segunda-feira, março 31, 2014

COMO CUIDAMOS DO NOSSO PARAÍBA

Veja de que maneira "civilizada, educada, cidadã" tratamos do rio que mata a nossa sede.

Essas fotos são das margens do Paraíba, no centro da cidade, ao lado do terminal rodoviário urbano Luiz Carlos Prestes.

Ah, a prefeitura é negligente porque não recolhe o lixo e nós somos despudorados porque jogamos.

Flagrantes de Luiz Siri:


A GLOBO OMITE O NOME DE BRIZOLA NA MATÉRIA SOBRE O GOLPE MILITAR DE 1964

O Jornal Nacional da TV Globo acaba de exibir uma matéria jornalística sobre os 50 anos do golpe militar de 1964. Reportagem rica de informações e imagens de arquivo, mas faltou com a verdade histórica ao, omitir, deliberadamente, o nome de um dos protagonistas da resistência democrática, Leonel de Moura Brizola, governador do Rio Grande do Sul, à época, artífice da cadeia da legalidade, ferramenta de proteção do mandato legítimo do presidente João Goulart.

Não cita-lo é um ato reincidente de desonestidade intelectual e informativa da Globo, o maior e mais adesista partido político do país..

PLANO DE SAÚDE DO SERVIDOR DE CAMPOS "FOI PRO PAU"

(Da pagina de Eliana, no facebook)


AQUI AINDA CONVIVEMOS COM MISÉRIA ABSOLUTA

Flagrante de moradores de rua na cidade, cujo governo de plantão se
equilibra sobre o quinto orçamento municipal do país. (Foto Luiz Siri)

SEMINÁRIO DO SEPE

O cumprimento de 1/3 da carga horária fora da sala de aula é uma questão central no cotidiano das nossas escolas.
Deixar esse debate de lado seria deixar os profissionais da educação à mercê da secretaria de educação e de direções que na maioria das vezes só fazem obedecer as ordens dos governos em detrimento dos direitos conquistados pela categoria.

O Sepe Campos realiza no próximo sábado um seminário para discutir esta questão.Será das 13 à 17h no Auditório Miguel Ramalho do IFF Campus Centro. 

Confirmamos a participação do Professor Heleno Araújo, Diretor de Assuntos da CNTE - Confederação Nacional dos (as) Trabalhadores (as) de Educação que trará grande contribuição para nossas discussões.
Outra presença confirmada é do advogado do SEPE Campos, Alexandre Fecher.



Ana Paula Motta
Ascom/Sepe-Campos

COMUNIDADE DE MINEIROS PROTESTA COM FOGO

A localidade de Mineiros está sofrendo com a falta de Onibus  e Vans que já chegam lotadas, então resolveram fazer um protesto.



PROTESTO NA BAIXADA CAMPISTA

A comunidade de Mineiros, na baixada campista, promove manifestação de protesto contra a falta de ônibus, neste momento.

NOTÍCIAS DE ANA CLARA

Clarinha vai bem. O procedimento médico que cuidará da remoção do objeto metálico que ela broncoaspirou já está marcado para a próxima quarta feira, 2 de abril, em hospital do Rio de Janeiro.
A secretaria de Saúde cuidará da transferência, transporte, confirmação da vaga e ajuda de custo para a acompanhante dessa mocinha que comoveu a todos que souberam de seu acidente.
Agora, o que nos cabe, é aguardar sua volta, restabelecida.
Os pais e a avó continuam vigilantes.
Recebi um msn, supostamente, de alguém do Hospital Ferreira Machado historiando o atendimento.
Quero deixar, absolutamente, claro que: primeiro, não sou dono da campanha, fui convidado a cerrar fileiras com um grupo que já estava mobilizando pelas redes sociais; esse não é um movimento contra o Ferreira Machado, ou contra quem quer que seja, muito, diferente, o hospital erra, às vezes, mas acerta muito mais.
Por fim, é reafirmar que a campanha é em favor de Ana Clara. Só.
Qualquer tentativa de partidarizar o drama de Clara e de sua família, será afastado com o máximo rigor.
Boa sorte, Clarinha, vá com Deus! Estamos por aqui, às ordens.

PARA LEMBRAR E NÃO REPETIR

Nenhuma ditadura se justifica. Nenhuma. Isso, desde quando, o homem passou a conhecer a liberdade!

(FLF - 31 de março de 2014 - e lá se vão 50 anos redondos)


domingo, março 30, 2014

VAMOS COMPRAR ESSA PINÇA?

Juro por Deus, por tudo que há demais sagrado, não quero, não vou partidarizar o drama dessa mocinha que sofre, no Ferreira Machado, aguardando uma "pinça" para retirada do objeto metálico que está em seu pulmão.
Mas tenho, aqui, disponíveis 300 reais para ajudar a comprar a tal pinça. Sei que outras pessoas também ajudarão.
Nem sei quando custa, mas sei da extensão da dor da família.
Começamos com 300 reais.

MENINA QUE ENGOLIU OBJETO DE METAL ESPERA PINÇA QUE O FERREIRA MACHADO NÃO TEM

(Página do Jornal Terceira Via online)

Denúncia: Menina engole objeto e HFM não tem pinça para procedimento

Ana Clara, de quatro anos, engoliu uma peça de um anel há três dias e já passou por duas cirurgias sem sucesso. Família quer transferência

"Não aguento mais ver a minha filha sofrendo, deitada em uma cama de hospital, sem ter como ajudá-la e dependendo da boa vontade da equipe do Hospital Ferreira Machado para transferir minha menina para o Rio".

É com este desabafo que a Lívia Queiroz, mãe da pequena Ana Clara Queiroz Borges, de apenas quatro anos, mostra sua indignação com o tratamento recebido pela menina no hospital de Campos.

Ana Clara está internada no HFM desde a última quarta-feira (26 de março), após ter engolido um enfeite de metal de um anel. O objeto foi parar no pulmão da criança e ainda não foi retirado por falta de uma pinça específica para o procedimento.

"Ela já passou por duas cirurgias sem sucesso porque o hospital não tem um instrumento chamado pinça, para a retirada do corpo estranho no pulmão. Desde a primeira operação eles disseram que ela teria que ser transferida para o Rio, mas até agora nenhuma providência foi tomada e minha filha continua sem atendimento especializado. Uma outra cirurgia foi feita mas também sem sucesso. Não aguento mais ver minha filha sofrer e não ter respostas da equipe médica", disse Lívia.

A família da criança quer que Ana Clara seja transferida imediatamente, antes que seu quadro se agrave.

"Queremos mais respeito e informações. Estamos desde quarta-feira esperando por esta transferência, com uma criança que pode até pegar uma infecção devido a seu quadro clínico. Minha filha precisa de atendimento urgente e eles parecem não respeitar nossa dor", relatou o pai, Diego Borges.

Depois de passar por dois procedimentos de broncoscopia no Ferreira Machado, Ana Clara continua internada na enfermaria da unidade pediátrica. A menina implora aos pais para ir embora.

"Nossa filha está cansada, já passou por duas cirurgias e seu quadro continua o mesmo. Por que fazer duas cirurgias com instrumentos que não são ideais? Porque não nos dão uma resposta sobre sua transferência. Somos pais, queremos ter nossa filha em nossos braços com saúde e para isso estamos lutando por respostas. Ela só pede para ir para casa, mas não sabemos nem o que responder para ela", disse Lívia.

O Terceira Via entrou em contato com o Hospital Ferreira Machado e segundo a assessoria da unidade, a equipe de médicos realizou duas tentativas de retirada do objeto do pulmão da paciente com pinças de médio e longo alcance, porém, sem sucesso. Ainda de acordo com a assessoria, Ana Clara foi incluída no sistema de regulação para transferência para um hospital especializado no Rio, o que deve acontecer no início da semana.   

(Fonte: http://www.jornalterceiravia.com.br/noticias/campos_dos_goytacazes/45074/denuncia:_menina_engole_objeto_e_hfm_nao_tem_pinca_para_procedimento...#.UzeKaeryoRw.facebook)

Cá comigo: o que falta para o Hospital Ferreira Machado mandar trazer, comprar essa famigerada pinça?

DO QUE RI A CORTE?

(Página do blog do Esdras)

Confeitaria D.Rosinha

Rosinha está se especializando em dar bolos. Além do bolo gigante com 179 metros no paquidérmico Cepop, por conta do aniversário da cidade, ela anda dando bolo na população nas providências contra os alagamentos que vem atormentando e dando prejuízos aos campistas. Todos os bairros e ruas centrais sofreram graves consequências com as chuvas torrenciais, mas chega às raias do absurdo ver a emblemática Pelinca e seu entorno, a área mais nobre de Campos, e de IPTU mais caro, totalmente alagada, com as pessoas tirando os sapatos para sair dos shoppings, carros enguiçados, bares e lojas tomadas pela água suja. Isso, depois de um verão de vacas magras para o comércio que, agora, luta pela recuperação. Esse bolo deixou um gosto amargo na boca e os pés encharcados…
Ironia
Depois de tanta seca, São Pedro mandou a chuva fertilizadora, mas, que pena, Campos não estava preparada para recebê-la…
Alerta online de cheias
Rio das Ostras implantou um sistema de alerta de cheias que permite à população obter informações on-line sobre nível de água e chuvas, Duas estações telemétricas foram instaladas, uma no rio Jundiá e outra no rio Iriry. Elas fazem parte de um projeto de macrodrenagem para conhecimento real das condições dos recursos hídricos, orçado em R$ 1,1 milhão. Menos do que se pagou aqui por efêmeros shows de verão…

MAIS UM DRAMA NA SAÚDE PÚBLICA DE CAMPOS

Veja se o caso da Saúde Pública, em Campos, já não exige uma intervenção superior?

Cá comigo: mande mais informações sobre o caso. Nome da moça e outros detalhes.

sábado, março 29, 2014

A CULPA DAS INUNDAÇÕES É DO GOVERNO ANTEPASSADO

Campos, ontem, 28, teve seu dia de Atlântida. Ruas e bairros submergiram, literalmente.

Mas, ao mesmo tempo, um fenômeno se deu. As inundações não atingiram aos DAS do governo, que, ao que parece, estimulados pela mão que paga, se revezam nas rádios, informando que, depois da instauração da dinastia rosa, as águas de antes não fazem mais estragos.

Caras de pau! Sugiro como colônia de barba, verniz naval.

Terra à vista!

ATENDIMENTO RUIM NAN FUNDAÇÃO DO ESPORTE

(por email)


boa noite Fernando
queria dizer que ouvindo a radio q uma senhora que nao lembro o nome esta certa o atendimento na fundaçao de esportes e horrivel , meu filho faz nataçao e nao tenho nem gosto de ir na secretaria porque a tal loirinha e os restantes  n atende bem mesmo ela so fica no celular parece patroa . Soube tambem que agora (moderado) o diretor por isso explica tamanha polpa

AOS MEUS AMIGOS

Alguns amigos me cobram uma presença mais assídua na cena política municipal. Tenho estado mesmo recluso.
Constatei que o processo político se repete de forma monocórdia. Aliás, não deveria ser assim, já "que nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia", ensinamento de Victor Hugo, o francês, popularizado na canção por Lulu Santos e Nelson Mota.
Mas o fato é que, aqui, na vila formosa, as personagens se revezam num roteiro muito parecido e cada vez pior. É que o modelo se exauriu, se esgotou nele mesmo. E o novo ainda não veio. (Belchior)
Então é hora de sobrevoar o processo social para revê-lo de outro ângulo e compreendê-lo melhor. Para muda-lo.
É hora de estudar.
A vida ensina. Tem hora que aperta, depois afrouxa, esquenta, esfria e exige sempre da gente, coragem, como evangelizou Guimarães Rosa.
Quero mais tempo para me dedicar à política, sem mandato. Não se trata de uma fuga, mas de uma nova tomada de posição.
Claro que faço o que faço com serenidade e uma certa alegria, confesso.
Precisava dar essa explicação aos que gostam de mim.
Aos que não gostam e a recíproca é verdadeira, repito versos do genial Noel Rosa: "E às pessoas que eu detesto
Diga sempre que eu não presto,
Que meu lar é o botequim

E que eu arruinei sua vida
Que eu não mereço a comida
Que você pagou pra mim".

A DESORDEM DO TRANSPORTE DE PASSAGEIROS

Senhora prefeita de Campos, sugiro a leitura deste desabafo de uma valente professora do Município. Leia e faça o dever de casa para o qual foi eleita: "


Fernando, envio para vc o meu desabafo, que encaminhei para alguns vereadores e comunicadores de Campos sobre o caos no transporte público de Campos. Caos esse que já é bem conhecido de todos, porém precisamos dar um basta. Se quiser comentar algo a respeito na sua rede social, e quem sabe assim chamar atenção de alguém do poder público, fico grata.

Venho através dessa mensagem lhe pedir ajuda, SOCORRO, em relação ao transporte público de Campos. Está sendo praticamente impossível viver nessa cidade dependendo de transporte público. Sou moradora de Tocos, professora e trabalho em Guarus (Pq Lebret). Meu horário de entrada no trabalho é às 13h, e se eu quiser chegar a tempo na escola preciso sair de Tocos às 10:30. A viação Rogil cortou vários horários durante o verão para atender a demanda do Farol, o que nos deixou literalmente na “pista”. Porém, o verão acabou e continuamos sem ônibus. A Viação Siqueira está um pouco mais a frente tentando suprir a demanda, mas mesmo assim não aguenta e nos deixa esperando horas e horas em Tocos por ônibus. Continuando meu trajeto... Ao chegar no terminal de ônibus da Beira Rio, em frente ao Corpo de Bombeiros, onde param (ou melhor, deveriam) parar os ônibus da Viação São João Rumo ao Pq Guarus, todos os dias me deparo com filas e aglomeramento de pessoas que já estão ali aguardando por mais de UMA HORA por um coletivo. UMA HORA!!!! Perdi várias oportunidades de tirar fotos do ponto lotado com mais de CEM PESSOAS e anexar essa foto aqui. Por diversas vezes, ou melhor, na maioria das vezes, sou obrigada a recorrer ao transporte alternativo (van), gastar mais do meu salário de professor, para chegar a tempo no trabalho e não deixar minhas crianças sem aula. Na volta Guarus x Centro é a mesma coisa. E para não ficar no ponto de ônibus a mercê da violência que tanto atinge o Pq Lebret (outra discussão que não me prolongarei agora), mais uma vez sou obrigada a usar o transporte alternativo, pois não passa um ônibus. Acho que o Pq. Guarus é desconhecido da prefeitura de Campos! Do Centro até Tocos continua a viagem e o tormento. Goitacazes, acredito eu, que também seja um bairro fantasma para a prefeitura, pois simplesmente NÃO TEM ÔNIBUS! Só vejo UM com linha Goitacazes Bulgalho – Linha do Limão! Os moradores de Goitacazes são obrigados a embarcar nos ônibus com destino a Tocos, São Martinho, Ponta Grossa, que já são locais desprovidos de horários definidos e que circulam nas avenidas centrais de Campos e nas estradas vicinais (Goitacazes – Tocos, Tocos – Ponta Grossa) super lotados. Pessoas penduradas nas portas! Pessoas que querem voltar para casa e não conseguem! Pessoas estressadas pois acontecem discussões e brigas dentro desses coletivos devido a quantidade excessiva de pessoas! É com muita tristeza que venho relatar isso a você, que com certeza já sabe do caos que é esse setor em Campos, justo hoje. Aniversário da cidade, 179 anos de emancipação da cidade do petróleo! Cidade que apesar dos problemas tanto gosto, mas parece que ainda é Vila de São Salvador, pois não vejo evolução. Fica aqui o meu pedido de SOCORRO, para que o poder público encontre uma solução para esse transtorno diário.

sexta-feira, março 28, 2014

ENQUANTO A PATULEIA BOIA, A CORTE COME BOLO NO CEPOP

E aí meus amigos, quero ouvir de vocês.. Enquanto a cidade se encontra nessa situação a prefeitura está no CEPOP em motivo de aniversário da Cidade com um bolo de 179 metros, aliás quanto será que custou esse bolo para os cofres públicos? Gostaria de saber, e independente do valor poderia ser usado para a infraestrutura da Cidade, afinal não é "CAMPOS MINHA CODADE MEU AMOR?" (Jônatas Campos, facebook)

Cá comigoImpressionante. Parece ficção científica, mas não, é negligência gerencial mesmo!

ATÉ QUANDO?

A prefeitura de Campos, através não sei de quem, se de uma empreiteira ou se dela mesma, iniciou uma obra necessária, no entroncamento da avenida Alberto Lamego, com Philipe Uebe, reabrindo o acesso no sentido centro-Uenf, interceptando a ciclovia. o que pode facilitar a vida dos motoristas, obrigados por enquanto, a buscar uma variante.

A obra(?) é útil, mas o comportamento da administração é estranho. Uma máquina abriu a via e foi embora. Ficou a bagunça. Não há preço do serviço, tempo de execução, autoria do projeto, nada. E isso há muito, muito tempo.

Veja as fotos:


DENTRO D'ÁGUA

(Por e-mail)

Olá, boa tarde.

Acabo de retornar das ruas, ou "rios" - ao que parecem - desta cidade, onde após breve chuva o trânsito ficou quase inviável. O importante para dizer, é que já é rotineira, infelizmente, a situação e neste primeiro teste do ano o quadro continua inalterado em relação aos anos passados, a despeito de os pontos alagáveis serem os mesmos, havendo casos em que a acumulação de água presenciado, foi entorno dos 0,40m (quarenta centímetros). 

Campos, minha cidade, minha água!

Abç.,

Renato César Arêas Siqueira
arquiteto e urbanista
perito técnico

professor bolsista UENF

HOJE É DIA DO MUNICÍPIO E NÃO DO GOVERNO DE PLANTÃO

Simulacro do monumento ao indio goitacá jaz nos fundos do Arquivo
Muita hora nessa calma. Uma coisa é o Município e sua rara carga histórica. A bravura dos nossos ancestrais, os goitacás, vítimas primeiras da guerra bacteriológica dos colonizadores, que lhes davam roupas infectadas por varíolas e outros males contagiosos e os índios, sem imunidades, morriam. Um enorme genocídio perpetrado pela Coroa portuguesa católica e cristã, ao seu jeito.

Outra coisa, outros 50 reais, são o governo de plantão e sua sanha pelo Poder, à qualquer preço.

Comemoramos, hoje, a terra e seus heróis!
Benta Pereira, Mariana Barreto, José do Patrocínio, Nilo Peçanha, Nina Arueira, Luiz Militão, Carlos Lacerda, Felipe Uébe, prefeito Barcelos Martins, os Lamego, Osório Peixoto e tantos mais.

CAMPOS SOBERANA DOS GOYTACAZES

(Republicado)

Concentração na praça do Santíssimo Salvador
Hoje, 28 de março de 2014, Campos dos Goytacazes, comemora 179 anos de sua elevação à categoria de cidade. Não se trata de emancipação politico-administrativa. Campos sempre foi soberana, desde a Capitania de São Tomé, desde a edificação do arruado, a partir do curral de bois, em Campo Limpo, na segunda metade do século XVII.

A carta de lei que elevou a então villa de São Salvador dos Campos à cidade foi promulgada pelo presidente da Provincia do Rio de Janeiro, Joaquim José Rodrigues Torres e veio no alforje do carteiro-tropeiro Miguel Cataia, que cumpria a trilha pelo litoral. A mesma carta elevou também a vila Real da Praia Grande ao status de capital da Província, com o nome de Niterói e a vila da Ilha Grande à cidade de Angra dos Reis.

Em Campos, houve comemoração na praça do Santíssimo Salvador, em frente ao prédio da Câmara Municipal.

Viva Campos sempre!

Presto esta singela homenagem a terra que adotei como minha, com versos do meu irmão, Antonio Roberto Fernandes:

"Não sou nascido aqui, planície amada,
mas é como se aqui nascido fosse
pois tenho a minha alma impregnada
da brisa que te beija na alvorada
e do teu cheiro refrescante e doce".

PROFESSORA DE CRECHE ALMOÇA EM SALA DE AULA

(Do facebook)

vi essas fotos, situação de diversos professores de creche desse município, estrutura ), sem auxiliar, num berçário, a professora come ou zela pelo bem estar do bebe que chora, essa é a escola modelo???, professores valorizados??/
Bom agora minha opinião, sei bem o que é isso pois tb faço bem semelhante, sem refeitório, e ainda querem desumanamente nos tirar nossos direitos legais?
Creche modelo.

Cá comigoEsta fotografia é o flagrante de uma professora de creche da rede publica municipal, que, sem parte do corpo funcional, principalmente, das auxiliares, almoça, enquanto cuida de um bebê.
Isso se dá na cidade que tem o quinto maior orçamento municipal do país.
A professora que postou a foto no facebook, me pergunta o que eu acho da cena?
Respondo-lhe: Eu tenho vergonha de viver um tempo desse. Eu tenho vergonha do governo mau patrão e covarde. Eu tenho vergonha da humilhação imposta aos professores. Eu tenho vergonha da nossa fraqueza cívica. Eu tenho vergonha da nossa impotência política. E, principalmente, eu tenho vergonha desses pequenos campistas que estão sendo vítimas de uma deseducação formal, de um crime de lesa humanidade.
Eu tenho vergonha desse espetáculo deprimente.
Eu tenho vergonha por mim, por nós e por "eles" que não têm.

O CAOS DO TRANSPORTE PUBLICO EM CAMPOS

(Por e-mail)

Boa Noite Fernando Leite

      Venho por meio do seu blog indignar toda a minha insatisfação com relação ao transporte público na nossa cidade, sou estudante da faetec e hoje fiquei mais de 1 hora esperando um ônibus, como pode uma cidade como essa está entregue sem autoridade alguma, e sem sequer um simples ônibus.
      O problema todo está na administração, com essa secretaria IMTT,que na minha opinião não serve para nada. Aonde estão todos esse milhões da cidade? A prefeita não se manifesta sobre essa questão e de outras, eu tenho as minhas dúvidas que o dinheiro da cidade estão na campanha política do marido dela para governador. Afinal um tremendo absurdo.

Os 179 anos da cidade deveria passar em branco, sem motivo nenhum para comemorar, nada pois está faltando praticamente tudo nessa terra de politicagem corrupta.

Obrigado Fernando Você é a nossa voz diante desse questão.

quinta-feira, março 27, 2014

CORONEL BARACHO ASSUME CHEFIA DO 6° COMANDO DE POLICIAMENTO DE ÁREA

Assumiu na tarde desta quinta-feira (27/03), em Campos, o Comando do 6° Comando de Policiamento de Área, o CEL PM Lúcio Flávio Baracho de Sousa. A solenidade, que foi presidida pelo Chefe do Estado Maior Geral Operacional, o CEL PM Paulo Henrique Azevedo de Moraes, na 6° Região Integrada de Segurança Pública (6º RISP) contou com a presença de diversas autoridades militares e civis.

Na ocasião, o Chefe do Estado Maior Geral Operacional, o CEL PM Paulo Henrique Azevedo de Moraes, anunciou que o 6º CPA terá um aumento no efetivo de 141 Policiais Militares que estavam sendo utilizados nos Presídios e Casa de Custódia de Campos e Itaperuna.

Com 27 anos de efetivo exercício na Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, o CEL PM Baracho já foi Comandante do 36º BPM, do 29º BPM, do 8° BPM e Chefe do EM do 6° CPA.

Atc,

SD Elena.

RENATO ARAGÃO CONTINUA INTERNADO

Nesta quinta-feira (27), o Hospital Barra D’Or, no Rio de Janeiro, enviou novo boletim médico sobre o estado de saúde de Renato Aragão.

O humorista, que voltou a ser internado na noite de sábado (23), dessa vez por conta de uma infecção urinária, continua com quadro estável e sem previsão de alta.

Confira o boletim, na íntegra:

“O paciente Renato Aragão está clinicamente bem, estável, dando continuidade ao tratamento da infecção urinária com antibiótico venoso.

O Sr. Renato Aragão deu entrada no Hospital Samaritano em Botafogo no Rio de Janeiro às 14h do dia 26 de março de 2014.”

No último dia 15, Renato Aragão foi levado ao hospital onde ficou internado após sofrer um infarto. Na data, ele teve de passar por uma angioplastia (cirurgia realizada para desobstruir uma artéria) e recebeu alta médica 4 dias após o procedimento.

Fonte: Folha do sertão.com.br

CHUVA INUNDA CAMELÓDROMO NOVO(?)

(Página do blog Momento Verdadeiro)

Fonte: http://momentoverdadeiro-campos-rj.blogspot.com.br/2014/03/apos-chuva-camelodromo-fica-alagado-em.html?spref=fb

A chuva que atinge algumas regiões do Rio de Janeiro no início da tarde desta quinta-feira já está causando transtornos em alguns pontos do estado. Em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, há vários pontos críticos.
A imagem acima divulgada pelo internauta Célio Marins mostra o Camelódromo provisório alagado. Enquanto as obras do Camelódromo estão em andamento, os vendedores autônomos foram instalados próximo à ponte Rosinha Garotinho. O local não precisa de muita chuva para ficar alagado.

Cá comigo: esse é o camelódromo novo.

VERDADE CRUA

No Brasil não temos cultura de Estado, temos cultura de governos eleitorais, o que é muito diferente. 

Então, que ninguém se engane e nem se conforme: nenhuma Administração, com verniz republicano e democrático, gosta de servidor concursado, que já chega com estabilidade funcional.

Os governículos querem funcionários na rédea curta.

CÂMARA DE CAMPOS PROMOVE MOSTRA DE FOTOGRAFIAS

Olhares apaixonados sobre Campos em exposição de fotos

Dando sequência a sua programação de eventos culturais, a Câmara de Vereadores de Campos promove do dia 25 de março a 10 de abril uma exposição coletiva de fotografia, intitulada “Campos: olhares apaixonados”. A mostra será aberta neste dia 25, às 19h, no Palácio Nilo Peçanha, sede do Legislativo. O horário de visitação será das 8h às 18h.
Segundo o superintendente administrativo da Câmara, Avelino Ferreira, foram selecionadas 35 fotografias que abordam diversos aspectos do município, sob a visão de 35 fotógrafos, profissionais e amadores.
“A exposição é uma homenagem que a Câmara vai prestar a Campos pela passagem dos 179 anos de elevação da Vila de São Salvador à categoria de cidade” explicou Avelino.
Entre os fotógrafos selecionados estão: Ana Cláudia Gomes, Antônio Cruz, Artur Gomes, Cândida Vasconcellos, Carlos Emir, César Ferreira, Edenice Rinaldi, Elisael Barros, Genilson Pessanha, Hélen de Souza, Jayme Siqueira, Joana Guimarães, José Geraldo Alves da Silva, Kelvin da Silva Klein, Lene Moraes, Leonardo Berenger, Livia Manhães, Marcelle Louback, Marcus de Carvalho, Mary Chrisóstomo, Mauro de Souza, Patrícia Bueno, Regildo Campos, Ricardo Avelino, Roberto Joia, Rogério Chagas, Teófilo Augusto da Silva, Thiago Freitas, Thiago Macedo, Vagner Basilio, Welliton Pacheco Rangel e Wellington Cordeiro, que também é o curador da exposição.
Para Wellington Cordeiro, a experiência de misturar fotógrafos amadores e profissionais foi um diferencial na seleção da mostra. “Como resultado disso, o público poderá perceber que, além da questão da qualidade das imagens, estará visível a sensibilidade no olhar de quem as produziu, independentemente de ser de um profissional ou não”, disse.
Ele disse ter ficado satisfeito com o nível dos trabalhos, com a diversidade de olhares e com o espírito de participação dos envolvidos na mostra. “Ao fotografarmos temos que colocar muito mais a emoção do que a técnica, caso contrário, o seu poder de fruição se torna limitado”, afirmou o curador.
A fotógrafa e jornalista Patrícia Bueno ressaltou a iniciativa da Câmara. “Achei maravilhosa a iniciativa da Câmara. É uma ideia que serve a vários propósitos: além de homenagear a nossa cidade de uma maneira bonita, contribui para ampliar sua memória através de múltiplos olhares, e ainda, valoriza o artista da cidade. Principalmente no que se refere aos iniciantes, como é o meu caso, trata-se de uma oportunidade ímpar. Muito legal poder participar desse projeto. Estou muito feliz”, disse ela.
(ASCOM)

GAROTINHO ACUMULA MAIS MULTA DO TRE

(Por e-mail)

O Tribunal Regional Eleitoral multou, nesta quarta-feira (26), o deputado Anthony Garotinho e sua mulher, Rosinha Garotinho, em R$13 mil por abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação. Pelo incidente, o MP quer que o casal fique inelegível até 2018.
 
 

CAMPOS DISCUTE VIOLÊNCIA URBANA

Suzy, Everaldo
O Rotary Club de Campos São Salvador, a Ordem dos Advogados do Brasil/Campos e a Escola Superior de Advocacia (ESA) realizaram na última terça-feira, no auditório da Universidade Cândido Mendes, um Fórum de Segurança Pública.
 O objetivo foi reunir as autoridades para debaterem o que pode e o que deve ser feito para a melhoria da segurança pública na cidade e definirem próximos passos a serem dados.
 A iniciativa foi dos presidentes do Rotary  Campos São Salvador Matheus Azevedo Alves, da OAB/Campos, Carlos Fernando Monteiro da Silva  e  Diretor Geral da ESA/Campos , Djalmo Luiz Cardoso Tinoco. 
 A iniciativa reuniu os delegados  da 134ª DP, Geraldo Rangel de Andrade Júnior, da 146ª DP, Carlos Augusto G. da Silva, o comandante do 8º B.P.M. Ten. Cel. Antonio Carlos Sabino, , Juiz da 1ª Vara Federal, André de Magalhães Lenart Zilberkrein, Juiz da 1ª Vara Federal e o Procurador República, Eduardo Santos de Oliveira.
Durante o Fórum, várias propostas  foram apresentadas. A próxima etapa e definir um plano de ação conjunto para combate a criminalidade na cidade. 

(ascom)

quarta-feira, março 26, 2014

PAULO CASSIANO E A "REPUBLIQUETA DE MACONHEIROS"

O delegado campista da Policia Federal, Paulo Cassiano, superintendente da PF, em Santa Catarina, foi destaque no Jornal Nacional, na edição desta quarta, 27. Depois de liderar a repressão às drogas, no campus da Universidade federal catarinense, acusou a reitora de ser "condescendente com quem quer transformar a Universidade numa republiqueta de maconheiros".

A reitora Roselane Neckel, minimizou a declaração de Cassiano.

O DEPUTADO ASDRÚBAL NÃO TROUXE O TROMBONE

Deu no Jornal Nacional, da Globo. Acabo de ver um fato inusitado na política.

O deputado federal Asdrubal Bentes formalizou sua renúncia, na Câmara federal, acusado e condenado por levar mulheres para fazer laqueaduras em troca de votos, na eleição em que se elegeu prefeito, há 10 anos.

O inusitado é que o deputado não disse, hora alguma, que tinha sido vítima da famigerada "perseguição política".


TRAGÉDIA COMOVE POPULAÇÃO DE SÃO FIDÉLIS

Tragédia comove a população da cidade de São Fidélis. Supostamente, por causa de uma separação, jovem de família tradicional, proprietária do antigo Café Brasil, se suicida, aos 23 anos, nessa terça feira, 25.

A matéria é do sítio i3 Notícias:

Exclusivo: Neto de empresário comete suicídio

policiaO neto do falecido empresário, Pedro Barbosa, antigo proprietário do Café Brasil Unido, Victor Hugo Pontes Barbosa, de 23 anos, acabou de cometer suicídio em sua residencia em São Fidélis.
Victor, é filho de Pedro Barbosa, ou “Pedroca”, como é mais conhecido em São Fidélis e toda região, Os motivos ainda são desconhecidos pela família e polícia.
——————————–
Atualização: 14:28hs
Victor Hugo Pontes Barbosa, 23 anos, era advogado e cometeu suicídio na casa de seu pai, Pedro Barbosa – ou “Pedroca”, na Rua Dr. Alberto Torres, no centro de São Fidélis, após brigar com a namorada.
i3notícias – foto: reprodução internet

COMANDO DE GREVE DA UENF NA ALERJ

(Por e-mail)

Grevistas reivindicam a correção da distorção do PCV e a reposição salarial de 86,7%

O Comando de Greve dos Servidores Técnicos Administrativos da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF), ligado à Delegacia Sindical do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Pública do Estado do Rio de Janeiro (Sintuperj), esteve nesta quarta-feira (26) na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

Na oportunidade, os servidores técnicos administrativos da UENF, que estão em estado de greve, entregaram a pauta de reivindicações, que inclui a correção da distorção do Plano de Cargos e Vencimentos (PCV) e a reposição salarial de 86,7% dos servidores técnicos administrativos da UENF. A pauta de reivindicações foi protocolada na Comissão de Educação e Cultura, presidida pelo deputado Comte Bittencourt (PPS), que esteve presente à reunião.

Participaram ainda da reunião, que teve o objetivo de discutir o Fórum da Educação, a deputada Clarissa Garotinho (PR), presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional, o deputado Janio Mendes (PDT), presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, e o deputado Paulo Ramos Couto (Psol), presidente da Comissão de Trabalho, Legislação Social e Seguridade Social.

(ascom - wesley Machado)

TROCA DE COMANDO NO 8° BPM

Convite para solenidade de troca de comando do 8° BPM:


ARTIGO DE ÉLIO GASPARI: 1964... 2014

Artigo de Élio Gaspari imperdível, em O Globo:

A deposição do presidente João Goulart continua a ser um tema divisivo na política brasileira porque, meio século depois, alguns itens da agenda de 1964 continuam presentes, ao vivo e em cores. Registre-se que o elemento primordial, detonador e desfecho da revolta, foi o fato de que os dois lados jogavam com a carta da intervenção militar. Jango tinha um “dispositivo” nos quartéis e seus adversários tinham conspirações desconexas, até que um general voluntarioso implodiu a ordem constitucional. Não existe mais essa carta, mas há outras que, na essência, derivam de pensamentos autoritários. Vale a pena visitá-los, pois permitem que se descubra, em 2014, o código genético do golpismo de 1964.
O primeiro é a falta de respeito à vontade popular. Há 50 anos, uma das provas de que Jango era um esquerdista estava na sua defesa do voto para o analfabeto. Um iletrado não podia ter o mesmo peso político que um doutor. Veio a ditadura e cassou os votos de todos para a escolha do presidente. Em 1969, depois que o presidente Costa e Silva ficou incapacitado, os generais sabiam que o voto de um analfabeto não valia o de um doutor, mas descobriram que o de um coronel não valia o de um general e o de um general que comandava uma mesa não valia o de outro, que comandava uma tropa. Resultado: elegeram o general Emílio Médici sem que se saiba como essa escolha foi feita. A desqualificação do voto alheio está aí até hoje.
Há 50 anos havia uma repulsa ao Congresso e aos políticos. Um lado achava que o povo não sabia votar e elegia ladrões. O outro achava a mesma coisa e havia nele quem quisesse que a rua arrancasse uma Constituinte para fazer as reformas para o bem do país, permitindo inclusive que Jango fosse candidato à Presidência. Hoje as duas visões sobrevivem e no ano passado a doutora Dilma flertou com uma Constituinte exclusiva com adereços plebiscitários.
Passaram-se 50 anos, e aquilo que se chamava de infiltração comunista no governo denomina-se hoje aparelhamento do Estado pelo PT. Havia infiltração comunista na Petrobras em 1964, houve um período de petropirataria durante o tucanato e hoje há um comissariado petista na empresa.
1964 continua divisivo porque em 2014 há pessoas que veem nas instituições democráticas a origem e sede dos males. Isso vale tanto para o sujeito que não confia na vontade popular que escolhe presidentes petistas, como para comissários que veem nessa mesma vontade uma massa incapaz de eleger um Congresso que vote as leis necessárias para que o partido desenvolva o que chama de projeto estratégico. O golpista é antes de tudo um cético em busca de surtos de força.
Em 1964 havia dois candidatos à Presidência: Carlos Lacerda e Juscelino Kubitschek. Muita gente preferia um golpe a Lacerda e, do outro lado, sonhava-se com o golpe que evitaria a volta de JK. Um terceiro grupo queria virar a mesa contra os dois. Deu no que deu, e 20 anos depois todos achavam que tanto Lacerda como JK teriam sido melhores que a ditadura. Como a “Revolução Redentora” teria sido coisa dos militares, todos os civis viraram democratas. Felizmente, em 2014 a carta dos quartéis saiu do baralho. O DNA golpista, contudo, não desaparece, mesmo enfraquecido, transmuta-se.

 em http://oglobo.globo.com/opiniao/1964-2014-11984716#ixzz2x4jfETkE 

ENCONTRO REGIONAL DE ACADEMIAS DA TERCEIRA IDADE


Nesta terça, 25 de março, aconteceu o Encontro Regional das Academias da Terceira Idade da Região no Município de Santo Antonio de Pádua, onde participaram os Municípios de: Italva, São Francisco do Itabapoana, São José de Ubá, Bom Jesus do Itabapoana, Cambucí e Santo Antonio de Pádua. Foi uma tarde muito descontraída e agradável com apresentação do Grupo de dança do Rio de Janeiro, com a presença do vice campeão da Dança dos Famosos do Domingão do Faustão Patrick de Oliveira que com seu carisma colocou todos para dançar.

Dando abertura ao Evento o Prefeito do Município de Pádua Josias Quintal declarou que "quando os idosos participam de ações como essas, estão com o corpo e a mente em movimento, e isso gera saúde."

Estiveram presentes ao Evento o Secretário de Estado de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida Marcus Vinicius, Subsecretário Manoel Rampini Filho, Chefe de Gabinete Rodolpho Maldonado, Secretária de Assistência Social de Italva Cristina Rios, Coordenadora do Grupo Idade Feliz de Italva Sônia Ribeiro e a Equipe de Profissionais que atuam na Academia da Terceira Idade de Italva-RJ.

(ascom)

CRAQUE CAMPISTA FEZ MAIS GOLS DO QUE PELÉ

(Colaboração de Wesley Machado)

História de Check publicada no Blog "A pelada como ela é", do jornal O Globo

A história do fotógrafo peladeiro Jocelino Rocha, o "Check", foi parar no jornal O Globo. É que um texto do jornalista campista Wesley Machado foi publicado no Blog "A pelada como ela é", seção que saía aos sábados no caderno de esportes e agora sai nos cadernos de bairros, somente na região metropolitana. Check afirma ter mais de 3 mil gols na carreira, contando partidas oficiais de campeonatos amadores, jogos de futsal e peladas. Leia mais esta história em que o artilheiro Check prova ter faro de gol:

GARÇOM FELIZ

São duas horas da madrugada de uma sexta-feira. Uma azia causada pela ingestão de um salgado com presunto me tira o sono. Na falta de um antiácido tomo um copão de coca-cola. E decido escrever este texto depois de quase dois meses. Perdi a apuração e portanto não me aterei a detalhes como os sobrenomes, as profissões e as idades dos personagens. A história se passa em Campos dos Goytacazes-RJ, município que revelou os campeões mundiais Didi e Amarildo.

A data é 16 de janeiro de 2014, um dia depois do feriado municipal de Santo Amaro, padroeiro da localidade de Santo Amaro, na região conhecida como Baixada Campista. É uma quinta-feira. Às 19 horas vai começar uma das peladas mais tradicionais de Campos, realizada há mais de 10 anos. Pela primeira vez vou participar desta pelada, composta em sua maioria por coroas.

Estou com 32 anos, mas a barriga e a mecha de cabelos brancos me envelhece mais uns 10 anos. Fui levado para a pelada pelo amigo Check. E só fui aceito porque sou botafoguense, time pelo qual torce o Marilzo, dono da pelada. Chegamos atrasados e Marilzo reclama.

Check é um jogador folclórico. Diz ter mais de três mil gols. Leandro, que rivaliza com Check pelo posto de artilheiro da pelada, brinca e diz que se Check tem três mil gols, ele tem cinco mil. Leandro é o que se pode chamar de gato ou intruso da pelada, como eu. Afirma ter quarenta anos, mas aparenta muito menos.

Nesta pelada tem de tudo. Abud, ex-jogador profissional do Americano, comenta que foi melhor que Nilton Santos. Que heresia! Um evangélico não quer sair na foto. Revela que foi aposentado por invalidez.


A pelada começa. E Check faz uma bela jogada. Livra-se de vários marcadores, mas erra o chute. Motivo para zoações dos amigos, que pegam no pé dele. Mas Check é perseverante. Marca duas vezes e seu time empata. Perde no par ou ímpar.


Chega a minha vez de entrar em quadra. Lembrando que o campo é society e de gramado sintético. Muito tempo sem jogar e no primeiro pique já me sinto ofegante. Corro mais um pouco e peço para sair. Meu time perde.

Peço para jogar no time de Check. Quero ter esta honra. O time adversário abre 2 a 0. Recupero uma bola e dou o passe para Check, que marca. É o começo da reação. Check marca mais dois e garante nossa vitória por 3 a 2 de virada.


Cinco gols em duas peladas. E a contagem aumenta. Já são três mil e tantos. Contrariando os que não acreditam nas contas e desfazem do boleiro, que se não é um craque, mostrou mais uma vez que sabe se posicionar e fazer gols.


Em tempo: Check no dia anterior havia caminhado da praia do Farol até Santo Amaro, cerca de 10 kilômetros, para pagar uma promessa. Não parecia cansado, por mais que reclamassem que ele não voltava para marcar.

E hoje eu posso dizer que dei um passe para um gol de Check.

WESLEY MACHADO


A história dos mais de 3 mil gols de Check já havia sido abordada no site do Ceará: http://www.verminososporfutebol.com.br/deu-a-louca/check-jogador-que-afirma-ter-3-000-gols/

Recentemente foi lançada a campanha #checknaselecao: (arquivo de imagem anexado)