quinta-feira, janeiro 31, 2013

UM GOVERNO DE "ESTATÍSTICAS"


Na sociedade "muderna" é assim, meus caros: antes das eleições cada homem é um Voto; depois todo mundo vira estatística. 

E estatística não come, não bebe, não dorme, nem sente frio ou calor.

PREFEITURA DE CAMPOS DEMITE GESTANTE

(Por e-mail)


Estou escrevendo em razão da minha total indignação com um caso que aconteceu aqui na Prefeitura de Campos.
Uma colega minha, GRÁVIDA de 4 meses foi simplesmente “chutada” dos quadros da PMCG. Ela é fisioterapeuta e trabalhava na UBS do Carvão desde 2009, no malfadado “contrato temporário” que de “prazo determinado” não tinha nada, pois ela trabalha na Prefeitura como fisioterapeuta desde 2006, ora através de empresas “terceirizadas”, ora por contrato direto com a PMCG.
No dia 21/01/2013, ela recebeu telegrama expedido pela PMCG solicitando “a presença imediata” para “tratar de procedimento administrativo decorrente de seu desligamento das atividades laborativas com a municipalidade”, fato que lhe causou perplexidade.
Em primeiro lugar, por estar a mesma em gozo de férias, devendo a Administração aguardar seu retorno para qualquer tipo de comunicação nesse sentido.
Em segundo lugar, pelo fato da mesma estar GRÁVIDA de 4 (quatro) meses, ou seja, entre 16 (dezesseis) e 17 (dezessete) semanas, sendo de PLENO CONHECIMENTO da Administração Municipal tal fato.
Mesmo sendo ela “contratada”, ou seja, estando a laborar sem a prestação de concurso público, o que em tese poderia caracterizar o contrato como “nulo”, a dispensa de gestante encontra óbices legais e constitucionais, pois deveria ela sujeitar-se, no caso em tela, por analogia, ao regime jurídico próprio das empresas privadas, inclusive no que diz respeito às obrigações trabalhistas.
Mas na Procuradoria o entendimento é o de que “contrato nulo não gera direitos”, ou seja, A PRÓPRIA PREFEITURA faz um contrato viciado, e acaba se beneficiando da sua própria torpeza, violando os princípios da boa-fé, da proteção da confiança e do “venire contra factum proprium”. Chega a ser risível...
O entendimento da Procuradoria de Campos/RJ, pela dispensa da gestante, configura claraofensa os princípios da dignidade da pessoa humana e da proteção ao trabalho, além de violação aos direitos do nascituro.
A empregada gestante faz jus à estabilidade provisória, desde a confirmação da gravidez até 5 (cinco) meses após o parto, nos termos do artigo 7º, XVIII, da Constituição Federal e do artigo 10, II, b, do ADCT.
Mesmo que se entenda a contratação como “nula”, ato este que FOI PRATICADO PELA PRÓPRIA ADMINISTRAÇÃO, este ato não pode se constituir em entrave aos direitos fundamentais previstos na Constituição Federal, como o direito à vida e da proteção à maternidade e da infância.
Conclusão nesse sentido se extrai também da Súmula 244, inciso III do TST, nos seguintes termos:
"Súmula 244 do TST
....
III. A empregada gestante tem direito à estabilidade provisória prevista no art. 10, inciso II, alínea “b”, do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, mesmo na hipótese de admissão mediante contrato por tempo determinado."
O STF, no RE 287.905, de Relatoria da Ministra Ellen Gracie, caminhou nesse sentido:
“EMENTA: CONSTITUCIONAL. LICENÇA-MATERNIDADE. CONTRATO TEMPORÁRIO DE TRABALHO. SUCESSIVAS CONTRATAÇÕES. ESTABILIDADE PROVISÓRIA. ART. 7º, XVIII DA CONSTITUIÇÃO. ART. 10, II, b do ADCT. RECURSO DESPROVIDO. A empregada sob regime de contratação temporária tem direito à licença-maternidade, nos termos do art. 7º, XVIII da Constituição e do art. 10, II, b do ADCT, especialmente quando celebra sucessivos contratos temporários com o mesmo empregador. Recurso a que se nega provimento.”

Ainda, o próprio Excelso Pretório (STF), no Agravo de Instrumento 710.203, de Relatoria da Ministra Cármen Lúcia, afirmou que:
“A jurisprudência deste Supremo Tribunal Federal tem entendido que as servidoras públicas, inclusive as contratadas a título precário, independentemente do regime jurídico de trabalho, têm direito à licença-maternidade de cento e vinte dias e à estabilidade provisória desde a confirmação da gravidez até cinco meses após o parto , conforme o art. 7º inc, XVIII, da Constituição da República e o art. 10, inc. II, alínea b, do Ato das Disposições Constitucionais Provisórias.”

Mais uma vez, com acerto, o Supremo Tribunal Federal no RE 597.989-AgR, em decisão recente (28/03/2011) de Relatoria do Eminente Ministro Ricardo Lewandowski, decidiu:

“EMENTA: CONSTITUCIONAL. ADMINISTRATIVO. LICENÇA MATERNIDADE. MILITAR. ADMISSÃO EM CARÁTER TEMPORÁRIO. ESTABILIDADE PROVISÓRIA. POSSIBILIDADE. ISONOMIA. ART. 7º, XVIII, DA CONSTITUIÇÃO E ART. 10, II, b, DO ADCT. AGRAVO IMPROVIDO. I As servidoras públicas e empregadas gestantes,independentemente do regime jurídico de trabalho, têm direito à licença-maternidade de cento e vinte dias e à estabilidade provisória desde a confirmação da gravidez até cinco meses após o parto, conforme o art. 7º, XVIII, da Constituição e o art. 10, II, b, do ADCT.”

Assim, diante do farto material jurisprudencial, a Prefeitura, com fulcro na Súmula nº 473 do STF, que diz que “a administração pode anular seus próprios atos, quando eivados de vícios que os tornam ilegais, porque deles não se originam direitos; ou revogá-los, por motivo de conveniência ou oportunidade, respeitados os direitos adquiridos, e ressalvada, em todos os casos, a apreciação judicial”, encontra amparo legal para rever o ato de desligamento, porém, não o faz, mesmo diante de requerimento nesse sentido, através de documento protocolizado no Setor de Recursos Humanos da Secretaria de Administração da Prefeitura de Campos/RJ.
Por fim, saliento que ela está tomando as devidas providências, comunicando o fato ao Ministério do Trabalho, Ministério Público do Trabalho, bem como em breve ajuizando ação para sua reintegração (além dos danos morais advindos da conduta do Município), providências essas que poderiam ser evitadas caso a Prefeitura (e sua Procuradoria) tivessem “bom senso”.

Grata.

Michelle Siqueira

PREFEITURA DEMITIR SEM INDENIZAR É CRIME


A situação dos contratados demitidos da prefeitura de Campos não pode ser tratada à ferro e fogo. É aquela história do cágado em cima da árvore. Ele não subiu sozinho, alguém o colocou lá. As regras das convenções trabalhistas, o que consta na Carta del Laboro, é que todo trabalhador têm que ser indenizado quando dispensado pelo "patrão". A prefeitura vai mandá-los embora? então pague-os pelo tempo que completaram na administração.

Tem gente com mais de 20 anos de serviço prestado.

O que o governo municipal faz nesse caso é atrelá-lo, ardilosamente, à obrigatoriedade de chamamento dos aprovados no concurso. Uma coisa é uma coisa e outra coisa é covardia, desfaçatez e cinismo. Fazendo isso, o governo imagina que consegue se eximir de responsabilidade. Na verdade, o que a administração faz é cometer estelionato eleitoral. Essa gente foi induzida a votar naqueles que agora são seus algozes.

Defendo a convocação dos aprovados, com a mesma convicção que reclamo o pagamento das indenizações dos demitidos por telegrama.

Só fico intrigado com o sumiço dos vereadores nessa hora. Eles, mais do que ninguém, colocaram o cágado sobre a árvore. E agora onde estão que não respondem? Em que estrela Vossas Excelências se escondem?


quarta-feira, janeiro 30, 2013

CONCURSADOS SERÃO CONVOCADOS POR TELEGRAMA?

Diante da convocação dos contratados, por telegrama, para formalização de suas demissões, uma pergunta se impõe: a prefeitura também está disparando telegramas convocando os aprovados no concurso?

(Colaboração do leitor)

PREFEITURA CONVOCA CONTRATADO POR TELEGRAMA PARA DEMITIR

Recebi há instantes uma ligação telefônica de uma funcionária contratada da prefeitura de Campos, com mais de 11 anos de serviço, informando que foi convocada, por telegrama, para comparecer ao Centro Administrativo - antigo CESEC - onde terá seu contrato rescindido. Assim como ela, todos os demais servidores na mesma situação.

Ela encaminhará cópia do telegrama, que o blog postará ainda hoje.

Mais informações daqui a pouco.

Atualização, 19:20h: Cópia do telegrama recebido, hoje, pelos contratados. A destinatária deste completaria, este ano, 20 anos de serviços prestados.


LEIA COM O CORAÇÃO

Enquanto autoridades e empresários de Santa Maria, RS, discutem como retirar suas digitais dos corpos dos jovens assassinados pelo incêndio, uma parcela muito, muito maior cuida de encontrar fórmulas que amenizem essa dor coletiva.

Leia com o coração:


ENTRE O LUCRO E A LEI

Colhido da página do advogado Geraldo Machado, do facebook:

PODER DE POLÍCIA

Geraldo Machado

Na esteira dos efeitos que ainda se vão manifestar, noticia-se agora que, por toda a parte, haverá uma ‘varredura” de circunstâncias ou fatos que possibilitem o trágico em sua dimensão maior, como sucedeu em Santa Maria. Centenas de jovens sonhos se foram, a um só lance, tornaram a Nação mais triste, no mesmo passo em que se constata a precariedade de mecanismos de controle ou de prevenção de eventos como o da madrugada de domingo último. Dá-se a saber ao distinto público que prefeituras, em todos os cantos, estarão revendo autorizações de funcionamento de estabelecimentos similares à boate Kiss, em tom de maior rigor no que for concedido ou revisão de critérios, passando a se exigir muito mais que o é exigido hoje. É certo que, país afora, impera o sistema de simples preenchimento de requisitos formais, minimamente relacionados à segurança, posto que prevalente o interesse de lucro e a garantia da atividade empresarial. O que se dizer disso? Nova legislação, novas exigências, aperfeiçoamento de processos autorizadores? Penso, modestamente, que nada disso irá contemplar a sede de Justiça que domina toda a sociedade brasileira, neste instante de luto. Pois que é mais que sabido, de todo o agente público, que o Poder de Polícia, que é a faculdade de a Administração Pública permitir ou não um ato ou atividade, em sintonia com interesses da coletividade, não deve se cingir a meras formalidades, deve se entender em sua extensão máxima, mormente à vista dos avanços tecnológicos de nosso tempo. Em verdade, tal poder do aparelho estatal, não funciona, ou funciona apenas formalmente, numa inadmissível omissão que não se pode imaginar, que não é suspeitada pelo mais comum dos mortais. Veja-se, por exemplo, o que está sucedendo, agora mesmo, aqui, nesta santa e pacífica planície. Meu amigo Matheus, anjo de guarda dos meus computadores, acaba de me afirmar que a boate mais prestigiada, mais frequentada, mais cara, da cidade, não tem, tal como a do Sul, portas de segurança confiáveis, não dispõe de mecanismos de segurança minimanente confiáveis. Um programa de tv, visto ontem, processou um flagrante, colhido na madrugada de domingo, em São Paulo, em que os mesmos erros presentes no local da tragédia, ali também poderiam se enumerar. Quer dizer : o fatídico pode se repetir, poderia estar agora sendo chorado em tom ainda maior, pois não foi cumprido, em tudo quanto é lugar, o mínimo de decência e de honestidade no desempenho de uma função, exclusiva do Estado, sem que isso corresponda a qualquer pena ou interdição. Todo mundo sabe o que todo mundo vê e ouve. Só as autoridades que poderiam impor penas e medidas mais severas, é que parece não se dão conta, de tudo fazendo abstração. Criminosa!

RIO INAUGURA ESCOLA NOVA SEM SALAS, TURMAS OU SÉRIES


O Rio de Janeiro começa, nas próximas semanas, a experimentar um novo tipo de escola. Nada de séries, salas de aula com carteiras enfileiradas e crianças ordenadamente caminhando pelo espaço comum. A aposta para dar a 180 crianças e jovens da Rocinha uma educação mais alinhada com o século 21 é o Gente, acrônimo para Ginásio Experimental de Novas Tecnologias, na escola Municipal André Urani. O espaço, que acaba de ser totalmente reformulado para comportar a nova proposta, perdeu paredes, lousas, mesas individuais e professores tradicionais e ganhou grandes salões, tablets, "famílias", times e mentores.
Não houve pré-seleção. Os alunos que farão parte dessa nova metodologia já são os matriculados na escola antes da reforma. Mas agora as antigas séries serão extintas e não haverá mais as salas de aula tradicionais, com espaço para 30 e poucos alunos. Em vez disso, os jovens – que estariam entre o 7º e 9º anos – serão agrupados em equipes de seis membros, chamadas de "famílias", independentemente de sua série de origem. A formação das famílias ocorrerá em parte por afinidade, a partir da escolha dos próprios membros, e em parte a pelo diagnóstico de habilidades ao qual os alunos se submeterão no início do ano letivo.
Leia a matéria completa no Uol Educação.

CRIME AMBIENTAL GRAVE EM SFI


Atendendo denúncia anónima, agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São Francisco de Itabapoana, juntamente com fiscais do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), flagraram, no início da semana, drenagem e desvio irregular de um brejo na localidade de Ponto de Cacimbas, na Zona Rural do município. Ninguém foi preso.

No local foram encontrados retroescavadeira utilizada para abrir uma vala para desviar o fluxo da água, peça de motosserra, óleo para motor dois tempos, entre outros objetos. Todos foram abandonados pelos operadores no momento em que os técnicos chegaram. Para a realização da prática irregular, ainda foi feito no entorno do brejo o corte de árvores adultas que são protegidas por lei.

 ação conjunta foi acompanhada também por policiais militares da 3ª Companhia de São Francisco. A máquina e os objetos encontrados foram levados para a 147ª DP, onde foi feito o registro pela secretaria de Meio Ambiente com base da Lei de Crimes Ambientais e a Lei 091/2001 que dispõe sobre a proteção ambiental a nível municipal.

- Não podemos admitir que crimes dessa natureza continuem acontecendo em nosso município. Nossa ação é em defesa do interesse ambiental coletivo - ressaltou o secretário municipal de Meio Ambiente, Cláudio Heringer, esclarecendo ainda que a SEMASFI aplicou  multa ao proprietário da retroescavadeira  equivalente a 1.000(um mil) UFISFI.

Seguem as fotos:

(ascom)

BAIRRO DO JOCKEY: DESGOVERNO

ESTAS FOTOS NAO SÃO DE UMA LAGOA NEM DE UMA PISCINA, E SIM DE UM TERRENO NO BAIRRO DO NOVO JOQUEI QUE FICA A 3 KM DO CENTRO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES UM VERDADEIRO BERÇO DE FOCO DE MOSQUITO DA DENGUE. 

O GOVERNO MUNICIPAL NAO TOMA PRVIDENCIAS. ESTAS FOTOS FORAM TIRADAS SABADO DIA 26/01/2013. ESTAMOS NAS MÃO DE DEUS, POIS GOVERNANTES NÃO TEMOS. ESTE DEPUTADO PREFEITO COM LIMINAR VAI DIZER QUE É CULPA DO GOVERNO ANTERIOR OU DE CABRAL OU DE DILMA OU DE QUEM FOR, MAS NÃO DO SEU GOVERNO PORQUE ELES SÃO SEMPRE INOCENTES. 

VAMOS AGUARDAR A PRIMEIRA VITIMA FATAL.

Luiz Siri

terça-feira, janeiro 29, 2013

CENA FAROLESCA II

Marisa Maria Giacomini (Conversa na varanda)

Três vereadores da base governista discutiam entre si a política do "ping pong" do governo municipal. Eles mandam as indicações para cargos na administração, que as devolve, sem cerimônia.

Um dos vereadores, o mais falante, decidiu então," vamos ao Farol conversar com o Garotinho". Isso não pode continuar assim. Os três se armaram de coragem e foram ao Paço Municipal transferido para o Farol, na temporada de verão.

Lá chegando, foram recepcionados pelo próprio deputado, na varanda.

O tal mais falante dos três, depois dos salamaleques, chorou suas pitangas. As suas e as dos colegas. "Garotinho assim não dá, nossas indicações para o governo não estão sendo atendidas. Somos vereadores da situação. Queremos que você intervenha".

Garotinho, que também é lider espiriual dos povos, pregou: "Vejam vocês, quando os vi entrando no portão, pensei comigo na passagem bíblica dos 10 doentes curados por Jesus e do retorno de um só para agradecer. Enganei-me. Reflitam e façam seu julgamento, eu criei todas as condições para suas vitórias eleitorais. Todas. Sem mim, vocês não fariam os votos que fizeram nem aqui, nem no Arzebaijão e ainda assim vêem me cobrar".

Os vereadores em questão, constrangidos, se despediram, deram meia-volta e voltaram.

No caminho, um deles reclamou: tudo certo. Só não entendi ele dizer que sem ele não teríamos a votação que tivemos nesse tal São Sebastião.

Os dois logo o repreenderam: que São Sebastião, rapaz? Azerbaijão, Azerbaijão.

O falante: e onde fica isso?

Um dos dois vereadores revidou, com segurança: fica na divisa de Campos com Cardoso Moreira(*).

-Ah, bem!

(A história é mais ou menos esta. Reproduzi como ouvi. Baseada em depoimento real. Na verdade, a localização da República do Arzebaijão fica na fronteira da Europa com a Ásia)

DESABRIGOS DE PASSAGEIROS EM CAMPOS

Avenida Felipe Uébe, próximo da confluência com a Alberto Lamego
Alberto Lamego próximo da entrada da UENF
Também na Alberto Lamego, no Parque Califórnia, próximo do Superbom
Estas fotografias revelam o zelo da prefeita para com o mobiliário urbano da cidade do quinto orçamento municipal do país. Os abrigos de passageiros foram retirados porque estavam danificados, mas nada foi colocado em seu lugar. Neste período de chuvas, sua excelência deveria deixar o blindado na garagem e enfrentar uma jornada de ônibus para sentir na pele o que o povo passa. Que tal?

Correi vassalos para defender a Madame.

CURSOS DA FAETEC COM INSCRIÇÕES ATÉ QUARTA


As inscrições para 6.460 vagas em cursos profissionalizantes da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) para o Norte e Noroeste Fluminense terminam na próxima quarta-feira (30/01). Todos os cursos são gratuitos e o cadastro deve ser realizado pelo site da Fundação (www.faetec.rj.gov.br) no link “Inscrições para o Processo Seletivo dos Cursos de Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional”.

Em todo o Estado, estão sendo oferecidas 114.606 vagas em cursos de capacitação profissional e atividades artísticos-culturais e físico-esportivas, com oportunidades em diferentes áreas de atuação.

O destaque dessa primeira rodada para o Norte e Noroeste Fluminense são os cursos oferecidos na área de Solda pelo Centro Vocacional Tecnológico (CVT) Campos com 360 vagas, o CVT Macaé, inaugurado em setembro do ano passado, que está ofertando 920 oportunidades na área da Construção Civil, e o novo curso técnico de Auxiliar de Recursos Humanos no CVT Cerâmica, com 120 vagas disponíveis.

O secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca, destaca a atenção do Estado em formar profissionais para atender as demandas da sociedade e da economia Fluminense.

“Com o desenvolvimento econômico do Rio de Janeiro, é cada vez mais urgente oferecer oportunidades que acompanhem esse crescimento. A Faetec, mais uma vez, cumpre seu papel trazendo essas oportunidades para a população”, ressalta o secretário.

Já o presidente da Fundação, Celso Pansera, observa que as vagas oferecidas cumprem o papel de formar profissionais que venham a atender os desafios para o crescimento do Estado do Rio de Janeiro.

“O Estado do Rio está com uma demanda muito grande de mão de obra qualificada, principalmente com a realização de grandes eventos internacionais. Os cursos profissionalizantes oferecidos potencializam a oferta de vagas em todo o Estado, para que toda a população tenha condições de melhorar sua qualidade de vida”, explica o presidente.
O Coordenador do Pólo Avançado Faetec Norte e Noroeste Fluminense, professor Etevaldo Pessanha, ressaltou o comprometimento da Faetec na formação de profissionais qualificados e de cidadãos conscientes da nova dinâmica econômica da região Norte Fluminense. “Para aproveitar as oportunidades de crescimento que chegam rapidamente ao Rio de Janeiro, a Faetec está investindo na formação técnica como uma opção coerente e eficaz para um posicionamento efetivo do profissional no mercado de trabalho. Este é o comprometimento da Faetec”, destaca o Coordenador Etevaldo Pessanha.

Os cursos são gratuitos e serão oferecidos no CVTs e nos Centros de Educação Tecnológica e Profissionalizante (Ceteps) da Rede.

Para se candidatar é preciso que o candidato tenha, no mínimo, 15 anos e Ensino Fundamental completo. As vagas serão distribuídas mediante sorteio, organizado pela Fundação, no dia 1º de fevereiro. 

Desta vez, os interessados poderão escolher até três cursos diferentes por CPF. Quem não tiver acesso à internet poderá procurar uma das 89 unidades da Faetec Digital distribuídas em todo o Estado e contar com o auxílio dos monitores da Fundação.


Serviço:
Inscrição: de 15 a 30 de janeiro
Sorteio: 1º de fevereiro
Matrícula: de 4 a 7 de fevereiro
Matrícula de Vagas Ociosas: de 21 a 26 de fevereiro
Início das aulas: 4 de março

(ASCOM)

ROBERTO HENRIQUES COBRA DUPLICAÇÃO DA BR-101

                O Deputado Roberto Henriques numa luta sem tréguas, mais uma vez cobra a duplicação da BR-101. O parlamentar promoveu uma audiência pública em maio do ano passado que reuniu na Assembleia Legislativa (ALERJ), Deputados, Sociedade Civil Organizada e os representantes da Autopista Fluminense e da Agencia Nacional de Trasportes Terrestres – ANTT. 

Foram cobradas explicações sobre a demora nas obras da duplicação de BR -101 Norte que compreende o trecho entre a Capital do Estado e a divisa do Estado do Espirito Santo. Devido mudanças no controle acionário e do nome da concessionária OHL - Brasil que passou a ser chamada ARTERIS BRASIL após o majoritário controle da empresa ABERTIS BRASIL o Deputado Roberto Henriques envia agora contundente ofício cobrando maior celeridade na conclusão da duplicação da BR-101 Norte, conhecida “Rodovia da Morte”. 

Devido aos constantes e violentos acidentes. Comentando sobre mais essa sua inciativa disse o Deputado : “Após demonstrar a mais alta intimidade com os órgãos do Governo Brasileiro e cumprirem em tempo recorde todo o rito exigido quanto a mudança do controle acionário e do nome da concessionária ; esperamos que a mesma rapidez aconteça na obtenção das licenças ambientais, desculpas recorrentes que têm utilizado até aqui para justificar o atraso na duplicação de todo o trecho. Para mim a mascara caiu”,  finalizou Roberto Henriques.

(ascom)

VICE-CAMPEÕES


Ah, meu Deus como é rasa a Imprensa desta Ilha de Vera Cruz.

Quanta superficialidade, que alguns teóricos atribuem ao imediatismo da informação e eu, modestamente, acho que é a estúpida disputa pela exclusividade da notícia.

Meus colegas agora estão debruçados em números fatais para identificar em que posição a tragédia de Santa Maria nos alça. Já falam em segundo lugar, no mundo, em catástrofes provocadas por fogo.

Somos, então, desgraçadamente, vice-campeões do Caos.

REUNIÃO NA COROA

(Por e-mail)

bom dia fernando,

estou te convidando para amanhã, dia 30, as 16hs,
para reunião dos pescadoresr  e  agricultores na sêde da associação de
pescadores da coroa , no bairro da coroa,vamos tratar dos impactos
causados no meio ambiente que vem afetando os dois setores ,além das
discursões dos impactos causados pela promessa de desenvolvimento da
região.na pauta também a proposta de uma assembléia permanente para
acompanhar ,este desenvolvimento,e apresentar soluções sustentaveis,
quase todos representantes das categorias,e alguns interresados
confirmaram presença,além de algumas autoridades,o ministro da pesca
vai mandar representante,a comissão de meio ambiente da alerj,o
iperj,a apedema, dentre outros,

um abraço

Marcos Moreira

SÃO FIDÉLIS FAZ MUTIRÃO CONTRA A DENGUE


Os agentes de saúde da Secretaria Municipal de Saúde de São Fidélis fazem hoje mais um mutirão contra a dengue na Ipuca.

Desde o último dia 21, mutirões estão sendo realizados nos bairros da cidade e na zona rural para orientar os moradores e identificar locais onde o mosquito transmissor da dengue possa se proliferar.

Até o momento já foram encontrados 101 possíveis focos de dengue que serão levados para análise.
Os mutirões se encerram hoje e em breve devem voltar a acontecer, mas os trabalhos dos agentes continuam diariamente, já que a preocupação das autoridades é grande, principalmente no verão, quando há grande incidência de chuva.

Os profissionais fazem a orientação e a captação dos possíveis focos, porém, a responsabilidade maior é da população, pois a maioria dos criadouros está nas residências.

(ascom)

segunda-feira, janeiro 28, 2013

FOI LÁ, MAS PODERIA TER SIDO AQUI

A tragédia de Santa Maria e sua dimensão catastrófica é cruel demais porque poderia ser evitada. Essa dor não vai passar nunca. Virou uma tatuagem na alma das famílias vitimadas. 

Gestores do Brasil em todos os níveis, especialmente, prefeita de Campos, Senhora Rosinha Garotinho, determine uma ação de uma força tarefa para identificar a situação dos ambientes da cidade, onde são promovidos eventos públicos. 

Foi em Santa Maria, mas poderia ter sido aqui.

A MAIOR TRAGÉDIA DE NOSSAS VIDAS

Um texto do poeta gaúcho Fabrício Carpinejar publicado neste domingo
no Facebook sobre a tragédia de Santa Maria fez sucesso entre os
internautas. O post recebeu mais de 222 mil compartilhamentos e 91 mil
curtir. No Twitter, a mensagem foi retuitada mais de 730 vezes.

A MAIOR TRAGÉDIA DE NOSSAS VIDAS

Fabrício Carpinejar

Morri em Santa Maria hoje. Quem não morreu? Morri na Rua dos Andradas,
1925. Numa ladeira encrespada de fumaça.

A fumaça nunca foi tão negra no Rio Grande do Sul. Nunca uma nuvem foi
tão nefasta.

Nem as tempestades mais mórbidas e elétricas desejam sua companhia.
Seguirá sozinha, avulsa, página arrancada de um mapa.

A fumaça corrompeu o céu para sempre. O azul é cinza, anoitecemos em
27 de janeiro de 2013.

As chamas se acalmaram às 5h30, mas a morte nunca mais será controlada.

Morri porque tenho uma filha adolescente que demora a voltar para casa.

Morri porque já entrei em uma boate pensando como sairia dali em caso
de incêndio.

Morri porque prefiro ficar perto do palco para ouvir melhor a banda.

Morri porque já confundi a porta de banheiro com a de emergência.

Morri porque jamais o fogo pede desculpas quando passa.

Morri porque já fui de algum jeito todos que morreram.

Morri sufocado de excesso de morte; como acordar de novo?

O prédio não aterrissou da manhã, como um avião desgovernado na pista.

A saída era uma só e o medo vinha de todos os lados.

Os adolescentes não vão acordar na hora do almoço. Não vão se lembrar
de nada. Ou entender como se distanciaram de repente do futuro.

Mais de duzentos e quarenta jovens sem o último beijo da mãe, do pai,
dos irmãos.

Os telefones ainda tocam no peito das vítimas estendidas no Ginásio Municipal.

As famílias ainda procuram suas crianças. As crianças universitárias
estão eternamente no silencioso.

Ninguém tem coragem de atender e avisar o que aconteceu.

As palavras perderam o sentido.

(Colaboração de um leitor amigo e amigo leitor. Amigo de qualquer jeito.)

DONO DA BOATE KISS SE ENTREGA A POLICIA


Giovani Grizotti e Tahiane StocheroDo G1, em Santa Maria
Mauro Hoffman (Foto Emerson Souza/RBS)
Mauro Hoffmann, sócio da boate Kiss, onde um incêndio deixou 231 mortos na madrugada do domingo em Santa Maria, se apresentou à polícia na tarde desta segunda-feira (28).
Segundo o chefe de polícia, delegado Ranolfo Vieira Júnior, Hoffmann presta depoimento sobre o incêndio na Delegacia Regional de Santa Maria.
Pela manhã, a polícia também prendeu odono da boate, Elissandro Calegaro Spohr, e dois integrantes da banda Gurizada Fandangueira, que fazia um show pirotécnico que teria dado início ao incêndio, segundo informações do delegado Sandro Meinerz, responsável pelo caso.
Todos tiveram as prisões temporárias de cinco dias decretadas na madrugada desta segunda pelo juiz Regis Adil Bertolin.
Spohr, conhecido como Kiko, está um hospital de Cruz Alta sob custódia, em estado regular por ter inalado fumaça e deve seguir internado por dois dias. Depois, será encaminhado para Santa Maria. O vocalista e um responsável pela segurança do palco da banda foram detidos na cidade de Mata.
Mais informações no G1.

AMIGOS


Tenho pensado nos amigos que perdi.
Amigos da infância, da adolescência.
Amigos da juventude, do colégio, amigos de quando
Servi ao Exército Brasileiro.
Amigos do teatro, da Poesia, da Politica.
Amigos da resistência. Amigos do plano infalível de mudar o Mundo.
Perdi muitos amigos e aprendi que amizade não se repõe.
Não se faz amigo em linha de montagem.
Cada amizade é única, singular, tem sua história própria.
Às vezes nasce de um olhar, um sorriso, um gesto.
Há amizades generosíssimas, largas e fundas como um rio
Que nascem de um desacerto.
Uma amizade de agora não substitui outra que se partiu.
Tenho amigos com os quais nem preciso falar. Sei que estão lá
Ao alcance de minha voz e de minha mão.
Tenho amizades que são fragilíssimas –
Orquídeas no deserto, avencas na ventania.
Dei pra pensar nos amigos que perdi pra morte
E o fato de eu estar aqui é a garantia subversiva que enquanto der
Eles viverão em mim.

FernandoLeiteFernandes
janeiro de 2012

POLICIA PRENDE DONO DE BOATE E INTEGRANTES DA BANDA GURIZADA FANDANGUEIRA


Tahiane StocheroDo G1, em Santa Maria
A polícia deteve na manhã desta segunda-feira (28) um dos donos da boate Kiss e dois integrantes da banda Gurizada Fandangueira, segundo informações do delegado Sandro Meinerz. Um incêndio no momento em que o grupo musical se apresentava deixou 231 mortos na casa noturna de Santa Maria (RS).
Elissandro Sphor, conhecido como Kiko, um dos donos da casa noturna, foi preso em um hospital de Cruz Alta, que fica a 132 km da capital. O vocalista e um responsável pela segurança do palco da banda foram detidos na cidade Mata, a 82 km de Porto Alegre.
Leia matéria completa no G1.

DESCASO NO FERREIRA MACHADO II

(Por e-mail)

Olá Fernando, boa noite!
 
Quero fazer uma reclamação a respeito do Ferreira Machado ( hospital). O descaso é muito grande, quando o colega Alex San Carlos publicou a foto sobre o descaso de médicos, enfermeiros, todos sentados lendo jornal, é isso mesmo que acontece, ninguém está nem aí para o povo e nós acompanhantes, ou seja o povo, que pagamos o pato.
 
Faço esse relato porque a minha irmã que está internada neste hospital, também passou por isso, a gente chama e eles sempre respondem que o que tinha que fazer já foi feito, a gente fica chateada, mas não podemos fazer muita coisa porque afinal estamos nas mãos desse povo, porque não podemos pagar um plano de saúde.
 
O descaso da enfermagem no dia a dia, também é muito grande, tudo é para depois...Relato também a falta de compromisso com a alimentação dos pacientes, a comida é feia, ruim, nojenta, a carne é bem pouquinho,não tem fruta, salada é só de vez em quando e mais não tem acompanhamento de nada, porque minha irmã é hipertensa e a comida é com sal, não adianta a gente reclamar porque a gente fala com as enfermeiras, pede mas a gente sabe que comida não é com elas. Mas não tem ninguém para a gente falar, elas até chamam mas até hoje ninguém apareceu para falar de comida comigo e olha que eu fico nesse hospital o dia inteiro...Essa semana achei um pedacinho de metal na comida, isso mesmo, um metal, não sei o que é...aí, fui na cozinha procurar um responsável para reclamar, mas me disseram que não tinha ninguém, bati foto do meu celular para publicar nesse blog Fernando, mais eu não sei como faz isso, vou procurar alguém para me ajudar e te mando a foto depois.
 
Meu relato e minha indiguinação é com a falta de compromisso dos superiores que nada fazem. Será que até quando vamos ter que passar por isso? Deixando o paciente na aflição, sofrimento, da falta de atendimento, se alimentando com metal...
 
Será que a prefeita, o secretario de saude sabem que isso acontece nesse hospital?
Tem que colocar pessoas responsáveis, confiáveis e de compromisso para chefiar e não continuar com essa mesmice incopetente.
 
Obrigado.

A DESORDEM DO TRANSPORTE COLETIVO EM CAMPOS

(Comentário do leitor que foi transformado em postagem de capa)

Bom dia Fernando, 

após a reclamação no Blog do Roberto Moraes sobre horários de ônibus para Santa Maria e Santo Eduardo, fui informado que os ônibus diretos, instituidos por portaria no diário oficial do minicípio, foram retirados como forma de retaliação. Agora é que fica a questão: Ou a EMUT é conivente com a empresa ou deverá toma atitudes contra esse abuso instituindo ônibus no horário das 20:00 e obrigando a portaria ser cumprida. Peço que também divulge isto como post, a população se inflamou e agora iremos até o FIM. 

Abraço

"ESSA TRAGÉDIA PODERIA TER SIDO EM CAMPOS"

(Comentario oportuno que virou post)

Fernando 
Essa tragédia poderia ter ocorrido aqui em Campos. Infelizmente, os mesmos fatores que levaram a essa tragédia também estão presentes em nossa cidade. Não precisa ser um especialista, basta ser uma pessoa de bom senso e algum conhecimento técnico, para constatar que a maioria dos espaços públicos de nossa cidade não cumprem o que é determinado na lei. Até podem estar conforme no momento da aprovação, mas depois as normas e regulamentações são esquecidas, por ignorância, corrupção, falta de fiscalização e ganância dos empresários. 

Esses locais, principalmente as boates, não possuem pessoal treinado para atuar nas emergências e muito menos um plano de evacuação, as portas de emergência, são estreitas e poucas, para a quantidade de pessoas que estão em seu interior, além de ficarem trancadas a cadeado ou são obstruídas para evitar a evasão de receita (os usuários para sair, são obrigados a passar por verdadeiros currais de aço para pagar a comanda) e os equipamentos de segurança, não são testados, com a regularidade determinada na lei e nem sofrem manutenção, e por ai vai. 

Sugiro que a defesa Civil do Município, Bombeiros e o CREA (como representante da sociedade), montem uma comissão para vistoriar todos os locais públicos do município, tais como: Boates, clubes, Igrejas, Shopping, etc., para investigar se esses locais estão cumprindo as determinações legais, quanto a prevenção de incêndios, plano de evacuação, sinalização e o que mais é determinado nas normas técnicas. E que o resultado dessa vistoria seja divulgado, para que a população de Campos tenha conhecimento dos locais que poderá frequentar com segurança ou não.

UM DOMINGO PRA NÃO ESQUECER

Já estamos na segunda feira, 28. Passa da meia noite de um domingo singular na história das tragédias no Brasil. 

Um domingo estatístico para a Sociedade funcional; um domingo de dor lancinante para centenas de famílias brasileiras. 

Uma dor a ser compartilhada por todos para não arrebentar o coração dos pais das centenas de vítimas do incêndio assassino de Santa Maria.

domingo, janeiro 27, 2013

SANFONEIRO DA BANDA MORREU NA BOATE


Luama D'Alama, G1 São Paulo
A banda Gurizada Fandangueira, que tocava na boate Kiss em Santa Maria (RS) na hora do incêndio onde pelo menos 232 pessoas morreram e outras 131 se feriram na madrugada deste domingo (27), teve um de seus seis integrantes mortos: o sanfoneiro (gaiteiro) Danilo Jaques, o mais jovem do grupo.
O baterista Eliel de Lima, de 31 anos, contou ao G1 que, antes de deixar o local, desatou a sanfona das costas do amigo. Eliel diz que foi o último músico a deixar o palco. Nessa hora, Danilo estava parado ao lado da porta do banheiro, ainda preso à sanfona. Foi quando o baterista ajudou o colega a se livrar do instrumento.
Na imagem abaixo, postada no Facebook da banda, de acordo com Eliel aparecem (da esquerda para a direita) ele, o sanfoneiro Danilo, o percussionista Márcio André Santos, o baixista Giovani Kegler (mais ao fundo), o vocalista Marcelo de Jesus dos Santos e o ex-integrante Will Machado – todos na faixa dos 30 anos. O atual guitarrista, Rodrigo Martins, não aparece na foto porque entrou depois. Também faz parte do grupo Venancio Anschau, responsável por controlar a mesa de som.
Matéria completa no G1.

ATÉ A PRÓXIMA TRAGÉDIA

É cultural, no Brasil os governos, nos diferentes níveis, são sempre reativos. Primeiro assistem ao arrombamento da porta, depois trocam a fechadura. Que seja! Mas que agora todos os espaços públicos, sem exceção, sejam vistoriados à luz da lei. Todos!

Ou então, até a próxima tragédia.

CAMPANHA POR UMA COBERTURA ÉTICA DA TRAGÉDIA DE SANTA MARIA



Informar com o respeito e discrição que a tragédia exige. Já é dor demais para as famílias da vítimas.

DONO DE BOATE É COBRADO A DAR EXPLICAÇÕES

Kiko Sphor está recolhido e não informou endereço. Sua  cunhada usou o facebook para "agradecer" apoios.
O dono da boate Kiss, o empresário Kiko Spohr, está, segundo sua família, emocionalmente abalado. O EXTRA conversou por telefone com Michele Daronch, cunhada de Kiko, que afirmou que sua irmã, Nathalia Soccal Daronch, namorada do dono da Kiss, está “em repouso”. No Facebook, amigos de Kiko sugerem que ele venha a público explicar o que aconteceu.

Leia mais:no sitio do jornal Extra.

IMAGEM DA BOATE MINUTOS ANTES DO INCÊNDIO


Um dos DJs convidados para tocar na boate Kiss durante a festa “Agromerados” publicou uma foto no Facebook mostrando como estava a boate antes do incêndio. Na legenda da imagem, o Djy Bolinha escreveu: 

“Bombandoooooooo KISSS”.


O Corpo de Bombeiro já confirmou 232 mortos na tragédia. Ainda de acordo com a corporação, havia de 300 a 400 pessoas na boate na hora que incêndio começou.


Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/brasil/dj-posta-foto-no-facebook-pouco-antes-de-incendio-comecar-em-boate-do-rs-7408346.html#ixzz2JCMRTR3I

ATUALIZADOS NUMEROS DA TRAGÉDIA GAUCHA

Notícias mais recentes da tragédia de Santa Maria, RS, onde a boate Kiss foi incendiada, causando 232 mortes e não 245 como havia sido informado - este número foi corrigido pelo comando da brigada de resgate.

A presidente Dilma Roussef já está em Santa Maria e chegará agora à tarde, o secretario nacional de Defesa Civil para se juntar a outros ministros convocados pela presidente.

Helicópteros da Força Aérea Brasileira estão sendo utilizados para transporte de feridos para hospitais da região, com maior fluxo para Porto Alegre.

Daqui a pouco mais informações