segunda-feira, junho 30, 2014

A VERDADEIRA HISTORIA DO MONUMENTO AO SS. SALVADOR

Prometi para hoje, 30, a postagem sobre a história sórdida, escondida, da conclusão pela metade do projeto do monumento ao Santíssimo Salvador, no trevo da estrada do contorno. Faltou uma fotografia indispensável. A matéria ficará para esta terça, 1 de julho. Perdões.


JOGO DE PODER ENTREVISTA JOÃO VICENTE

O ex-vereador e ex-deputado estadual, Paulo Cesar Martins, é o piloto de um ótimo programa de TV, no canal Mundi, Jogo de Poder. Temas relevantes, conversa franca, ambiente descontraído. Neste programa, que reproduzo, aqui, Paulo Cesar entrevista o professor João Vicente Alvarenga, no dia em que ele formalizou denúncia contra o governo municipal.



MULTIDÃO SE DESPEDE DE DODOZINHO NO CEMITÉRIO DO CAJU

(Página do Ururau)

Muita emoção no sepultamento do ex-prefeito Dodozinho, hoje à tarde
Sob fortes aplausos da multidão foi sepultado, na tarde desta segunda-feira (30/06), no Cemitério do Caju, em Campos, o corpo do ex-prefeito de São João da Barra, Genecy Mendonça, o Dodozinho. Autoridades públicas, políticas e policiais, além de amigos e familiares foram dar o último adeus àquele que foi, segundo a ex-prefeita do município, Carla Machado, 'o grande desbravador do 5º distrito'.
O corpo de Genecy foi velado no Ginásio Municipal de Esportes durante toda noite de domingo (29/06) e manhã desta segunda. Antes de seguir para Campos, o cortejo com o corpo de Dodozinho, percorreu várias ruas de SJB, onde a população, em meio as lágrimas, se despedia de uma das figuras políticas mais importantes da cidade.
O prefeito de São João da Barra, José Amaro Martins, o Neco, falou com carinho da pessoa que era Genecy. “Dodozinho dedicou toda sua vida a cidade. Ele foi um excelente orientador e um político operário. Tudo aqui [SJB] tem o dedo dele. A população hoje perdeu um homem sério, amigo e honesto que vai nos deixar muita saudade”.
Bastante comovida, Carla Machado se lembrou de seu amigo e mentor. “É uma referência, não só como político, mas também como ser humano. Uma pessoa do bem que era motivo de orgulho para cada sanjoanense. Eu que tive o privilégio de ser companheira política dele e nunca vou esquecer-me do homem que sempre me apoio em toda minha trajetória. Ao longo dos nossos 25 anos de amizade, Dodozinho esteve comigo em todos os momentos de minha vida”, disse a ex-prefeita de SJB.
A titular da 145ª Delegacia Legal de São João da Barra, Madeleine Farias, também lamentou a morte de Genecy. “Ele foi uma pessoa muito querida na cidade e um homem de muita visão política. Dodozinho viveu intensamente para a cidade de SJB e até o fim da vida conseguiu contribuir para o município. A população ficou órfã por ter perdido o seu baluarte”.
Dodozinho morreu na tarde de domingo (29/06) aos 96 anos vítima de uma insuficiência cardíaca grave. Ele estava internado há alguns dias em um hospital particular de Campos. O ex-prefeito chegou a sair da unidade hospitalar na última terça-feira (24/06) para receber um prêmio. Ele foi homenageado com a medalha do Mérito Barão de Barcelos, comenda da Câmara de Vereadores. Logo após a cerimônia, Dodozinho retornou ao hospital.
Há seis meses, o ex-prefeito perdeu a mulher Marieta Alves Barreto. Ele foi sepultado no túmulo da irmã que mais era apegado. A Prefeitura de São João da Barra decretou luto de três dias pela morte do ex-prefeito.
Dodozinho, que atualmente ocupava o cargo de subsecretário de Obras foi prefeito de SJB por dois mandatos: de 77 a 82 e de 89 a 92. Também foi vice-prefeito de 1997 a 2000 e de 2005 a 2012.

Fonte: Ururau.

MONUMENTO AO SANTÍSSIMO SALVADOR NO CONTORNO

Daqui à pouco a história do monumento ao Santíssimo Salvador, na estrada do Contorno. O que é e o que deveria ter sido.
 
Aguarde.

PEZÃO FAZ 18 INAUGURAÇÕES EM 10 MUNICÍPIOS

(Página de O Globo online)

RIO — A poucos dias do início da campanha eleitoral, o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), vai gastar muita sola de sapato. De hoje até o dia 4 de julho, último dia previsto por lei para os candidatos na eleição deste ano inaugurarem obras, o peemedebista participará de uma maratona de eventos em que poderá fazer propaganda de sua gestão. Serão nada menos que 16 atos públicos. No mesmo período do ano passado, o ex-governador Sérgio Cabral esteve em apenas um. Durante dois dias, a vitrine para as aparições de Pezão será ainda maior, já que, hoje e amanhã, ele aparecerá ao lado da presidente Dilma Rousseff, que tentará a reeleição.
Hoje, o governador estará com a presidente na inauguração de um hospital em Saquarema, na Região dos Lagos, e do condomínio Zé Keti e Ismael Silva, erguido no terreno onde funcionou o presídio Frei Caneca, no bairro do Estácio, região central do Rio. O conjunto com 998 apartamentos foi feito com verbas do programa Minha Casa, Minha Vida. A previsão era de que a obra fosse concluída somente em dezembro, mas foi finalizada a tempo de ser inaugurada por Pezão e Dilma antes do período eleitoral.
No primeiro dia da campanha de reeleição do prefeito Eduardo Paes, em 2012, Dilma veio ao Rio, também para inaugurar apartamentos do Minha Casa, Minha Vida. A parceria entre prefeitura, estado e governo federal foi exaltada nos discursos feitos à época. Fórmula que Pezão vai querer repetir.
Amanhã, será a vez de Pezão aparecer ao lado de Dilma na inauguração do Arco Metropolitano, uma obra que estava atrasada há quatro anos e que vai terminar custando o dobro do previsto: R$ 1,9 bilhão, sendo R$ 1,2 bilhão do governo federal e R$ 700 milhões do estado. É uma das realizações que o governador mais gosta de citar em suas conversas. Incluído nas obras do PAC, o Arco Metropolitano vai ligar o município de Itaboraí ao Porto de Itaguaí, atravessando sete municípios da Baixada Fluminense, totalizando145 quilômetros de extensão.
Enquanto Pezão aparecerá ao lado de Dilma durante dois dias seguidos, o senador Lindbergh Farias, candidato do PT ao governo, não tem nenhum evento programado com a presidente. Nos atos anteriores que contaram com a presença da presidente do Rio, o parlamentar não compareceu. Em outros estados, Dilma chamou senadores para subir no palanque.
De hoje ao próximo dia 4, Pezão vai participar de pelo menos 18 inaugurações - às vezes, em um ato público, faz mais de uma inauguração. O governador passará por dez municípios.
— Rodei direto, Rodei nos sete anos também, não só agora — afirmou o governador ao GLOBO, negando que as inaugurações estejam acontecendo agora por conta do período eleitoral.
Desde que assumiu, no dia 4 de abril, Pezão tem tido uma agenda intensa, principalmente para a inauguração de obras do Bairro Novo, de asfaltamento de rua. O programa vai liberar até o fim de setembro deste ano, antes das eleições, R$ 1,3 bilhão para 19 municípios da Região Metropolitana e Baixada Fluminense, que concentram 34% do eleitorado do estado.
Pezão assumiu o governo justamente por uma estratégia do PMDB, de que tinha que se tornar conhecido entre os eleitores até o pleito. Além de fazer uma série de agendas por semana, o governador também deu início ao chamado Gabinete Itinerante. No projeto, percorre os municípios da Região Metropolitana e Baixada Fluminense, e recebe moradores para tratar dos problemas na cidade.


Read more: http://oglobo.globo.com/brasil/pezao-participa-de-16-atos-publicos-antes-do-periodo-de-campanha-13076995#ixzz369VJVPS4

DODOZINHO SERÁ SEPULTADO, 15H, NO CEMITÉRIO DO CAJU, EM CAMPOS

(Informação do Portal OZK)


Morreu neste domingo (29), aos 96 anos, por falência múltipla dos órgãos, o ex-prefeito de São João da Barra Genecy Mendonça, “Dodozinho”. O corpo está sendo velado no Ginásio de Esportes do município. O sepultamento será no Cemitério do Caju, em Campos dos Goytacazes, nesta segunda-feira (30), às 15h. Ônibus estarão a disposição dos moradores das localidades do Açu, Mato Escuro e adjacências para levá-los para o velório, no Centro de São João da Barra e posteriormente para o sepultamento, em Campos.

domingo, junho 29, 2014

CÂMARA DE SJB EDITA NOTA OFICIAL SOBRE MORTE DO EX-PREFEITO DODOZINHO

A Câmara Municipal de São João da Barra lamenta profundamente a morte do ex-prefeito Genecy Mendonça (Dodozinho) e se solidariza com sua família. Dodozinho faleceu neste domingo (29), em Campos, onde residia. Na última terça-feira (24), ele esteve com sua família em São João da Barra para receber a Medalha do Mérito Barão de Barcelos, a maior comenda oferecida pela Câmara. Dodozinho tinha 96 anos e ocupava o cargo de subsecretário de Obras.
O ex-prefeito nasceu no dia 20 de fevereiro de 1918 no 5º distrito de SJB e, muito antes de ocupar cargo público, já gostava de servir à comunidade. É o caso das estradas que ajudou a “rasgar” no 5º distrito. Membro de uma família humilde – onze irmãos – começou a trabalhar como produtor rural e caminhoneiro, ofício que o levou a conhecer vários estados.
Dodozinho entrou para a política como vice-prefeito (de 1971 a 1972). Foi prefeito por dois mandatos (de 77 a 82 e de 89 a 92) e novamente vice de 1997 a 2000 e de 2005 a 2012. Construiu escolas, fez a passarela e a ponte de Grussaí, a iluminação de todo o 5º distrito, a rodoviária de SJB, a abertura da avenida litorânea de Atafona a Grussaí. Ele deixa quatro filhos, seis netos e cinco bisnetos.
 
 -- 
------------------------------------------------------------------------
Por: Assessoria de Imprensa da CMSJB
Fotos: Paulo Sérgio Pinheiro

PORTAL OZK: MORRE DODOZINHO

(PÁGINA DO PORTALOZK)


Morre aos 96 anos o ex-prefeito de São João da Barra Genecy Mendonça “Dodozinho”

Publicado em: 29 de junho de 2014 | Leonardo Ferreira | Comentar
SJB_carla_machado_e_dodozinho_homenagem_camarasjb2_pozk
Morreu neste domingo (29), aos 96 anos, por falência múltipla dos órgãos, o ex-prefeito de São João da Barra

 
Genecy Mendonça, “Dodozinho”. O corpo será velado no Ginásio de Esportes do município ainda neste domingo. Horário e local do sepultamento ainda não foram divulgados.
A ex-prefeita Carla Machado, que teve em seu mandato Dodozinho como vice, lamentou o ocorrido.
“29 de junho, neste dia em que se celebra São Pedro, dia que ganhei o maior presente da minha vidaque foi o meu filho Pedro, o meu grande amigo Dodozinho que eu tinha como pai, irmão, filho, nos deu adeus!!! O Padre hoje em sua homilia falou da confiança que Jesus tinha em Pedro, tanto é que este detinha as chaves do céu. Tenho certeza de que Dodozinho, hoje, com a permissão dada por Deus e tendo sido seguidor dos Ensinamentos mais importantes do Pai, ele já se encontra nos braços de d’Este. Sua morada eterna ele foi construindo ao longo de sua jornada e a edificou sobre pedras. O que me resta é agradecer a ele por todas as coisas. A saudade já é eterna Dodô. Te amamos!!!”.
O Chefe de Gabinete Antônio Neves, também lamentou o ocorrido.
“Foi um baluarte para São João da Barra. Onde foi Prefeito e vice prefeito por mais de duas décadas. Que descanse em paz”.
Na última terça-feira (24), Dodozinho recebeu sua última homenagem em vida. Os vereadores da Câmara de São João da Barra o agraciaram com a Medalha do Mérito Barão de Barcelos. É maior comenda dedicada pela Câmara de Vereadores a personalidades que dedicaram suas vidas ao município. A Sessão solene aconteceu no Clube da Terceira Idade.
O Prefeito de São João da Barra José Amaro Martins, o Neco, decretou luto de três dias no município “considerando a história profissional trilhada em nosso município no meio político como Prefeito e Vice-Prefeito”. Neco também decretou ponto facultativo nesta segunda-feira (30). Somente os serviços essenciais serão mantidos. A parte recreativa da festa em homenagem a São Pedro está suspensa. Apenas a parte religiosa seguirá normalmente, inclusive, com show da cantora Adriana Arydes, às 21h.
“São João da Barra perdeu na tarde deste domingo uma das maiores referências da história do município. A morte de Dodozinho Mendonça nos deixa com um sentimento profundo de pesar e também com a certeza que a sua brilhante e rica vida pública o fez conquistar o respeito, a admiração, o prestígio e o carinho dos sanjoanenses. Todo o desenvolvimento do nosso município, especialmente do 5º Distrito, tem o toque do nosso amigo Dodozinho. Hoje, São João da Barra não perdeu apenas um grande político, um grande líder, mas um grande homem. A morte de Dodozinho é um momento de dor e de reverência. Dor pela ausência que ele fará para todos os que tiveram a felicidade de conhecê-lo, que puderam compartilhar da sua sabedoria e capacidade de pensar. Reverência pela serenidade como viveu a vida. Um homem respeitado e que fez história em São João da Barra, deixando uma linda história de muito trabalho, dedicação e amor ao nosso município. Exemplo de retidão, de humildade, de bom humor na luta pela vida, de espírito de liderança, de vontade de vencer, de solidez moral. Enfim, um guerreiro incansável. Aos familiares e amigos, deixo as minhas condolências e homenagens a este grande homem. Estendo meus pêsames à toda família e oro para que superem este momento difícil”, disse Neco.
O filho do ex-prefeito Betinho, Bruno Dauaire, também lamentou o falecimento de Dodozinho.
“O falecimento do eterno prefeito Dodozinho é uma perda muito grande para todos nós. A maior parte da sua história política foi vivida e compartilhada com meu avô Alberto Dauaire e com meu pai Betinho Dauaire. Mesmo ultimamente em caminhos diferentes politicamente, sempre mantivemos o respeito pelo seu trabalho que muito contribuiu para o crescimento de São João da Barra. Suas ações e seu espiríto público estarão eternizados na história do município”.
DODOZINHO
Nascido aos 20 dias de fevereiro de 1918, filho de Ângelo Antônio Mendonça e Guilhermina Ignácio, Dodozinho teve onze irmãos e é pai de três filhos, sendo uma delas atual Secretária de Assistência Social da Prefeitura sanjoanense.
Dodozinho começou sua vida profissional como caminhoneiro. Depois passou a administrar uma frota de dez caminhões. Em 1970, Dodozinho aceitou um convite para compor uma chapa e acabou sendo eleito. Em 1977,Dodozinho foi Prefeito pela primeira vez de São João da Barra, se reelegendo em 1989. Já em 1996, Dodozinho compôs a chapa do ex-prefeito Betinho Dauaire. Em 2004, foi novamente candidato a vice, tendo como Prefeita Carla Machado. Em 2008 foram reeleitos.
Dodozinho foi quem implantou o sistema de eletrificação nas zonas rurais de São João da Barra e São Francisco de Itabapoana, além de abrir diversas estradas, ele também desenvolveu várias atividades nas áreas da Saúde, Educação e Promoção Social. Ele era também conhecido por atuar como operário, controlando máquinas, tratores, caminhões e o que mais fosse necessário.
O Chefe de Gabinete Antônio Neves, também lamentou o ocorrido.
“Foi um baluarte para São João da Barra. Onde foi Prefeito e vice prefeito por mais de duas décadas. Que descanse em paz”.
Na última terça-feira (24), Dodozinho recebeu sua última homenagem em vida. Os vereadores da Câmara de São João da Barra o agraciaram com a Medalha do Mérito Barão de Barcelos. É maior comenda dedicada pela Câmara de Vereadores a personalidades que dedicaram suas vidas ao município. A Sessão solene aconteceu no Clube da Terceira Idade.
O Prefeito de São João da Barra José Amaro Martins, o Neco, decretou luto de três dias no município “considerando a história profissional trilhada em nosso município no meio político como Prefeito e Vice-Prefeito”. Neco também decretou ponto facultativo nesta segunda-feira (30). Somente os serviços essenciais serão mantidos. A parte recreativa da festa em homenagem a São Pedro está suspensa. Apenas a parte religiosa seguirá normalmente, inclusive, com show da cantora Adriana Arydes, às 21h.
“São João da Barra perdeu na tarde deste domingo uma das maiores referências da história do município. A morte de Dodozinho Mendonça nos deixa com um sentimento profundo de pesar e também com a certeza que a sua brilhante e rica vida pública o fez conquistar o respeito, a admiração, o prestígio e o carinho dos sanjoanenses. Todo o desenvolvimento do nosso município, especialmente do 5º Distrito, tem o toque do nosso amigo Dodozinho. Hoje, São João da Barra não perdeu apenas um grande político, um grande líder, mas um grande homem. A morte de Dodozinho é um momento de dor e de reverência. Dor pela ausência que ele fará para todos os que tiveram a felicidade de conhecê-lo, que puderam compartilhar da sua sabedoria e capacidade de pensar. Reverência pela serenidade como viveu a vida. Um homem respeitado e que fez história em São João da Barra, deixando uma linda história de muito trabalho, dedicação e amor ao nosso município. Exemplo de retidão, de humildade, de bom humor na luta pela vida, de espírito de liderança, de vontade de vencer, de solidez moral. Enfim, um guerreiro incansável. Aos familiares e amigos, deixo as minhas condolências e homenagens a este grande homem. Estendo meus pêsames à toda família e oro para que superem este momento difícil”, disse Neco.
O filho do ex-prefeito Betinho, Bruno Dauaire, também lamentou o falecimento de Dodozinho.
“O falecimento do eterno prefeito Dodozinho é uma perda muito grande para todos nós. A maior parte da sua história política foi vivida e compartilhada com meu avô Alberto Dauaire e com meu pai Betinho Dauaire. Mesmo ultimamente em caminhos diferentes politicamente, sempre mantivemos o respeito pelo seu trabalho que muito contribuiu para o crescimento de São João da Barra. Suas ações e seu espiríto público estarão eternizados na história do município”.
DODOZINHO
Nascido aos 20 dias de fevereiro de 1918, filho de Ângelo Antônio Mendonça e Guilhermina Ignácio, Dodozinho teve onze irmãos e é pai de três filhos, sendo uma delas atual Secretária de Assistência Social da Prefeitura sanjoanense.
Dodozinho começou sua vida profissional como caminhoneiro. Depois passou a administrar uma frota de dez caminhões. Em 1970, Dodozinho aceitou um convite para compor uma chapa e acabou sendo eleito. Em 1977,Dodozinho foi Prefeito pela primeira vez de São João da Barra, se reelegendo em 1989. Já em 1996, Dodozinho compôs a chapa do ex-prefeito Betinho Dauaire. Em 2004, foi novamente candidato a vice, tendo como Prefeita Carla Machado. Em 2008 foram reeleitos.
Dodozinho foi quem implantou o sistema de eletrificação nas zonas rurais de São João da Barra e São Francisco de Itabapoana, além de abrir diversas estradas, ele também desenvolveu várias atividades nas áreas da Saúde, Educação e Promoção Social. Ele era também conhecido por atuar como operário, controlando máquinas, tratores, caminhões e o que mais fosse necessário

MORRE DODOZINHO, EX-PREFEITO DE SÃO JOÃO DA BARRA

(Do blog do Ricardo André, eu penso que...)

domingo, 29 de junho de 2014

NECO LAMENTA MORTE DE DODOZINHO

Em sua página no facebook, o prefeito de São João da Barra, Neco, lamentou a morte do ex-prefeito Dodozinho.


A HISTÓRIA ESCONDIDA DO MONUMENTO AO PADROEIRO NA ESTRADA DO CONTORNO

Amanhã, no blog e aqui, na página, a história sórdida, escondida, da conclusão da obra de construção do monumento ao Santíssimo Salvador, na estrada do Contorno. 
Fundamentalismo religioso?


O TRÂNSITO É A CARA FEIA DO GOVERNO

O trânsito de Campos é o reflexo do improviso do governo que o gerencia(?). Pequenas intervenções pontuais bem que tentam civilizar o que não tem juizo. Como é o caso deste sinal manual, que, em qualquer outro lugar do mundo, funciona e serve para harmonizar e estabelecer respeito entre pedestres e motoristas. Pois bem, ele está instalado há alguns anos, na pista da avenida Alberto Lamego, no Parque Califórnia, mas não funciona e nem é consertado.

Isso faz com que o sinal, com sua base, já podre, permaneça aberto, dificultando a travessia de pessoas.

A situação de desacerto no trânsito descrita é simbólica, mas não é única. A 50 metros desse sinal relaxado, o que seria um abrigo de passageiros, restam, apenas, as bases, com dois parafusos pra cima.

E ainda no mesmo trecho, no mesmo espaço, a pista da ciclovia está desbarrancando, justamente na confluência com a via da avenida. Um perigo que não sensibiliza a administração municipal.

Como se vê, não pode mesmo um governo bronco oferecer uma politica pública civilizada de trânsito urbano.

JORNALISTA AMERICANA EXECRA FUTEBOL DA COPA

(Da Coluna de Dorrit Harazin, de O Globo)

Americana emitiu a opinião mais azeda, belicosa, obscurantista e preconceituosa até agora sobre o Mundial e seu futebol

A escritora Ann Couter rebaixou o futebol à um esporte menor (Divulgação)

O leitor quer ficar de bem com a vida e começar o domingo sorrindo à toa, independentemente do resultado do jogo entre Brasil e Chile? Basta entrar no YouTube e assistir a uma cena que não lhe tomará mais de três minutos e três segundos de tempo. E é grátis: http://zip.net/bknR0l
Desde o início da Copa, a seleção da Holanda vem conquistando os brasileiros pelo convívio alegre com a terra e o povo anfitrião. Estrelismo zero dentro e fora do campo. Sua empolgada torcida tinge de laranja até o ar por onde passa, arrebanhando quem estiver no caminho.
O Oranjecamping, com suas 500 barracas armadas no terreno de um clube na região da Represa de Guarapiranga, em São Paulo, tornou-se uma atração à parte, pela descontraída organização. Ali tudo é cor de laranja, dos óculos de tomar sol à caravana de motos, vans e carros que partiu de Nova York para se integrar à torcida. É a décima edição dessa filial da Holanda no exterior em tempos de Copa — motorista de ônibus, juiz aposentado ou cônsul honorário em Montreal, tudo junto e misturado. Tem até um Oranjebus que veio trazido de navio.
Hoje, a uma hora da tarde, o time do atacante voador Van Persie enfrenta o México no estádio do Castelão, em Fortaleza, e será a vez de os cearenses descobrirem o aprazimento da babel laranja. Na semana anterior fora a vez dos gaúchos. Inesquecível.
Era quarta-feira, 18 de junho, e a já célebre banda Dutch Factor 12, composta de músicos-torcedores que há mais de uma década se deslocam atrás de sua seleção, rumava para o estádio Beira-Rio. Não tinham ingressos para o jogo contra a Austrália (a Holanda venceu por 3 a 2) nem poderiam entrar com seus instrumentos, mas isso era secundário.
Ao chegarem ao Beira-Rio, depararam-se com a Banda Militar de Porto Alegre, que executava seus números protegida por uma grade. O inesperado encontro em meio à multidão gerou um pedido dos holandeses: queriam afinar os instrumentos de sopro tocando com os brasileiros alguma música do repertório em curso. “Aquarela do Brasil”, respondeu um dos PMs. Alguém cantarolou o início do samba de Ary Barroso e todos entenderam. As duas bandas passaram a tocar na mesma língua franca.
Alegria geral. A Dutch Factor 12 afinou, empolgada, sem precisar decifrar o “mulato inzoneiro”, “merencória” ou a “morena sestrosa” da letra. Logo a grade de proteção se abriu para os músicos de laranja e PMs e holandeses passaram a tocar lado a lado.
Um flagrante simples, espontâneo e universal do que esta Copa tem de melhor — além dos jogos simplesmente espetaculares, é claro.
Vale contrapor o momento “Aquarela” à opinião mais azeda, belicosa, obscurantista e preconceituosa emitida até agora sobre o Mundial e seu futebol. Partiu da colunista, comentarista política e escritora americana Ann Coulter.
Coulter é uma celebridade no país que inventou a celebridade. Formada em Direito Constitucional, ela é considerada a língua mais ferina da TV. Cultiva posições de extrema-direita ultrajantes com o mesmo zelo que cuida da silhueta impactante e da longa cabeleira loura. Domina qualquer debate através de uma infinita capacidade de gerar indignação e enfurecer liberais. Exasperar adversários através de opiniões deliberadamente odiosas faz parte do seu marketing. Ser admirada como destemida defensora dos valores ultraconservadores, também. A ousadia verbal é sua ferramenta.
“Não devemos esquecer que Bill Clinton foi um ótimo estuprador” é uma das frases soltas que dispara. A um jornalista do “New York Observer” que a entrevistava, Coulter certa vez perguntou se ele tinha ligado o gravador. Diante da negativa, aconselhou: “Então ligue-o, pois tenho algo a dizer... Minha única bronca do Timothy McVeigh (autor de um atentado em Oklahoma City que causou 168 mortes e 850 feridos 20 anos atrás) é que ele não colocou a bomba no ‘New York Times’.”
Em artigo publicado na semana passada Ann destilou a bílis contra o futebol. Mais especificamente contra o inesperado entusiasmo dos americanos pela Copa e a crescente popularidade do esporte nos Estados Unidos.
“Qualquer aumento de interesse pelo futebol só pode ser sinal da decadência moral do nosso país”, escreveu como ponto central da argumentação. E alinhavou uma série de constatações que confirmariam sua tese. Alguns desses pontos, resumidos:
O desempenho individual não é fator determinante no futebol, ao contrário do que ocorre em esportes de verdade.
No futebol a culpa é dividida... Não há heróis, nem perdedores, não há responsabilidade a ser cobrada.
A perspectiva de humilhação pessoal ou lesão grave são parte dos esportes de verdade (portanto, não do futebol).
Ao término de uma partida de futebol americano, ambulâncias levam os feridos. Jogadores ganham um suco.
No futebol você não pode usar as mãos. Ora, o que nos diferencia de animais menos desenvolvidos, além da alma, é o fato de termos polegar e indicador capazes de segurar coisas.
O número de artigos do “New York Times” afirmando que o futebol está pegando nos Estados Unidos só é inferior ao número de artigos atestando que basquete feminino é fascinante.
Futebol é como o sistema métrico, que os liberais adoram porque vem da Europa.
A mudança demográfica no país, isto é, a enxurrada de imigrantes, seria a causa desse frisson todo. “Podem confiar no que digo”, conclui o artigo, “nenhum americano cujo bisavô nasceu nos Estados Unidos está acompanhando a Copa. Só nos resta esperar que, depois de aprender o inglês, esses novos americanos também venham a abandonar, com o tempo, essa mania de futebol”.
Ann Coulter está com 53 anos. Ainda em tempo de aprender algo. Nem que seja entoar “Aquarela do Brasil” com um torcedor holandês e um PM brasileiro.
Dorrit Harazim é jornalista


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/opiniao/aquarela-do-brasil-13055356#ixzz362k9IowX 
© 1996 - 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. 

sábado, junho 28, 2014

A SAÚDE RUIM E A FINA IRONIA

(D blog do Ricardo André)


sábado, 28 de junho de 2014

RESOLVIDO!



A prefeita Rosinha (parabéns!!!!) resolveu com uma só canetada os problemas da saúde em Campos: aumentou a verba de propaganda e uma nova série que invadiu as TVs locais mostra como é fácil marcar uma consulta, fazer uma cirurgia... e como os campistas estão felizes.
Viu como é simples? E esses desocupados da oposição ficam vendo doentes nas filas, atendidos no chão das emergências e falta de médicos. Onde?

BELÔ POÉTICO




Continuam abertas as inscrições para o 10º Belô Poético – Encontro Nacional de Poesia de Belo Horizonte.
 
INSCRIÇÕES GRATUITAS
Como se inscrever:
Pelo correio: enviar até 16\07\2014, para a Caixa Postal 836 – Belo Horizonte\MG – CEP 30.161-970, nome, endereço, telefone e e-mail solicitando sua inscrição.
via e-mail – enviar os mesmos dados para inscricoesbelopoetico@yahoo.com.br
OBS: poetas incluídos na programação e participantes da coletânea “Poetas En\Cena 8” estão automaticamente inscritos.
 
 
“Um fim nunca é um fim:
é o início de uma nova jornada.”
 
Rogério Salgado
 
PROGRAMAÇÃO
 
 
25 de julho – SEXTA-FEIRA
 
Abertura Oficial.
Local: Teatro da Assembleia Legislativa de Minas Gerais.
Rua Rodrigues Caldas, 30 – Térreo – Santo Agostinho – Belo Horizonte\MG.
 
Apresentador: Bruno Arabi\MG.
 
19h: HOMENAGENS:
 
Severino Iabá\MG: artista plástico, poeta, professor e ativista ligado aos movimentos sociais, ambientais, culturais e educacionais de Belo Horizonte\MG
Em agosto 2014 estará comemorando, numa exposição no Centro Cultural da UFMG, “10 anos de criação do Projeto de Arte Pública Manifesto das Flores, com o retorno do Folguedo do Boi Rosado”.
 
Diovani Mendonça\MG: Poeta e cultivador da Árvore dos Poemas. Idealizador dos projetos: "Pão e Poesia, em qualquer esquina, em qualquer padaria" e "Pão e Poesia na Escola", os quais consistem na publicação de poemas e artes plásticas em saquinhos de pão ecologicamente corretos.
 
19h30: Palestra
“Abrem-se ciclos e fecham-se ciclos” com Paulo Pina\MG – Engenheiro Ambiental.
*SORTEIO DE LIVROS
 
20h: Pocket-show com Cristiano Lima\MG e Regis  D´ Almeida\MG.
 
20h20: Café com Poesia e lançamentos: do livro Luiz Otávio Oliani Entre-textos (Edição: Vidráguas), organizado por Luiz Otávio Oliani\RJ e Empório de Trovas de Arlindo Nóbrega\SP.
 
26 de julho – Sábado
 
MANHÃ:
Exercício Poético de cidadania
Horário: 9h30
Local: Espaço Brinquedoteca do Hospital Infantil João Paulo II
Coordenação: escritor e ator Deomidio Macedo\BA e Márcia Araújo\MG
Alameda Ezequiel Dias, 345 - Centro – Tel: (31) 3239.9112.
 
TARDE:
Livre para passeios turísticos pela capital mineira.
 
NOITE:
Sarau Lítero-Musical:
Local: Status Café Cultura e Arte. Rua Pernambuco, 1.150 – Savassi – Tel: 3261.4699.
 
19h30: Show com Marcos Assumpção: Poeta, Músico e Compositor\RJ
Abertura: Banda Cáustica\MG
 
20h30: Recital com os poetas participantes da Coletânea: “Poetas En\Cena 8 – Poemas e Poetas no Belô Poético”.  Apresentação: Luiz Otávio Oliani\RJ.
Na sequência: Microfone aberto aos poetas presentes.
 
27 de julho – DOMINGO
 
Atividade Extra Programação (Somente para os participantes do 10º Belô Poético)
 
Passeio Turístico - Coordenação: Else Dorotéa Lopes\MG
Local: Centro Histórico de Nova Lima\MG, onde haverá o “Marca Páginas” sarau e performances poéticas. Articulação: Poeta Irineu Baroni\MG.
 
Concentração dos poetas: 8h30
Saída às 9h.
 Local: Rua Tamoios, esquina com Av. Afonso Pena, ao lado da Igreja São José – Praça Sete – Centro de BH.
Reservas:
 
Cobertura jornalística: Clério José Borges\ES e Carlos Ramalho\MG
 
OBS: vejam as fotos do 9º Belô Poético no www.blogdobelopoetico.blogspot.com

CHICO 70

70 ANOS DE CHICO BUARQUE NA ACADEMIA CAMPISTA DE LETRAS E 75 ANOS DA ACL.

Entrada
x

Heloísa Crespo

21:48 (Há 11 horas)
para Cco:mim
ACADEMIA CAMPISTA DE LETRAS

aguarda a sua presença.

Imagem inline 1

BUARQUE-SE: OS 70 ANOS DE CHICO BUARQUE 

NA ACADEMIA CAMPISTA DE LETRAS, 

segunda-feira dia 30, das 17 horas às 22 horas.

Jeito bonito da nossa Academia Campista de Letras comemorar seus 75 anos de existência: em parceria com a juventude do Café&Cultura (Ana Luisa BatistaVinicius MarquesMelyssa Gregório Daniel Malaquias), vamos realizar um grande evento aberto à comunidade, em nossa sede no Jardim São Benedito, para homenagear os 70 anos de CHICO BUARQUE: BUARQUE-SE. A programação foi elaborada com muito carinho e bom gosto. Como Presidente da ACL estou muito feliz ao encontrar jovens (Café&Cultura) com tanta devoção a CHICO e à cultura brasileira. Também quero agradecer o apoio que meus amigos Jorge e Rafael (Rei Do Queijo) estão dedicando ao evento, assim como Carlos Augusto (Casa das Tintas). Quero, ainda, agradecer a Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (Patricia Cordeiro) pelo show temático com a grande cantora MARIA FERNANDA. Haverá, também, uma participação especial da nossa querida LIRA DE APOLO. E é claro que estamos agradecendo a todos que irão dar sua contribuição para o maior brilho do evento,e que serão devidamente prestigiados ao longo encontro-homenagem de "CHICÓLATRAS". Participem! (Hélio de Freitas Coelho).

sexta-feira, junho 27, 2014

TORRE DE ÁGUA DO SUPERBOM AVARIADA SERIAMENTE

(Da página de Rui UhlmanN, no facebook)

Bom dia !,estava no Super Bom Supermercado,da Rua Ricardo Quitete ,no Jokey Club,quando vi a torre de agua do supermercado enrugar,nunca vi isso,uma torre com grossas chapas ,talvez de aço ,não sei,ficar desse jeito.Foi um susto,la se vão quase 3 meses ,e a torre continua lá,do mesmo jeito.Será que não existe risco de cair ? Olha gente,segundo apurei,o que causou isso foi uma diminuição grande de agua que existia no reservatorio,que deu um vácuo ,causando isso.Bem,sou leigo,mais estou preocupado,porque se essa torre cair, pode causar problemas muito mais serios para o supermercado e até para as pessoas que passam ali.Veja as fotos ! se alguem no face entende dessa situação e quiser comentar fique a vontade ,e até alguem da direção do supermercado tambem,seria ótimo....


ESTRADA SEM LEI

(Replicado do blog do Esdras)

Um vídeo postado no Facebook por Alex Morales mostra uma situação bastante preocupante na BR101 em frente ao Posto do Contorno. Filas carros, caminhões e até ônibus da 1001 (que absurdo!) ultrapassando em velocidade pelo acostamento. Por onde anda a Polícia Rodoviária Federal? (Clique na imagem e assista ao vídeo)

TRABALHADORES BLOQUEIAM ENTRADAS DO AÇU

(Do Ururau)

Cerca de 400 funcionários de três empresas que prestam serviço para o Porto do Açu realizaram uma manifestação na manhã desta sexta-feira (26/06) em uma das entradas de acesso ao empreendimento.
De acordo com os trabalhadores, a manifestação se deu por estarem insatisfeitos com as condições de trabalho oferecidas pelas empresas FCC-Tarrio, Acciona e Armatek.
A Polícia Militar registrou cerca de 2km de congestionamento de ônibus e caminhões por conta da manifestação. Segundo a PM, os manifestantes bloquearam a pista com veículos e chegaram a colocar fogo em pneus, que já foi controlado.
Em nota a empresa FCC-Tarrio disse que a ação dos trabalhadores “foi um movimento que nasceu dentro da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) e que a diretoria foi pega totalmente de surpresa, pois não havia chegado nenhuma manifestação.
“Ficamos sabendo hoje que existe uma pauta de reivindicação, mas ainda não sabemos do que se trata. Por isto, na próxima segunda-feira, às 9h, no Porto do Açu, iremos nos reunir com membros da Cipa para discutir a pauta de reivindicação.”
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil e Mobiliário de Campos (Sticoncimo), José Eulálio foi procurado por telefone, mas não atendeu e até o fechamento da matéria não retornou.
Fonte: Ururau.

UM BURACO INCOMODA MUITA GENTE...

Como se vê, o buraco do final da rua Padre Carmelo, esquina com Amaro Silveira, no conjunto Damas Ortiz, continua intocado e outro, ao seu lado, começa a se formar.
Governículo relaxado!


quinta-feira, junho 26, 2014

BANHEIROS SUJOS NA FUNDAÇÃO DE ESPORTES

(Por e-mail)

Boa tarde Fernando gostaria de fazer uma denuncia os banheiros da fundaçao de esportes esta uma sujeira, nao tem condiçao das pessoas tomarem  banho apos a hidroginastica e nataçao, tenho ate nojo as luzes do banheiro queimadas. Quando me deparei com os problemas fui ate o Presidente o tal todo poderoso mas de poderoso nao tem nada nem atençao dar as pessoas, acha que tem um rei na barriga, mas se falar em tirar fotinhas com o filho da Prefeita e ao lado da Prefeita e o primeiro a aparecer, ele tem q aparecer sim no serviço que nem la fica. Atençao Vigilancia Sanitaria vamos conferir os banheiros soube que ja foram intimados mais nao deu em nada . (Moderado) . 

Prefeita de uma passadinha la mas eles falam que nao tem verba pra reforma, mas tem verba p campeonatos ne . VERGONHAAAAA  VOU CHAMAR O MARCELO RESENDE A OPOSIÇAO VAI ADORAR .

BALADA CURTA NA AIC

(ascom)

Evento acontece por conta do aniversário da Associação
  
A Associação de Imprensa Campista (AIC) vai comemorar os seus 85 anos nesta sexta-feira (27), às 20h, com mais uma edição do Balada Curta – um encontro que vai reunir diversas manifestações artísticas. Para isso, foram convidados artistas ligados à música, literatura, artes visuais e vídeo. “Teremos, ainda, uma edição da Noite do Vinil, com a participação de colecionadores locais”, antecipa o diretor de Cultura da AIC, Wellington Cordeiro.

E não para aí não. A interação ficará por conta do microfone aberto, ou seja, cada participante poderá se expressar como desejar. “No local, terá também o “Pendura no Varal” onde cada um poderá mostrar sua intervenção artística, seja desenho, foto ou texto”, conta Wellington, lembrando que a parte mais “descontraída” do evento ficará por conta do Bar da Imprensa.

Parte do Memorial do Monitor Campista estará exposto ao público e deverá permanecer mesmo após o evento, já que a AIC tem a guarda do material gráfico da exposição.

História - A AIC foi fundada no dia 17 de junho de 1929 por jornalistas e intelectuais. O presidente era Sylvio Pélico Fontoura e, o vice, Alcindor de Moraes Bessa. Nessas oito décadas, ilustres nomes passaram pela presidência: Otacílio de Alcântara Ramalho, Godofredo Tinoco, Alcides Carlos Maciel, Oswaldo de Almeida Lima, Hervé Salgado, Latour Arueira, Herbson Freitas, Amaro Prata Tavares, Hugo de Campos Soares, José Dalmo, Hélio Gomes Cordeiro e Orávio de Campos Soares.

A AIC funcionou por muitos anos em salas cedidas por outras entidades de classe. A sede atual foi construída em terreno doado pela prefeitura, em 15 de agosto de 1931, por meio do decreto número 88, do prefeito Oswaldo Luiz Cardoso de Melo. A construção do prédio foi iniciada na administração de Otacílio Ramalho e concluída pelo presidente Alcides Carlos Maciel, em 1944.

Ao longo de sua história, a entidade vem prestando relevantes serviços à sociedade, constituindo-se em tribuna democrática onde as pessoas puderam/podem expressar suas opiniões. Foi lá, por exemplo, que, na ditadura, Luiz Carlos Prestes discursou em favor das liberdades democráticas.