Folha da Manhã. Confira:


quarta-feira, abril 29, 2015

RELATO DOLORIDO DE UM PROFESSOR QUE BUSCA REMÉDIO NA FARMÁCIA MUNICIPAL

(Do mural de Anna Maria, no facebook - relato pungente de um professor que busca remédio para sua esposa transplantada)

CAOS NO ATENDIMENTO DO CENTRO DE SAÚDE EM CAMPOS DOS GOYTACAZES

Conseguir remédios para pacientes renais e transplantados tem sido um calvário no Centro de Saúde de Campos. Vale ressaltar que o atendimento não era assim. Começou a se deteriorar a partir de dezembro de 2014 e vem piorando a cada mês. Este mês mais uma daquelas experiências que ninguém deseja passar. Cheguei as oito horas para buscar remédios, que é agendado para pegar, no entanto senhas já haviam sido distribuídas e segundo a farmacêutica de plantão não iria distribuir mais, pois já tinha distribuído140 senhas. 

A quantidade de senhas, segundo ela, já era suficiente. Ficamos lá, pois o medicamento que fui buscar é primordial para manter minha esposa bem depois do transplante. Do contrário ela perde o órgão transplantado. o que fazer? Infelizmente o que vimos foi um desrespeito a vida humana. um local totalmente abandonado, nenhum ar condicionado está funcionando, muitas pessoas em pé, pois as cadeiras não são suficiente para tantas pessoas. Além das quebradas jogadas ao chão, O banheiro feminino está interditado e as pessoas usam um único banheiro masculino que ficou até 2 horas da tarde sem limpeza, onde a porta é fechada com um trinco improvisado que nem todos conseguem fechar, com muito mau cheiro e papel amontoado. As telas indicadoras de senha estão todas com defeito e as funcionarias tem que ficar o tempo todo gritando para chamar as pessoas, numa situação extremamente estressante. uma situação de trabalho e atendimento totalmente degradante. algumas atendentes são uma heroínas. Outras trabalham em ritmo de tartaruga, infelizmente algumas dessas "tartarugas" estavam atendendo no balcão que eu precisava pegar o medicamento.. 

Durante o dia, ligamos para a TV Record e Inter TV e infelizmente as duas emissoras não se interessaram pela nossa causa, o que é lamentável. As 15 horas ainda faltava muita gente e resolvi desistir, pois teria que voltar pra São Francisco e infelizmente sem conseguir pegar o remédio.

Ainda hã tempo de averiguar. É só ir lá amanhã, que certamente a situação ainda estará a mesma.

POR FAVOR ME AJUDE A DIVULGAR ISSO, POIS VIDAS ESTÃO EM JOGO!


ADVOGADO IMPETRA HABEAS CORPUS PREVENTIVO EM DEFESA DE THIAGO CALIL

Já está no sítio eletrônico do Diário oficial do Tribunal de Justiça Eleitoral do Estado do Rio de Janeiro, pedido de habeas corpus preventivo em nome de Thiago Calil. Confira:


PROCESSO :HC Nº 20938 - Habeas Corpus UF: RJ
JUDICIÁRIA
Nº ÚNICO:20938.2015.600.0000
MUNICÍPIO:CAMPOS DOS GOYTACAZES - RJN.° Origem:
PROTOCOLO:74852015 - 14/04/2015 20:38
IMPETRANTE:THIAGO MACHADO CALIL
PACIENTE:THIAGO MACHADO CALIL
ADVOGADO:JOSÉ OLÍMPIO DOS SANTOS SIQUEIRA
ÓRGÃO COATOR:TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO
RELATOR(A):MINISTRO HENRIQUE NEVES DA SILVA
ASSUNTO:AÇÃO PENAL - CRIME ELEITORAL - PEDIDO DE SUSPENSÃO DA EXECUÇÃO
LOCALIZAÇÃO:CPRO-COORDENADORIA DE PROCESSAMENTO
FASE ATUAL:22/04/2015 10:28-Publicação em 22/04/2015 Diário de justiça eletrônico Pag. 82-83. Despacho de 16/04/2015

TRE EM ACÓRDÃO DECRETA PRISÃO PREVENTIVA DE RÉUS DA OPERAÇÃO CINQUETINHA

(Por e-mail)

Texto atualizado:

O recurso julgado pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral que agravou a pena dos réus, foi interposto pelo promotor Victor Queiroz, do Ministério Público  Eleitoral de Campos.

Diário da Justiça Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro
Ano 2015, Número 085, Rio de Janeiro, quarta-feira, 29 de abril de 2015, Página 26
ACÓRDÃOS
ACÓRDÃO – RECURSO CRIMINAL Nº 37-69.2009.6.19.0100
PROCEDÊNCIA: CAMPOS DOS GOYTACAZES-RJ (100ª ZONA ELEITORAL)
RECORRENTE : ASSIS GOMES DA SILVA NETO
ADVOGADA : Maria Goretti Nagime Barros Costa
ADVOGADO : Antonio Mauricio Costa
RECORRENTE : JOSÉ GERALDO CALIL
ADVOGADO : Marco Aurelio de Souza Rodrigues
RECORRENTE : THIAGO MACHADO CALIL
ADVOGADO : Maxsuel Barros Monteiro
ADVOGADO : Alan Henriques Ribeiro
ADVOGADA : Vanessa Sá de Castro
ADVOGADO : Maxilene da Silva Ribeiro
ADVOGADA : Jessica de Jesus Silva
ADVOGADO: José Olimpio dos Santos Siqueira
RECORRENTE : NÚBIA DA CUNHA COSTA
ADVOGADO : Renato Luiz de Azevedo Manhães
RECORRENTE : MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL
RECORRIDO : MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL
RECORRIDO : ASSIS GOMES DA SILVA NETO
ADVOGADA : Maria Goretti Nagime Barros Costa
ADVOGADO : Antonio Mauricio Costa
RECORRIDO : JOSÉ GERALDO CALIL
ADVOGADO : Marco Aurelio de Souza Rodrigues
RECORRIDO : THIAGO MACHADO CALIL
ADVOGADO : Maxsuel Barros Monteiro
ADVOGADO : Alan Henriques Ribeiro
ADVOGADA : Vanessa Sá de Castro
ADVOGADO : Maxilene da Silva Ribeiro
ADVOGADA : Jessica de Jesus Silva
RECORRIDO : NÚBIA DA CUNHA COSTA
ADVOGADO : Renato Luiz de Azevedo Manhães
Relator: DESEMBARGADOR ELEITORAL MARCO COUTO
Data do julgamento: 30/03/15
Decisão: POR MAIORIA, SENDO ESTE O VOTO MÉDIO, PROVIDO PARCIALMENTE O RECURSO PARA MAJORAR A PENA DOS RÉUS, NOS TERMOS DO VOTO DO DESEMBARGADOR MARCO COUTO. VENCIDOS PARCIALMENTE OS DESEMBARGADORES ABEL GOMES, ANA TEREZA BASÍLIO E FLÁVIO WILLEMAN. DECRETADA A PRISÃO PREVENTIVA DOS REFERIDOS RÉUS,  DEVENDO A SECRETARIA EXPEDIR OS DEVIDOS MANDADOS DE PRISÃO. TAMBÉM POR MAIORIA, CONDENADOS OS RÉUS AO PAGAMENTO DE CUSTAS PROCESSUAIS. DESIGNADO PARA REDATOR DO ACÓRDÃO O DESEMBARGADOR ELEITORAL MARCO COUTO.


Mais informações ainda hoje.

Atualização, 14:12h: acabo de ser informado que "cabe recurso e que os advogados já entraram com pedido de habeas corpus preventivos". Contudo, vamos aguardar mais informações.

Atualização, 15:08h: O inteiro teor deste processo está resguardado por segredo judicial, uma vez que há quebra de sigilos fiscais e telefônicos, no entanto, aguardo consultas que fiz a juristas, para divulgar os nomes dos envolvidos e contra os quais há um decreto de prisão preventiva, embora os advogados de defesa estejam preparando habeas corpus preventivos.

BOMBA! BOMBA!

Fui informado, pelo in box, que há uma decisão bombástica do Tribunal Regional Eleitoral, sobre recursos da ação da Policia Federal, nas eleições municipais de 2008, que ficou famosa como "Operação Cinquentinha".

A decisão já estaria publicada no Diário Oficial da Justiça.

Mais informações daqui à pouco no blog.

COMUNIDADE DO IFF VELA CORPO DE DONA MARIA DA PAZ

(Por e-mail)


IFF presta homenagem a colaboradora

Está sendo velado no Auditório Cristina Bastos o corpo da auxiliar de serviços gerais Maria dos Anjos Martins, 83 anos. O sepultamento será nesta quarta-feira, às 10 horas.
IFF presta homenagem a colaboradoraDona Maria da Paz foi homenageada pelo IFF, através do reitor Luiz Augusto Caldas, em formatura recente
Nesta terça-feira, 28/04, servidores e prestadores de serviços foram tomados pela emoção com a comunicação do falecimento de dona Maria da Paz, 83, ocorrido durante a madrugada no Hospital Geral de Guarus, onde estava internada há uma semana.
Dona Maria, ou Maria Bonita, como era carinhosamente chamada por estudantes e funcionários exercia a função de auxiliar de serviços gerais e contava 35 anos de serviços na Instituição, sendo contratada de empresa terceirizada.
Colegas lembraram nesta terça que ela teve a oportunidade de acompanhar as principais transformações verificadas na Instituição, como a transição de Escola Técnica Federal para Cefet e, em 2008, a criação do Instituto Federal Fluminense.
O corpo está sendo velado desde as 12h30 no Auditório Cristina Bastos e o sepultamento acontecerá nesta quarta-feira, às 10 horas, no Cemitério Campo da Paz. Entre as homenagens, colegas se cotizaram para oferecer à família uma coroa de flores. Pelo página do Facebook, o Núcleo de Apoio e Promoção do Bem-Estar representou a homenagem da gestão do campus.
Amiga e apoiadora de dona Maria dos Anjos em vários momentos difíceis, a jornalista Vânia Cruz registrou em sua página no Face: “com saúde precária pela idade e pelos embargos da vida, fez valer a coragem numa liturgia declarada de que, mesmo com o corpo frágil, seu maior recurso era a FÉ em Deus. Amava o Instituto Federal Fluminense. Amava a missão de ser mãe. Cuidava de um dos filhos que, após um grave acidente, vive em cima de uma cama sustentado, unicamente, pelo seu AMOR. E agora?”
O diretor geral, Jefferson Azevedo, disse que ao sediar o velório de dona Maria da Paz, o Campus Campos Centro “presta uma merecida homenagem a uma pessoa que foi exemplo de dedicação a esta instituição”.
Homenagem da Reitoria do IFF
MARIA, nascida DA PAZ, presenteou com sua honrosa e inesquecível vida/presença todos que dela receberam o sorriso, o afeto, a palavra de apoio, o trabalho dedicado, a aparente fragilidade de uma corajosa resistência.
AGRADECER é pouco.
LOUVAR é pouco.
HOMENAGEAR é pouco.
RECONHECER é pouco.
SAUDADE, MARIA DA (nossa) PAZ é muita!
Que as Mãos do Amoroso Pai se estendam, em acolhida festiva, para receber você de volta.

IFF nas redes sociais: http://portal.iff.edu.br/redessociais
(Publicada em: 27/04/15)
 
Atenciosamente,

José Francisco Cruz Balbi

terça-feira, abril 28, 2015

PESQUISA DO INSTITUTO PAPPEL REVELA: POPULARIDADE DA PREFEITA DE CAMPOS DESPENCOU

(Do mural de Ranulfo Vidigal, no facebook, replicando blog do Claudio Andrade)


A Suderj informa: Segundo O Bem Informado Blog do advogado Claudio Andrade, o Instituto de Pesquisa Pappel (Pesquisa, Planejamento e Promoção) Fez Uma Pesquisa com 910 Pessoas e constatou A Queda da Popularidade da Prefeita Rosinha Garotinho nenhum município de Campos dos Goytacazes.
Dados Comparados
Agosto de 2014

Segundo o instituto, sem Mês de agosto de 2014 a Administração de Rosinha tinha 10,31% (Ótimo), 32,69% (bom), 37,08% (regular), 6,98 (ruim), 12,94 (péssimo) O Que LHE conferia um Impressionante marca de 80.09% de Popularidade.
Abril de 2015
O instituto, sem Mês de abril constatou Que uma Administração de Rosinha Teve Uma vertiginosa Queda nenhum quesito Popularidade.
Segundo o instituto, Rosinha Hoje POSSUI 4,44% (Ótimo), 15,50% (Bom), 37,06% (regular), 11,72% (ruim) e 31,28% (péssimo) O Que LHE confere Uma Popularidade de 57%.
Comparando como Duas Pesquisas, Rosinha Saiu de Uma posição Confortável de 80,09% parágrafo Uma delicada em Que Aparece com 57%.
Queda constatada na comparação (Agosto 2014 / Abril2015) em Ótimo / Bom.
A soma em agosto de 2014 nsa quesitos Ótimo / Bom dava uma Rosinha 43% de Popularidade.
A soma em abril de 2015 nsa quesitos Ótimo / Bom Dao 19,94% de Popularidade, OU SEJA, Uma Queda vertiginosa na Popularidade da Prefeita de Campos.
Aumento na rejeição
Comparação Agosto2014 / Abril2015 em Ruim / Péssimo
A soma em agosto de 2014 nsa quesitos Ruim / Péssimo dava uma Rosinha Uma rejeição de 19,92%.
A soma de abril de 2015 nsa quesitos Ruim / Péssimo confere uma Rosinha Uma rejeição de 43%, uo SEJA, um aumento Impressionante nenhuma rejeição quesito.
Resumo da ópera: Tá Feia uma Coisa!

MÃE DE ALUNO RECLAMA DA FALTA DE AULAS NA REDE MUNICIPAL

"Boa Noite Sr Fernando!!!

Gostaria de ver com o Sr se existe a possibilidade do Sr me ajudar de alguma forma, pois bem, meus filhos estudam na E.M.Prof Walter Siqueira(dita como modelo), no caso ela é integral, mas minha filha só teve 1 semana de aula no período da tarde nesse ano, está sendo prejudicada com as matérias q antes eram divididas em 2 turnos e agora "jogaram" todas para a professora da manhã "se virar", isso é um absurdo, já fui parar até na secretária de educação e nada eles resolvem, desde já obrigada, mas isso é inadmissível em uma cidade, milionária como a nossa, um abraço aguardo ansiosa o seu retorno!!"
Elefante da Cidade da Criança, em Campos dos Goytacazes

HGG COM TELEFONES CORTADOS

Relato da situação do HGG. hoje:

Fernando boa noite. Nesse momento o HGG se encontra com o telefone cortado por falta de pagamento. Com isso não há como interagir com outras unidades de saúde. Não é possível falar com as famílias dos pacientes, nem com os hospitais conveniados para eventuais transferências. HGG com corredores lotados!!!!

VEREADORES VISTORIAM HOSPITAL APÓS INSPEÇÃO DO MPF... EM SFI


A prefeitura de São Francisco de Itabapoana, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, convidou todos os vereadores para uma visita ao Hospital Manoel Carola, na manhã desta terça-feira (28), vistoriando o atendimento, funcionamento e estrutura da unidade de saúde. Pelo menos oito vereadores estiveram no local.
De acordo com o secretário municipal de saúde, Dr. Jayme Tinoco, o convite se deu após a inspeção do Ministério Público Federal - MPF, desencadeada na tarde de ontem. “O hospital Manoel Carola dispõe de 30 médicos, haja vista que não temos acadêmicos atendendo. Além disso, não há falta de medicamentos”, disse.
A operação de rotina do MPF está sendo realizada em vários municípios da região com o objetivo de verificar possíveis irregularidades no gerenciamento da estrutura dos hospitais públicos vistoriados.
O presidente da Câmara municipal de vereadores do município de São Francisco de Itabapona, Renato de Buena, destacou o seu parecer da visita ao hospital. “Todos nós vereadores constatamos que hospital está funcionando adequadamente, bem como não há falta de remédios. Até porque, vale ressaltar, que não só hoje, mas visitamos periodicamente as unidades de saúde do município, acompanhando as suas ações”, explicou.
O prefeito Pedrinho Cherene enfatizou que a prefeitura zela sempre pelo bom funcionamento e excelência no atendimento, por sua vez,  em saúde aos munícipes. “No nosso governo prezamos pela transparência e ética. Por isso, sempre realizamos anualmente a prestação de contas, sendo aberta a toda a população, deixando bem claro para o público os investimentos e resultados em todas as áreas, sobretudo, da saúde, onde existe uma necessidade premente de aplicações de recursos”, frisou.

MPF INSPECIONA HGG

Inspeção do Ministério Público Federal, nas dependências do Hospital Geral de Guarus,  nesta tarde de terça feira, 28. Imagens mandadas por whatsApp:


MORTE POR DENGUE EM CAMPOS

(Do mural de Rony Souza, no facebook)

CONFIRMADO MORTE POR DENGUE EM CAMPOS: Simone Calixto, 42 anos, moradora do bairro Jóquei Club, é a primeira vítima fatal por dengue neste ano (2015), em Campos. O óbito foi confirmado pela família, mais a secretaria de saúde do município ainda não se manifestou sobre o caso. Fui informado sobre o fato através de email e logo em seguida recebemos a confirmação pela família.

Brasileiro fuzilado na Indonésia

G1:



Brasileiro Rodrigo Gularte é executado na Indonésia

Ele foi condenado à morte por tráfico de drogas em 2005.
É o 2º brasileiro executado por pelotão de fuzilamento no país este ano.

Do G1, em São Paulo
Segundo imprensa local, execução de Gularte poderia ocorrer ainda neste mês (Foto: AFP)O brasileiro Rodrigo Gularte foi preso em 2004 por tráfico de drogas na Indonésia (Foto: AFP)
O brasileiro Rodrigo Gularte, de 42 anos, foi executado na Indonésia na madrugada desta quarta-feira (29) – horário local, tarde de terça-feira (28) no horário de Brasília. Ele havia sido condenado à morte por tráfico de drogas, e a pena foi executada por um pelotão de fuzilamento.
Outros sete condenados por tráfico de drogas foram executados. A única mulher condenada do grupo, a filipina Mary Jane Veloso, não foi executada porque a pessoa que a recrutou para transportar drogas se entregou às autoridades. Mary Jane precisa testemunhar neste outro processo, por isso o presidente filipino pediu que sua execução fosse postergada.
O paranaense Gularte foi preso em julho de 2004 depois de tentar ingressar na Indonésia com 6 quilos de cocaína escondidos em pranchas de surfe. Ele foi condenado à morte em 2005.
Ele é o segundo brasileiro executado no país este ano – em janeiro, Marco Archer Cardoso Moreira, de 53 anos, foi fuzilado. Ele também cumpria pena por tráfico de drogas.
O governo brasileiro divulgou nota na qual diz ter recebido com "profunda consternação" a notícia da execução de Gularte. De acordo com o Itamaraty, a presidente Dilma Rousseff enviou carta ao presidente indonésio, Joko Widodo, pedindo a suspensão da pena de morte em razão do "quadro psiquiátrico" do brasileiro.
A filipina Mary Jane Veloso, em foto de 21 de abril, durante celebração do Kartini Day, em homenagem à ativista dos direitos femininos Raden Kartini, na prisão Yogyakarta (Foto: AFP Photo/Tarko Sudiarno/Files)A filipina Mary Jane Veloso, em foto de 21 de abril, durante celebração do Kartini Day, em homenagem à ativista dos direitos femininos Raden Kartini, na prisão Yogyakarta. Nesta terça, ela seria executada, mas o presidente filipino pediu que sua execução fosse adiada  (Foto: AFP Photo/Tarko Sudiarno/Files)
Gularte foi diagnosticado com esquizofrenia por dois relatórios médicos no ano passado. Em março, uma equipe médica reavaliou o brasileiro a pedido da Procuradoria Geral indonésia, mas o resultado deste laudo não foi divulgado.
Familiares e conhecidos relataram que Gularte passava seus dias na prisão conversando com paredes e ouvindo vozes. Dizem que ele se recusava a tirar um boné, que usava virado para trás, alegando ser sua proteção.
Angelita Muxfeldt, prima de Gularte, passou os últimos meses na Indonésia tentando reverter a decisão. Ela esteve com ele pela última vez na tarde de terça, no horário local, horas antes da execução.
Angelita contou, antes da execução, que não disse ao primo claramente o iria ocorrer, e que ele não sabia o que iria acontecer, apesar de ter sido informado no sábado (25) da morte iminente. Segundo a brasileira, ele sofre de delírios e não entendeu que seria executado, acreditando que ainda seria solto.
Além do brasileiro, sete outros suspeitos foram executados. Todos foram condenados por tráfico de drogas e tiveram seus pedidos de clemência rejeitados.
Eles são os australianos Myuran Sukumaran e Andrew Chan, os nigerianos Martin Anderson, Okwudili Oyatanze, Sylvester Obiekwe Nwolise e Jamiu Owolabi Abashin e o indonésio Zainal Abidin. A filipina Mary Jane Veloso foi poupada. A Austrália e as Filipinas também tentaram diversos recursos para adiar as execuções, além de realizarem pressão diplomática, mas sem sucesso.
Montagem com fotos de seis dos oito executados à morte por tráfico na Indonésia na terça (28): acima, a partir da esquerda, os australianos Myuran Sukumaran e Andrew Chan o nigeriano Martin Anderson. Abaixo, os nigerianos Jamiu Owolabi Abashin e Sylvester (Foto: AFP Photo)Montagem com fotos de seis dos oito executados à morte por tráfico na Indonésia na terça (28): acima, a partir da esquerda, os australianos Myuran Sukumaran e Andrew Chan o nigeriano Martin Anderson. Abaixo, os nigerianos Jamiu Owolabi Abashin e Sylvester (Foto: AFP Photo)
Crise diplomática
Em janeiro, o fuzilamento de Marco Archer gerou uma crise diplomática entre o país asiático e o Brasil.
A presidente Dilma Rousseff se disse "consternada e indignada" com o ocorrido e convocou o embaixador brasileiro em Jacarta para consultas.
Em fevereiro, Dilma decidiu adiar o recebimento das credenciais do novo embaixador da Indonésia em Brasília para reavaliar a situação bilateral entre os dois países. Em represália, o Ministério das Relações Exteriores indonésio chamou de volta ao país o embaixador no Brasil, Toto Riyanto, e convocou para uma reunião o então embaixador brasileiro em Jacarta, Paulo Soares, que deixou o comando da chancelaria indonésia em março.
Atualmente, a embaixada do Brasil em Jacarta está sendo chefiada, interinamente, por Leonardo Monteiro, encarregado de negócios da chancelaria indonésia.
A Indonésia reforçou suas penalidades por crimes de tráfico de drogas e voltou a realizar execuções em 2013, depois de uma pausa de cinco anos.

CCOPPAM: BOAS NOTÍCIAS!

FOLHA DA MANHÃ:


Coppam discute poluição visual do Centro Histórico

Paula Vigneron
Foto: Michelle Richa 
O Conselho de Preservação do Patrimônio Arquitetônico Municipal (Coppam) se reuniu, na manhã desta terça-feira (28), para debater questões relacionadas à necessidade de despoluir visualmente o Centro Histórico, que passa por reformas. O combate ao vandalismo recorrente em espaços públicos, como na praça São Salvador, também foi um dos temas abordados no encontro, que aconteceu na sede do Conselho. Membros do Coppam, representantes da Ampla, da Associação Comercial e Industrial de Campos (Acic) e da Imbeg compareceram à reunião.

ARTUR GOMES, SEM TI, O QUE SERIA DE NÓS? NOSSO VATE, GATOVÉIO, NOSSA VOZ!


CRIANÇA COM DOR NO OUVIDO É OBRIGADA A AGUARDAR O DIA AMANHECER PARA SER ATENDIDA

(Pelo in box)


Fernando! Boa noite ou Bom dia! Como sei que vc é o representante do povo, venho por meio desta fazer mais uma queixa entre as milhares do nosso governo e esta é da saúde. Minha filha de 12 anos começa a passar mal de madrugada com uma dor de ouvidos insuportável, imediatamente parto para o Hospital Ferreira Machado onde sempre tem um otorrino. E o que acontece? A atendente diz que essa hora da madrugada o otorrino não atende, mesmo assim ela liga lá pra sala dos médicos e o mesmo se recusa a descer, pois não era emergência segundo ele visto que não havia sangramento e nem perfuração e nenhum outro hospital ou P.U atenderia uma simples dor de ouvido a essa hora, que não tenha sido provocada por perfuração, sangramento, e etc.... Não satisfeita parto para os outros hospitais e a resposta que obtenho é a mesma. Volto para casa com minha filha desesperada de dor, e sem poder comprar nenhum medicamento pois esses necessitam de receita. E lamentavelmente sou obrigada a fazer o que a atendente disse. Se quiser atendimento só depois das 7 da manhã. Esse é o nosso governo, essa é a nossa saúde, essa é a nossa realidade, lamentável realidade.

CONCURSADOS COBRAM CONVOCAÇÃO

(Por e-mail)

Nobre blogueiro, bom dia! Ao verificar o Diário Oficial de hoje (28 de abril 2015), constatei que à folhas 02, a ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL HOMOLOGOU O PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 01/2015. Levando-se em consideração que EXISTE UM CONCURSO PUBLICO EM VALIDADE PARA O PREENCHIMENTO DE VAGAS SEMELHANTES, COMO PODERIA OCORRER UMA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA???? Gostaria que alguém me explicasse, por gentileza, se é cabível esta ABERRAÇÃO JURÍDICA/ADMINISTRATIVA? POR ONDE ANDA O MINISTÉRIO PÚBLICO que ainda não propôs uma Ação Civil Pública? Sou concursado aprovado dentro do numero de vagas do Concurso Educação 2014, e, até hoje espero a minha convocação e posse. Todavia, sinto que com tal atitude tomada por parte do MUNICÍPIO DE CAMPOS/RJ SEREI PRETERIDO! Estou me sentindo prejudicado e levarei meu caso até o judiciário, até a mídia local, até os nobres edis, etc. Desde já conto com sua ajuda e paciência!

segunda-feira, abril 27, 2015

Brasileiro pode ser fuzilado na Indonésia nesta terça feira

G1:

Brasil pede que brasileiro condenado na Indonésia seja levado para hospital

Governo enviou carta na qual disse respeitar a soberania do país asiático.
Laudo feito a pedido da família apontou que Gularte tem esquizofrenia.

Do G1, em Brasília
Rodrigo Gularte (Foto: GloboNews)Rodrigo Gularte, condenado à morte na Indonésia
por tráfico de drogas (Foto: GloboNews)
O Ministério das Relações Exteriores enviou neste domingo (26) carta diplomática ao governo indonésio na qual pediu que o brasileiro Rodrigo Gularte, condenado à morte por tráfico de drogas, seja internado em um hospital no país asiático em razão do estado de saúde dele. A informação foi confirmada nesta segunda (27) pelo Itamaraty.

Gularte foi condenado à execução em 2005 por ingressar na Indonésia em 2004 com seis quilos de cocaína escondidos em pranchas de surfe. Laudo médico feito a pedido da família do brasileiro apontou que ele tem esquizofrenia, o que, pela lei indonésia, faria com que ele deixasse de ser executado.

Segundo o Itamaraty, a defesa de Rodrigo Gularte foi comunicada no último sábado (25) que ele seria executado em três dias, após a mais alta corte do país rejeitar as últimas apelações de prisioneiros que integram o chamado "corredor da morte". Com isso, ele pode ser executado a partir da tarde desta segunda (27), início de terça (28) na Indonésia.
"Em nome de toda a família do senhor Rodrigo Gularte, o governo brasileiro formula novo apelo para que seja sustada a execução. Na mesma linha, solicita que seja revista a denegação do pedido de clemência em favor do nacional brasileiro, seja providenciada a sua pronta internação em hospital prisional e seja deferido o pedido de tutela encaminhado pela família do condenado", pediu o governo brasileiro na carta diplomática enviada à Indonésia.

Conforme a assessoria do Ministério das Relações Exteriores, o governo brasileiro reconhece a gravidade do crime cometido por Gularte e respeita a soberania da Indonésia. "Mas, levando em conta o estado de saúde dele e questões humanitárias, continuará as gestões para que ele receba tratamento psiquiátrico e seja transferido para um hospital", informou o Itamaraty.

De acordo o ministério, o subsecretário-geral das Comunidades Brasileiras no Exterior, embaixador Carlos Alberto Simas Magalhães, convocou na sexta (24) o encarregado de negócios da Indonésia em Brasília ao Itamaraty para transmitir ao diplomata asiático mais um pedido do Executivo federal para que a pena de morte seja suspensa.
Marco Archer (Foto: Reprodução/TV Globo)O brasileiro Marco Archer, executado na Indonésia
em janeiro (Foto: Reprodução/TV Globo)
Marco Acher
Rodrigo Gularte poderá ser o segundo brasileiro a ser executado na Indonésia. Em janeiro, o carioca Marco Archer Cardoso Moreira foi fuzilado após ser condenado à morte por tráfico de drogas. O fuzilamento do brasileiro gerou uma crise diplomática entre o país asiático e o Brasil.

Após a execução de Marco Acher pela Indonésia em janeiro deste ano, a presidente Dilma Rousseff se disse "consternada e indignada" com o ocorrido e convocou o embaixador brasileiro em Jacarta para consultas.

Em fevereiro, Dilma decidiu adiar o recebimento das credenciais do novo embaixador da Indonésia em Brasília para reavaliar a situação bilateral entre os dois países. Em represália, o Ministério das Relações Exteriores indonésio chamou de volta ao país o embaixador no Brasil, Toto Riyanto, e convocou para uma reunião o então embaixador brasileiro em Jacarta, Paulo Soares, que deixou o comando da chancelaria indonésia em março.

Atualmente, a embaixada do Brasil em Jacarta está sendo chefiada, interinamente, por Leonardo Monteiro, encarregado de negócios da chancelaria indonésia.

A Indonésia reforçou suas penalidades por crimes de tráfico de drogas e voltou a realizar execuções em 2013, depois de uma pausa de cinco anos. Desde o começo do ano, o governo executou seis prisioneiros, entre eles o brasileiro Marco Moreira.