segunda-feira, janeiro 31, 2011

FEIJÓ NÃO TOMA POSSE AMANHÃ

O nome de Paulo Feijó, PR, não consta na relação dos deputados federais eleitos que tomam posse, amanhã, dia 1º de fevereiro, na Câmara Federal, em Brasília.

A informação é da Corregedoria Geral Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral. Feijó, embora, inicialmente, considerado eleito, em outubro do ano passado, teve sua vaga suspensa por conta da retotalização dos votos, a partir do reconhecimento de validade dos votos dos candidatos impugnados do PTdoB.

Paulo Feijó, que também não foi diplomado, recorreu da decisão e aguarda manifestação do TSE. Não há data prevista para sua provável posse.

PSC DE CAMPOS SOB INTERVENÇÃO

O diretório municipal de Campos do PSC, Partido Social Cristão, foi desfeito por ato normativo da executiva regional. A mesma medida se aplica a todas as demais representações do partido, na região.

Oportunamente, a direção estadual vai nomear comissões provisórias e marcar data para nova eleição dos diretórios.

domingo, janeiro 30, 2011

REUNIÃO AMPLIADA DA FRENTE NESTA SEGUNDA

A Frente Democrática de Oposição volta a se reunir nesta segunda feira, às 10h, na sede do PRP, quando será organizada a agenda de vistoria nos conjuntos de casas populares do parque Eldorado e do entorno da lagoa Maria do Pillar, na próxima terça feira, pela manhã.

Das 5 mil casas prometidas para os dois primeiros anos de governo, a prefeita anuncia a entrega de 650 unidades, sobre as quais pesam críticas do grupo especializado do Ministério Público quanto à sua estrutura.

Durante o encontro, serão prestadas informações sobre os convites formulados aos escritórios regionais do CREA e ANFEA e ainda às representações dos Ministérios Públicos Estadual e Federal, além do especialista em geologia do IFF para participarem da visita. Na reunião, um empresário do setor de construção civil fará uma explanação sobre os riscos de construções como as que serão entregues pela prefeita nos próximos dias e o seu custo real de mercado.

Também na reunião desta segunda, a vereadora Odisséia Carvalho, PT, revelará se já ficaram marcadas as audiências solicitas ao responsável pela empreiteira que executa a obra de maquiagem do Canal Campos Macaé e ao secretário municipal de Obras. O canteiro da Beira Valão já foi visitado pela Frente, que agora espera informações detalhadas, cobradas, formalmente, por documento. Inclusive sobre o aditamento de 2 milhões e 600 mil reais ao valor inicial de 18 milhões.

A Frente vai deliberar também sobre as datas de inspeção nas escolas da rede municipal e nas unidades básicas de Saúde, hospitais públicos e conveniados.

sexta-feira, janeiro 28, 2011

O PIOR AMIGO

Ninguém é mais miserável do que o amigo que revela os segredos pessoais quando vira inimigo.
Esta frase lapidar, oportuníssima, é atribuída ao roqueiro Renato Russo.

CHAME A POLÍCIA!

Os deputados Eduardo Cunha e Garotinho estão em duelo aberto e cada um revela as mazelas do outro. Há acusações para todos os desgostos, de quadrilheiro à enriquecimento ilícito.

A impressão que fica é que ambos têm razão.

Atualização, 1714h: Prevaleceu o instinto de sobrevivência. Botaram galho dentro.

O SANTO OFÍCIO DO PR

Antes mesmo que pudesse responder à insinuação maledicente do dono do partido, o Torquemada da política, que queria seu voto para a primeira herdeira, o deputado Roberto Henriques foi, impiedosamente, queimado na grande fogueira republicana.

Sobreviverá?

DÉJÀ VU

José Sarney, adestrador de Marimbondos de Fogo.

Este honorável senhor quer ser, de novo, presidente do Senado da República.

A CAIXA LARANJA DE EDUARDO CUNHA

O deputado Eduardo Cunha, PMDB, está no olho do furacão. Pesa sobre ele a acusação de ter usado tráfico de influência junto a direção de Furnas para conseguir negócios para sua empresa. Ao longo dessa semana, o caso vem sendo tratado em matérias do jornal O Globo.

O mais curioso na história é que, através de seu twitter (twitter.com/depeduardocunha) , o parlamentar se defende e contra-ataca, sob ameaça de abrir a caixa laranja e revelar inconfidências indesejáveis para ex-aliados. É o que se chama de abraço do afogado.

Aos dirigentes do PT, supostamente denunciantes do esquema, manda o seguinte recado: “É impressionante o instinto suicida desses caras. Quem não se lembra dos aloprados? Quem com ferro fere, com ferro será ferido”.

Para o ex-aliado Anthony Garotinho, o recado é direto: “Vai ser muito proveitoso detalharmos todas as reuniões que tivemos juntos. Contribuiria e muito para o nosso país”.

Como assim, cara pálida?

O diretor de Furnas e pivô do escândalo, indicado pelo grupo de Eduardo Cunha, é o ex-vice-governador do Estado, na gestão Rosinha, Luiz Paulo Conde.

quinta-feira, janeiro 27, 2011

GAROTINHO ACUSA ROBERTO HENRIQUES DE CONSPIRAR CONTRA CLARISSA

Reprodução do blog do Garotinho:


27/01/2011 18:18


Fui informado há pouco, que o deputado estadual Roberto Henriques, ex-secretário de Governo de Rosinha na prefeitura, eleito com o nosso apoio e do povo de Campos, está fazendo campanha nos bastidores contra a candidatura de minha filha Clarissa à liderança do PR, na ALERJ.
 

Custo a acreditar que Roberto tenha sido mordido pela mosca azul da ingratidão tão rápido. Deve ser fofoca...

Do blog: Se eu conheço Roberto, a insinuação não ficará sem resposta à altura.

LIXO ORDINÁRIO

                                                 
Aos sábados, pela manhã, quem passar pela orla do Farol, naquela alameda ladeada de casuarinas, obrigatoriamente, vai ouvir o Garotinho se entrevistando em sua rádio. É que, como o programa tem baixa audiência, ele apelou para uma Kombi armada de potentes altos falantes, que fica estacionada, estrategicamente, no ponto de maior movimento e reproduz sua surrada verborragia.

É quando dissemina o lixo ordinário, impossível de ser reciclado. Não há nele o que se aproveite. É o tipo mais corrosivo do lixo: o verbal.

O dramaturgo Nelson Rodrigues escreveu, certa feita, que achava impressionante como “algumas palavras não exalam mau cheiro”. É o caso em questão.

REITORA DO IFF REBATE NOTÍCIA SOBRE EXCESSO DE DIÁRIAS

 A luta pela ética e pelo direito à verdade

     Mais uma vez, o ato de se veicular informações caluniosas, e que têm por
objetivo induzir a população a interpretações falsas da verdade dos fatos, nos
leva a prestar esclarecimentos à comunidade do IFF.
     É importante que a comunidade compreenda que há outros interesses além
dos meramente informativos nestas matérias veiculadas, e,  por esta razão
tenho o dever de prestar as informações corretas, porque além de gestora
pública, sou também educadora, e como tal, não posso de forma nenhuma
concordar com este modo  vil de se fazer uso das informações.
     A implantação dos Institutos Federais em todo o país não tem sido fácil
para os seus gestores, e isto  vale também para os reitores e reitoras destes
institutos, que têm se empenhado para implementar um novo modelo de gestão
multicampi e pluricurricular, trabalhar e mediar as relações de poder, fazendo
com que as conquistas destas  instituições  continuem acontecendo.
      E é para preservar estas instituições públicas  tão respeitadas pela
comunidade e que têm dado uma contribuição efetiva na formação profissional de
tantos jovens de nossa região, que nos manifestamos, repudiando que a
informação seja tão mal utilizada e tão pouco educativa.
     Estamos nos referindo à matéria veiculada e, principalmente, à manchete
estampada na primeira página de um jornal de nossa cidade, que traz em seu
título uma comparação desqualificada e maldosa do valor das diárias por mim
recebidas no ano de 2010, comparando este valor com o recebido pelo Ministro
da Educação e com o de outro Reitor de Universidade Federal.
      É importante destacar que o Decreto no. 5.992 de 19 de dezembro de
2006,alterado pelo Decreto  6.907 de 2009  estabelece em seu artigo primeiro
que: “o servidor civil da administração federal direta, autárquica e
fundacional que se deslocar a serviço, da localidade onde tem exercício para
outro ponto do território nacional, ou para o exterior, fará jus à percepção
de diárias, segundo as disposições deste Decreto”.
     Assim, a comparação é desqualificada porque compara gestores públicos
distintos e que são detentores de direitos legais específicos de acordo com o
cargo que exercem. É público que os Ministros de Estado têm direito também a
outras  formas de recursos de representação, além das diárias(cartão de
representação, por exemplo),  e que a especificidade das universidades
federais é bem distinta da dos institutos federais, hoje, instituições
pluricurriculares e multicampi, localizados muitos deles no interior dos
estados, e com a obrigação de as Reitorias além de se reportarem ao Poder
Central, localizado em Brasília,  também  trabalharem  junto aos seus campi,
de forma integrada e dinâmica.
      A utilização das  tecnologias da informação e comunicação tem
possibilitado que dados importantes sejam publicizados para a população, mas
também é preciso que aqueles que lidam com a informação percebam a importância
da correta e justa utilização das mídias, em respeito ao direito das cidadãs e
dos cidadãos brasileiros ao conhecimento da verdade.
     Induzir à falsa interpretação sobre a informação é crime, e como
educadora e reitora de uma instituição que é pública, acho que a maior
contribuição que podemos deixar à sociedade é a da preservação dos valores
éticos, entre eles, o compromisso com a verdade.
     Por isso, preparei este relatório que tem a prestação de contas de todas
as viagens por mim realizadas no exercício de 2010, a serviço do
fortalecimento da instituição, que já é público, porque está no Portal da
Transparência, mas que diante de tanta deturpação dos fatos é imprescindível
reiterar.
    Apresentamos ainda um relatório, ao qual qualquer pessoa pode ter acesso,
retirado do Portal da Transparência (www.portaltransparencia.gov.br), com as
diárias pagas aos demais Reitores/as dos Institutos Federais, e mesmo que
alguns deles não tenham participado da missão Brasil/Canadá, que trouxe
benefícios específicos às nossas instituições, fortalecendo a cooperação
internacional ,todos e todas poderão constatar que o nosso valor está abaixo
da média, se considerado face aos maiores institutos de nossa Rede Federal.
      Também é importante destacar, somente a título de esclarecimento, que
há Reitores/as que assumiram ao longo do ano de 2010, o que significa que
passaram a receber diárias após a nomeação, sendo que alguns deles/as,
exatamente por este motivo, nem participaram do Curso para Reitores e Reitoras
da ENAP (Escola Nacional de Administração Pública), que foi uma das
estratégias da SETEC/MEC, na transição de implantação dos Institutos Federais.
    Precisamos na era do avanço das tecnologias da informação e da
comunicação defender sempre a ética nos meios de comunicação, pois do
contrário, estaremos voltando a instaurar a ditadura, só que agora, uma
ditadura diferente da que outrora  vivemos, a Ditadura dos que detêm o poder
das mídias e por meio delas, querem fazer valer na esteira da falsa
democracia, as suas falsas verdades.

                            Cibele Daher Botelho Monteiro
                              Reitora IF Fluminense

HELINHO COELHO NA TENDA CULTURAL

Por Wesley Machado

O professor e cantor Hélio Coelho vai estar neste sábado (29) na Tenda Cultural da Fundação Oswaldo Lima na praia do Farol. Na oportunidade, Hélio Coelho vai apresentar o show "Uma Serenata à Moda Antiga, Mas Nem Tanto!", que inclui no repertório pérolas da mpb, modinhas, forró de raiz, músicas da jovem guarda,  pop rock e músicas internacionais. Ele vai cantar também músicas de sua autoria, como 'Festa de Santo Amaro', 'Coisa da Gente'  e 'Dos Canaviais ao Calçadão', que abordam sempre a cultura popular da região.
 
Hélio Coelho convida a todos os campistas, moradores e veranistas que estão na praia do Farol a comparecer nesse show cultural interativo para pessoas de todas as idades  e afirma que o show é um desdobramento da sua relação com a arte. “A música e a poesia têm a ver com algumas dimensões da minha existência”, filosofou Helinho, como é carinhosamente chamado. No show ele canta, conta causos e toca violão acompanhado do músico Jorge Serrote nos teclados, que promete uma surpresa durante o show com entrada franca.

TROCANDO O SOFÁ


O Cristiano Abreu Barbosa replicou o Alexandre Bastos, que replicou o André Lacerda, sobre as mudanças anunciadas do secretariado municipal. Uma espécie de troca-troca.

Ora, o que adianta substituir secretários se a prefeita continua a mesma?

quarta-feira, janeiro 26, 2011

ARGENTINOS VÃO IMPORTAR MODELO DE UPP

Uma iniciativa da Federação Nacional de Prefeitos da Argentina trará ao Rio de Janeiro, na segunda quinzena de março, entre os dias 17 e 24, prefeitos das maiores cidades portenhas. O objetivo é conhecer de perto a política pública de segurança que ocupa comunidades de favelas, com as Unidades de Polícia Pacificadora.

Repercutiu muito na imprensa argentina o episódio de tomada do Complexo do Alemão pela Força do Estado. À exemplo do Rio de Janeiro, as metrópoles do país hermano também têm áreas periféricas controladas pelo poder paralelo do tráfico de drogas. A idéia é copiar o modelo carioca de segurança.

MORRE ATOR JOHN HERBERT

Morreu no começo da tarde desta quarta-feira (26) o ator John Herbert. Ele tinha 81 anos e estava internado no Hospital do Coração desde o dia 5 de janeiro, após apresentar insuficiência respiratória. A causa da morte foi enfisema pulmonar. Seu velório será realizado por volta das 19h nesta quarta em São Paulo, no Museu da Imagem e do Som (MIS).

Uma amiga da família afirmou ao G1 que o corpo do ator deverá ser cremado, mas ainda não foram definidos data e local.

Além de atuar, Herbert também era produtor e diretor. Ele trabalhou em mais de 30 novelas da TV Globo, como "Que rei sou eu" e "Sinhá moça", sendo a sua última "Três irmãs", de 2008. Ele também esteve em "Sete pecados", reprisada no ano passado pelo "Vale a pena ver de novo".

Natural de São Paulo, Herbert interpretou a si mesmo na minissérie "Um só coração" (2004), que prestava uma homenagem à capital paulista, na época comemorando 450 anos. Trabalhou duas vezes em "Malhação": entre 1995 e 1996 fez o personagem Nabuco, enquanto em 2005 viveu o personagem Horácio.

Durante as décadas de 1950 e 1960, Herbert ficou conhecido pela minissérie "Alô, doçura" (de Cassiano Gabus Mendes), em que atuava ao lado de Eva Wilma, sua esposa durante mais de duas décadas (1955-1976). Ele estava casado havia 30 anos com Claudia Librah. Herbert deixa quatro filhos e cinco netos.

Fonte: G1 SP

FRENTE CONVIDA MP E ÓRGÃOS TÉCNICOS PARA VISTORIA DAS CASAS POPULARES

O gabinete da vereadora Odisséia Carvalho, PT, por solicitação da Frente Democrática de Oposição encaminhou convites ao CREA, ANFEA e Ministérios Públicos Estadual e Federal, além de um especialista do IFF, em geologia, para a vistoria nos canteiros de obras das casas populares, no Eldorado e entorno da Lagoa Maria do Pillar.

A visita está confirmada para a próxima terça feira, dia 1º de fevereiro, às 10h.

WILSON BATISTA NA TENDA CULTURAL DO FAROL

Este convite do jornalista multimídia, Chico de Aguiar, é imperdível. É a chance da platéia de Campos, principalmente, conhecer um pouco da personalidade e do talento de Wilson Batista, um mulato campista atrevido que ousou polemizar com o genial Noel Rosa, já na época, primeiras décadas do século XX, um consagrado e cosmopolita compositor carioca. Confira:


O espetáculo biográfico “Tributo a Wilson Batista” será atração deste sábado, dia 29 de janeiro, às 20h, com entrada franca, na Tenda Cultural instalada na orla da Praia do Farol de São Tomé. No palco estarão a cantora Maria Fernanda e o Grupo Ébano, com participação especial de Chico de Aguiar narrando a história do compositor campista nascido em 1913 e falecido em 1968. O repertório de 23 músicas tem clássicos como Emília, Samba Rubronegro, Mundo de Zinco, Preconceito e Mãe Solteira.


Na sequência, no mesmo espaço, o cantor, compositor e animador Helinho Coelho fará um show de músicas, contos e causos, com acompanhamento do multiinstrumentista Jorge Serrote.



terça-feira, janeiro 25, 2011

CARNAVAL CAMPISTA?

Tem blog novo na passarela: é o carnavalcampista.blogspot.com O título tem tudo a ver. O carnaval, em Campos, é único, exclusivo e pode ser em qualquer tempo, fica ao sabor da caneta da alcaidessa.

A festa da carne campista não se submete mais às datas convencionais, não cumpre o calendário lunar do Cristianismo, não é mais comemorado 47 dias antes do domingo de Páscoa, referência de todos os feriados cristãos, com exceção do Natal.

Mas, enfim, o novo blog promete discutir a folia como se deve, com paixão, mas com democracia. O blog, em seu editorial adverte por fim: “não temos o rabo preso”. Melhor ainda é não ter rabo.

BOAS NOVAS

Para iluminar esta tarde azul de verão, duas boas notícias. A primeira dá conta da alta provisória do ex-vice-presidente, José Alencar, que agora há pouco recebeu a medalha 25 de janeiro, na prefeitura paulistana. A honraria foi entregue pela presidenta Dilma e Alencar estava bem disposto e bem humorado. Ao final da cerimônia, ele voltou ao hospital Sírio Libanês. É um coração valente.


A segunda é sobre a cura da pneumonia que ameaçava a vida do humorista, Chico Anysio. O boletim médico do hospital Samaritano, no Rio, foi divulgado, na manhã de hoje. Chico ainda respira com ajuda de aparelhos, mas não está mais sedado e em franca recuperação. É verdade, Terta!


Fontes: G1 SP e O Globo on line

SÃO PAULO: O AVESSO, DO AVESSO, DO AVESSO, DO AVESSO

Pátio frontal do colégio dos Jesuitas

Hoje, 25 de janeiro de 2011, São Paulo comemora 457 anos de fundação. A vila de Piratininga teve origem num colégio de catequese, instalado pelos Jesuítas, liderados à época, por um jovem e brilhante padre português, então com 20 anos, José de Anchieta.


Diferente de nós, campistas, que nos juntamos, embrionariamente, como um arruado, a partir de um curral de bois, em Campo Limpo, no portal de entrada da exuberante baixada goitacá, nos idos de 1633, São Paulo cresceu vertiginosamente e se transformou na segunda pátria da maioria dos migrantes do Brasil.


A escolha do nome da futura cidade de São Paulo, deveu-se ao dia 25 de janeiro, data em que a igreja católica celebra a conversão do apóstolo Paulo de Tarso, conforme registro do próprio Anchieta em correspondência enviada à Companhia de Jesus: “A 25 de janeiro do Ano do Senhor de 1554 celebramos, em paupérrima e estreitíssima casinha, a primeira missa, no dia da conversão do Apósotolo São Paulo e, por isso, a ele dedicamos nossa casa”.


Hoje para saudá-la chamarei o mais delicado de seus poetas, Mário de Andrade:


QUANDO EU MORRER

Quando eu morrer quero ficar,
Não contem aos meus inimigos,
Sepultado em minha cidade,
          Saudade.

Meus pés enterrem na rua Aurora,
No Paissandu deixem meu sexo,
Na Lopes Chaves a cabeça
          Esqueçam.

No Pátio do Colégio afundem
O meu coração paulistano:
Um coração vivo e um defunto
          Bem juntos.

Escondam no Correio o ouvido
Direito, o esquerdo nos Telégrafos,
Quero saber da vida alheia,
          Sereia.

O nariz guardem nos rosais,
A língua no alto do Ipiranga
Para cantar a liberdade.
          Saudade...

Os olhos lá no Jaraguá
Assistirão ao que há de vir,
O joelho na Universidade,
          Saudade...

As mãos atirem por aí,
Que desvivam como viveram,
As tripas atirem pro Diabo,
Que o espírito será de Deus.
          Adeus.

Mário de Andrade

BALANÇA, MAS NÃO CAI

Fotografias: Leonardo Berenger

A ponte João Barcelos Martins, já foi Ponte de Pau, Ponte de Ferro e Ponte do Meio. Tem quase 138 anos. É histórica e bela. Já cedeu uma vez. Fez a ruína do Barão da Lagoa Dourada, que bancou sua construção e depois se jogou dela, não sem antes descansar a cartola no passeio e dobrar o seu sobretudo, como revelou Lamego.

Desde ontem a velha ponte está liberada ao tráfego. Veio a cheia e ela ameaçou, mas não caiu. Quem passa, faceiro, sobre ela não vê o que o fotógrafo Leonardo Berenger descobriu e postou em seu blog Olhares, hospedado no sítio da Folha. Confira.

DESAPARECIDOS NA REGIÃO SERRANA SÃO 513

O número de pessoas desaparecidas nos municípios da Região Serrana do Rio, após as chuvas na madrugada de 12 de janeiro, chega a 513, segundo o Ministério Público do Rio de janeiro (MP-RJ). Pelo levantamento são 234 em Teresópolis, 187 em Nova Friburgo, 2 em Bom Jardim, 2 em São José do Vale do Rio Preto, 1 em Cordeiro, 4 em Sumidouro, 45 em Petrópolis e 38 em localidades não informadas. Os números foram fechados por volta das 16h30 desta segunda-feira (24).

A lista pode ser consultada no G1 e no site do MP-RJ (www.mp.rj.gov.br). Na página do MP-RJ também é possível preencher o formulário com informações das pessoas desaparecidas. Quem quiser registrar desaparecimento também pode ligar para o número (21) 2283-6466, das 8h às 18h, diariamente.

Fonte: G1

segunda-feira, janeiro 24, 2011

FRENTE VAI VISTORIAR CASAS POPULARES

Depois da visita de inspeção às obras de paisagismo de um trecho urbano da Beira Valão, com formalização de um pedido de informações à secretaria municipal de Obras, que deverá ser respondido nos próximos dias, a Frente Democrática, reunida na noite desta segunda, 24, deliberou uma vistoria, acompanhada de representantes de órgãos técnicos, às casas populares do Eldorado e do entorno da Lagoa Maria do Pillar, na próxima terça feira, dia 1º de fevereiro.

A agenda de inspeção foi aprovada em função da prefeita ter anunciado à entrega de parte das residências mesmo com a divulgação de um laudo do grupo especializado do Ministério Público que condena às construções, em matéria publicada pela revista Somos Assim.

O objetivo da Frente é colher todas as informações possíveis e confrontá-las com os pareceres emitidos por órgãos técnicos. Durante a reunião ordinária desta segunda, um empresário do ramo da construção civil também abordou o preço unitário das casas. Segundo ele, uma unidade, nas dimensões das que serão entregues pela prefeita, custam, no mercado, em média 17 mil reais, sem considerar os investimentos em infraestrutura.

Esta semana, o Ministério Público será oficiado para acompanhar a visita.

domingo, janeiro 23, 2011

A FARSA DO CANAL

Flagrante da obra, no ano de 1844

O canal artificial Campos Macaé é o segundo em extensão no mundo, com 106 km. Só fica atrás do canal de Suez, que liga os mares Mediterrâneo e Vermelho, com, aproximadamente, 163 km.

O início de sua obra data de 1837, início do Segundo Império e para a empreitada foi utilizada em larga escala o braço escravo. O canal navegável, com 15 metros de largura, era, na verdade, uma hidrovia e servia para escoamento da produção regional, sobretudo, o açúcar.

Pois bem, uma minúscula fração desse canal, equivalente a três quarteirões, mais precisamente entre a rua Formosa e avenida 28 de Março, está cercado por tapumes, onde a Prefeitura de Campos promove uma obra de maquiagem, puro paisagismo, ao preço inicial de 18 milhões de reais, já aditivado em pelo menos, mais 2 milhões e 600 mil reais.

A intervenção do Poder Público não provocará qualquer alteração no curso d’água, vazadouro de esgoto in natura, em pleno centro urbano. O cheiro fétido característico do canal permanecerá depois da obra concluída, sabe-se lá quando. É mais ou menos como comprar sapatos novos para pés sujos.

O mais curioso não é a atitude do governo municipal em realizar uma obra dessa. Cada um é o que é. Esse governo é isso mesmo. É a sua natureza, o seu signo: ponte feia, casas frágeis, cabrestos sociais e maquiagem para impressionar.

O que inquieta é a passividade da sociedade e seus aparatos de controle que assistem silentes essa farsa burlesca. 

sábado, janeiro 22, 2011

MAMULENGOS NA POLITICA NÃO TÊM GRAÇA

Mamulengo é um fantoche manuseado, com destreza, por alguém por trás dos panos. Sua origem é controversa, mas, no Brasil, surgiu na cultura nordestina, conforme relato do folclorista Câmara Cascudo.

O termo mamulengo, supostamente, deriva da habilidade manual para dar-lhe movimento. Seria por causa de mão molenga, ou mão mole.

São bonecos que fazem a diversão alheia. Sempre usados para ilustrar a narrativa de quem os controla.

Na Política também há os mamulengos, mas aí são desprovidos de qualquer graça porque servem, como inocentes(?) úteis à interesses nebulosos. Neste caso quem os controla não são artistas populares, mas perniciosas eminências pardas.

A diferença entre os mamulengos da arte e da política é que os primeiros não "controlam" orçamentos bilionários.

O ORÇAMENTO FICCIONAL DE CAMPOS

Na semana que vem, vou postar, aqui no Blog, os primeiros resultados do garimpo que  uma comissão designada pela Frente Democrática está procedendo no orçamento municipal de Campos, exercício de 2011. As revelações serão, no mínimo, instigantes.

Aguarde.

CASAS COMPROMETIDAS

A revista Somos Assim já divulgou o laudo do grupo especializado do Ministério Público sobre a fragilidade das casas populares construídas pela Prefeitura de Campos, no bairro Eldorado e na área do entorno da Lagoa do Pillar.

São construções sem colunas de vergalhão e cimento e alvenaria fora das especificações técnicas para aquele  tipo de terreno. Ontem, por e-mail recebi uma informação que ainda preciso checar para publicá-la. Um conceituado órgão técnico teria recomendado a interdição da obra.

Em breve, volto ao assunto.

O BOQUIRROTO ESTREBUCHA!


Estou fora do Município. Um amigo me liga para dizer que, neste momento, o Garotinho está em mais uma crise de diarréia verbal, na sua rádio Odiário. É um parvo, no mínimo.

Recado ao boquirroto mitômano: não adianta estrebuchar, a Frente Democrática não vai recuar.

sexta-feira, janeiro 21, 2011

SHAOLIN TRANSFERIDO PARA SÃO PAULO

Shaolin caracterizado como Presidente Lula

Traumatismo cranioencefálico grave. Esse foi o resultado do último diagnóstico do humorista Shaolin, divulgado hoje cedo pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo. De acordo com a boletim, os médicos indicaram a implantação de um catéter para monitoração da pressão intracraniana pela equipe de neurocirurgia, além de uma nova limpeza cirúrgica da lesão sofrida no braço esquerdo.
Shaolin permanece sedado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital. Ele foi transferido do Hospital Antonio Targino, na Paraíba, ontem à noite. Logo que chegou, foi submetido a tomografias de crânio, da coluna cervical, do tórax, do abômen e do ombro esquerdo. O diagnóstico de Shaolin identificou “traumatismo cranioencefálico grave, extensa lesão de membro superior à esquerda com perda de substância óssea e contusão torácica”
Fonte: Globo.com

FRENTE DEMOCRÁTICA VISTORIA OBRA DA BEIRA VALÃO

Os dirigentes partidários que integram a Frente Democrática de Oposição, acompanhados da vereadora Odisséia Carvalho, do PT, estiveram na manhã de hoje, no canteiro de obras da Beira Valão, onde a Prefeitura realiza, através da IMBEG, uma intervenção urbanística discutível, ao preço de 18 milhões de reais, sem contar os termos aditivos e sem qualquer ação reparadora no leito do canal, que ao longo do tempo tem servido, inclusive, de vazadouro de esgoto in natura.

A comissão da Frente foi recebida, de forma civilizada pelo mestre de obras. O engenheiro responsável da empresa estava ocupado em outros compromissos inadiáveis. Contudo, a visita foi proveitosa ao que se prestou: buscar informações.

Através do gabinete da vereadora Odisséia, foi produzido um ofício à direção da empreiteira, cobrando respostas sobre as planilhas e o cronograma da obra – que já dura mais de 1 ano –; sobre o valor inicial e aditivado – há, pelo menos, dois termos aditivos - ; se houve novo objeto no contrato e ainda sobre questões técnicas.

Na visita, ficou claro que, pelo projeto original, nas margens do canal haverá canteiros de flores e nenhuma área própria para pedestres, que terão que dividir espaço com os ciclistas. A visita de hoje será desdobrada com um contato com o engenheiro responsável pela obra e com o secretário municipal de Obras. A Frente, tão logo tenha os dados em mãos, fará uma consulta técnica a órgãos independentes.

Outras visitas de inspeção serão agendadas para a semana que vem. A próxima deverá ser nas Unidades Básicas de Saúde, Hospitais Públicos e conveniados.

DENGUE SOB CONTROLE?

Leio no blog da Suzy que, em Campos, já são 59 casos de dengue, com seis do tipo hemorrágico. São quase três registros por dia.

É bem verdade que a Prefeitura tem uma equipe médica altamente treinada e especializada, sob o comando de um dos maiores estudiosos da Dengue, no Brasil, o doutor Luiz José, para enfrentar o que já se pode tipificar de surto.

Mas, também não é demais, lembrar que a doença mata se houver demora no diagnóstico e tratamento. E também o histórico de outros anos, deixa evidente que os maiores focos estão em residências abandonadas e terrenos baldios, áreas sob responsabilidade do Poder Público.

Não seria prudente, agora, já, quando a situação ainda “está sob controle”, promover os mutirões, no Município? Não é melhor prevenir do que remédio dar?

quinta-feira, janeiro 20, 2011

HUMORISTA SHAOLIN SOFRE GRAVE ACIDENTE

O humorista Francisco Jozenilton Veloso, o Shaolin, atualmente, no cast do programa do Tom Cavalcanti, na TV Record, sofreu grave acidente, na última terça feira, em Campina Grande, na Paraíba. Seu carro bateu na lateral de um caminhão e capotou algumas vezes.

Shaolin foi levado ao hospital local, com traumatismo craniano e esmagamento do osso úmero, que liga o ombro ao cotovelo, do braço esquerdo. Ontem, houve recuperação do quadro neurológico e das taxas sangüíneas. No entanto, ainda é grave o edema do braço. Os médicos chegaram a cogitar sua amputação.

Hoje, após exames, o humorista deverá ser transferido para o hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para tratamento específico do braço.


Atualização: 23:55h - A direção do hospital Antonio Targino, em Campina Grande, onde Shaolin está internado, informou na tarde de hoje, que o humorista apresentou alterações cardíacas e que tomografias do pulmão e tórax foram feitas para avaliação do novo quadro. Por conta disso, a equipe médica desautorizou sua transferência para o hospital Sírio Libanês, em São Paulo, como estava prevista. Ainda não há previsão para sua remoção.


Fonte: O Globo

MINHA CASA, MINHA VIDA?

Modelo para ilustração

A revista Somos Assim desta semana traz uma matéria densa sobre a qualidade das casas construídas pela Prefeitura de Campos, no Eldorado e Lagoa Maria do Pilar.

Os dados são estarrecedores. Há no texto, relatos do laudo do Grupo Especializado do Ministério Público do Estado, que vistoriou o canteiro de obras, denunciando a ausência de colunas de cimento na construção e utilização de alvenaria fora dos padrões técnicos, considerando a geologia do terreno.

Não vou mais além. Leia a revista e depois, desapaixonadamente, faça seu juízo.

Ah, uma pergunta que não deve calar: a alcaidessa moraria numa casa dessas, com sua família?

quarta-feira, janeiro 19, 2011

FALSAS VESTAIS

Os deputados federais que serão empossados em 1º de fevereiro próximo começam a legislatura com um contracheque obsceno. Seus proventos foram reajustados em 61,83 por cento, em duas sessões relâmpagos, na Câmara e no Senado, em dezembro passado e cada um vai embolsar a cada final de mês R$ 26.713,13 (VINTE E SEIS MIL, SETECENTOS E TREZE REAIS E TREZE CENTAVOS).

O aumento não é ilegal, mas, convenhamos, é imoral. Sobretudo, num país onde o salário mínimo reajustado chegará aos R$ 540,00 (QUINHENTOS E QUARENTA REAIS).

Uma conta rápida revela que suas excelências, os deputados federais, ganharão o equivalente a CINQUENTA salários mínimos.

Os deputados eleitos, em sua esmagadora maioria, se fazem de morto quando o assunto é o aumento escandaloso de seus salários. É um assunto “incoveniente”.  Enquanto isso, a sociedade civil organizada elabora um abaixo assinado, que circula pela internet, para tentar derrubar o reajuste “generoso” que suas excelências se deram.

Na verdade, sobre a questão, os parlamentares se dividem em três matilhas: os que comemoram o aumento e assumem; os que fingem que estão contrariados, as falsas vestais, e o que estão “na moita”, doidos para o assunto ser esquecido logo.

Onde está o seu deputado?

SIMPLES

Tarde alta de verão, céu todo azul e um avião, como um bólido prata, abre uma alameda branca de fumaça sobre todos nós.
Olho a aeronave e mostro-a a Nina:
- Olha lá um avião. Ele tá cheio de gente.
E ela, prontamente, do alto de seus quatro anos, completa:
- Se a janela estiver aberta, eles conseguem botar a mão no céu!

Seria tudo tão simples, se fosse assim.

ALÍVIO: PARAÍBA RECUA

A última medição do Corpo de Bombeiros, feita na manhã de hoje: 9m e 65 cm.

VEREADORES VÃO VISTORIAR OBRA DA BEIRA VALÃO

Terminou agora há pouco a reunião ordinária da Frente Democrática de Oposição. Por votação unânime ficou deliberado que os vereadores dos Partidos Políticos que compõem a Frente farão uma visita de inspeção ao canteiro de obras da Beira Valão, na próxima sexta, às 10h, acompanhados dos respectivos dirigentes partidários.

O objetivo é colher informações precisas sobre o cronograma da obra, seu custo final, se já houve termos de aditamento e previsão de entrega. Outras obras serão vistoriadas, cumprindo um calendário que será marcado, oportunamente.

Também ficou aprovado, em assembléia, que duas visitas serão confirmadas para as próximas semanas: uma às escolas da rede municipal para identificação de suas condições, considerando a proximidade de reabertura do ano letivo e nas Unidades Básicas de Saúde e Hospitais conveniados para constatação das condições atuais de atendimento ao público.

A Frente volta a se reunir, na próxima segunda feira, 24, em novo horário, às 19h, na sede do PRP.

PIORA ESTADO DE CHICO ANISIO

O estado de saúde do humorista Chico Anísio piorou, segundo boletim médico divulgado na tarde de ontem pelo Hospital Samaritano, onde ele está internado desde o último dia 2 de dezembro.

A notícia também foi postada pela esposa do humorista, Malga de Paula, no twitter: “A pneumonia tem sido cruel com ele”, disse ela.

Chico Anísio, que completa 80 anos em abril deste ano, sofre com o agravamento da pneumonia na base do pulmão direito e a terapia à base de antibióticos não tem sido eficaz. Ele está na UTI, respira com ajuda de aparelhos, têm o ritmo cardíaco monitorado, mas não está sedado.

Fonte: O Globo

terça-feira, janeiro 18, 2011

A AMEAÇA DA DENGUE

Só nos 18 primeiros dias deste ano, já foram confirmados, em Campos, 27 casos de Dengue, com registro de 3 casos do tipo hemorrágico. As maiores vítimas são crianças e não custa lembrar, que a doença, se não diagnosticada e tratada imediatamente, pode matar.

Há, pelo menos, duas semanas, o Ministério da Saúde divulgou a relação das cidades sob maior risco de uma epidemia e Campos figura entre as 15, no país, com risco de maior incidência. A palavra oficial do governo municipal é que “a situação está sob controle”.

Mutirões de combate ao mosquito, por ora, nada!

Como prevenção e caldo de galinha mal não fazem, o ideal é que cada um,  independente das medidas oficiais, cuide de seu quintal.

ÚLTIMA MEDIÇÃO DO RIO PARAÍBA, EM CAMPOS

A última aferição oficial dos Bombeiros registrou 10m e 14cm. A tendência é de baixa.

AS PROFECIAS DE CHICO

Michel de Nostradame, 14 ou 21 de dezembro de 1503

O francês Michel de Nostradame, ou Nostradamus,  se notabilizou por suas previsões escritas em provençal, um dialeto francês do século XVI e compiladas nas famosas Centúrias. A leitura é reveladora e quanto às profecias, há quem garanta que algumas já se cumpriram.

Acabo de descobrir que o carioca Francisco Buarque de Holanda, ou Chico, um dos maiores expoentes da Musica Popular Brasileira também faz premonições. Bem mais modestas, é verdade, mas curiosas. Vejam a letra do samba Homenagem ao Malandro composto em 1977 para a peça Ópera do Malandro e tirem suas conclusões:

 

Homenagem Ao Malandro

Chico Buarque

 

Eu fui fazer um samba em homenagem
à nata da malandragem, que conheço de outros carnavais.
Eu fui à
Lapa e perdi a viagem,
que aquela tal malandragem não existe mais.
Agora já não é normal, o que dá de malandro
regular profissional, malandro com o aparato de malandro oficial,
malandro candidato a malandro federal,
malandro com retrato na coluna social;
malandro com contrato, com gravata e capital, que nunca se dá mal
.
Mas o malandro para valer, não espalha,
aposentou a navalha, tem mulher e filho e tralha e tal.
Dizem as más línguas que ele até trabalha,
Mora lá longe chacoalha, no trem da central.

TERCEIRIZADOS CONFIRMAM DEMISSÕES

À propósito da nota que postei, ontem à noite, TEMPO DE DEGOLA, que revela um processo sumário de demissão de terceirizados, na prefeitura de Campos, reproduzo comentário do R. da Silveira, entre outros tantos anônimos que recebi. Confira:

R. da Silveira disse...
Ola Fernando Leite...
Essa informação procede. Sou funcionário contratado através da Nova Rio (empresa que presta serviço para Prefeitura). Na manhã dessa segunda feira 17/01/11 recebi uma ligação desta empresa pedindo para que eu comparecesse lá, perguntei o motivo e eles se recusaram a me informar. Chegando lá fui comunicado pela mesma que estaria demitido, pelo motivo que estariam cortando contratados. Perguntei, então, como foi o processo se seleção desses funcionários que deveriam ser cortados dessa listagem, eles me informaram que não sabiam, pois a mesma já veio pronta do Rio. Assim como muitos que estavam lá, me recusei a assinar a demissão... Depois fui informado que TODOS os contratados durante o período da gestão do Prefeito interino Nelson Nahin foram demitidos...
 
Espero que essa situação seja resolvida da melhor maneira possível, pois não temos nada a ver com essas rinchas políticas... Apenas quero continuar sustentando minha casa. Como um chefe de família, me sinto envergonhado e humilhado. É sempre a mesma coisa... Será que essa historinha nunca vai ter fim? R. da Silveira

SITUAÇÃO DO PARAÍBA EM SÃO FIDÉLIS

E-mail de Fabinho Stellet Gentil, sobre o nível do rio Paraíba, em São Fidélis, na medição de ontem, às 21h:


S. Fidélis-RJ, 17/01/11, 22:59 h.

Estimado amigo FERNANDO,

Só agora, 22:59 h, é que li seu e-mail.
Estive no "ponto fixo" que eu marco o nível (ali na beira rio, descendo pelo Colégio Estadual, próximo à nova ponte), por volta das 21 h...
Infelizmente, da parte da tarde agora para a noite, subiu!!!
Lá na Ipuca, na rua nos fundos do Supermercado Comprebem (rua do C.E. Elvídio Costa), os bueiros já estão por um triz de começarem a jogar água (do rio) para fora... estive lá também, nesse mesmo horário. 
Aqui em casa grande parte dos móveis já estão no alto!
Um outro (grave) problema é que o atual Prefeito, já iniciando TERCEIRO ANO do seu mandato, não promoveu a limpeza de um único bueiro sequer!
As galerias estão todas entupidas!
Óbvio que não se discute que parte da culpa disso é da população, que não joga o lixo no seu devido lugar...
Mas o Poder Público tem que fazer a sua parte também!
E aqui não o fez!
Naquelas fotos que te mandei, na esquina aqui de casa, há 03 bueiros; mas nenhum deles serve pra nada... ou melhor, serve: só para acumular lixo e sujeira, pq não suga água alguma!
Forte abraço!
Estou com tanto medo de enchente q tô até saindo em viagem amanhã....
Como minha sogra/sogro/cunhada moram aqui comigo, vou deixar eles "cuidando" da casa.
Abraços!

Fabinho Stellet Gentil.

segunda-feira, janeiro 17, 2011

MONUMENTO INACABADO

O monumento ao Santíssimo Salvador, padroeiro de Campos, projetado para o canteiro central, na confluência da BR-101 e perimetral Togo de Barros, na estrada do contorno, foi concluído, mas não ficou pronto.

O autor do projeto estaria insatisfeito com o acabamento da obra, uma vez que foram feitas alterações estruturais, entre as quais, a eliminação do espelho d’água e do chafariz, fundamentais em sua composição estética.

O imbróglio pode acabar no Judiciário.

O QUE SERÁ, QUE SERÁ?

A comissão jurídica da Frente Democrática de Oposição se reuniu, extraordinariamente, hoje à tarde.

Quarta feira que vem, dia 19, a Frente tem mais um encontro.

TEMPO DE DEGOLA

Recebi, hoje à tarde, a informação que a prefeita de Campos procede uma série de demissões de terceirizados. As versões são múltiplas. A mais complicada é que os demitidos teriam tido acesso à Administração, no período de interinidade de Nelson Nahim.

As motivações da degola não estão claras, mas que há demissão, há.

O que se espera diante de uma situação dessas é que a Câmara Municipal, Poder ao qual compete fiscalizar os atos do Executivo, diga a que veio e cobre respostas em tempo ágil.

Como o Parlamento hiberna nas férias de verão, a tarefa fica à cargo da Tutela Coletiva do Ministério Público.

Se você está entre os demitidos, mande notícias ao blog.

domingo, janeiro 16, 2011

IMAGENS DE SÃO FIDÉLIS

Estas são imagens do centro da cidade de São Fidélis, após a chuva de ontem à tarde. A colaboração valiosa é de um atento leitor do blog, A segunda fotografia é da unidade do Corpo de Bombeiros.

sábado, janeiro 15, 2011

MORTOS JÁ SÃO 606

A Tv Globo divulgou agora à noite que já são 606 os mortos encontrados nos escombros da tragédia da região serrana do Rio. Neste momento, chove muito nos municípios da área devastada pelos temporais.
Também choveu torrencialmente na tarde de hoje, em São Fidélis, norte do EStado, e várias regiões da área urbana ficaram alagadas, mas, felizmente, não há registro de vítimas.

OS NÚMEROS ATUALIZADOS DA TRAGÉDIA

Acompanho com angústia – e esse é um sentimento compartilhado com quase todos – os números da tragédia na região serrana. A versão online de O Globo, revela agora pela manhã, a conta de 545 mortos encontrados.

A repetição de eventos dessa grandeza catastrófica haverá de exigir uma estratégia do Poder Público, sob pena de se responsabilizar criminalmente os governantes, responsáveis, no mínimo, por negligência e omissão, em grande parte, por tantas mortes e tanta dor, para não falar das perdas materiais.

O que fazer? Nos perguntamos estarrecidos. Há solução para evitar a repetição anunciada de tragédias iguais a essa?

Na Austrália, choveu em intensidade maior do que na região serrana do Rio e o número de mortos foi, infinitamente, menor.

É bem verdade que a topografia das regiões atingidas era bem distinta. A serra potencializa a força das águas. O que seria uma enxurrada, relativamente, comum em área plana, no morro se transforma numa cachoeira avassaladora.

Mas, o diferencial entre os casos é, sobretudo, a definição das autoridades de um plano de prevenção, que inclui a divulgação sistemática da previsão meteorológica e um conseqüente programa de evacuação das populações sob risco. Na Austrália, quando o temporal chegou, as pessoas já estavam nos abrigos, à salvo.

Também é claro que há um longo percurso a ser vencido, no que se refere à enraizada questão cultural. Há famílias, que mesmo advertidas dos riscos iminentes de morte, resistem por apego ao pouco que conseguiram juntar, ao longo da vida tão sofrida.

Agora é esperar que a fragilíssima memória oficial não se esgarce tão rápido e que o conjunto de providências não se perca nas promessas de sempre.
Que as muitas mortes não se transformem em fria estatística.

sexta-feira, janeiro 14, 2011

RESGATE DA VERDADE III

Vale ressaltar novamente, que durante os quatro anos do nosso governo, trabalhamos com 75 milhões de reais, em média - 350 milhões no total -. Por isto tínhamos sempre a convicção de ter que trabalhar com bastante criatividade, buscando permanentemente parcerias com os segmentos organizados da sociedade. Com este espírito público, e certamente com credibilidade, construímos a orla II, na Lapa, junto com o representante local da Skol, onde a empresa após a inauguração daquela urbanização e praça de alimentação, ficava com a responsabilidade de manutenção permanente daquele local - hoje totalmente abandonado -. Avançamos também na formalização de parceria com a Empresa Progresso - ônibus - no sentido de, juntos construírmos e inaugurarmos a rodoviária da praia do Farol de S. Tomé.




Mais uma importante iniciativa neste sentido foi a construção do Shopping Estrada, quando nós entramos com o projeto, com a área, a infraestrutura , e as empresas de ônibus juntamente com os lojistas, executaram aquela importante obra para a cidade. É bom frisar, que além do deslocamento da rodoviária para aquele local, visando desafogar a área central do município, estávamos tentando também levar o crescimento para aquele ponto, até então, inóspito. Campos tem 4.040 Kms quadrados, é o maior município do Estado do Rio de Janeiro, portanto, intensificar as construções de espigões na área urbana, significa tirar toda ventilação e promover o caos nas artérias centrais. Todavia, devo reconhecer, que há a necessidade urgente de atender melhor esta nova região, com transportes coletivos, atendendo melhor estas novas demandas.



O verão da praia do Farol, também foi patrocinado pela PMCG e algumas empresas locais, enfim: quando no país o conceito de parceria estava engatinhando, aqui nós já trabalhávamos com relativo sucesso.



Fizemos um grande projeto de urbanização, com uma arrecadação média, mensal, de royalties, no valor de 200 mil reais. Para se ter uma idéia, calçamos e asfaltamos mais de quinhentas ruas no nosso município: como bons exemplos podemos citar o asfaltamento da estrada de S. Martinho, asfaltamento da estrada do Xexé, no Farol de S. Tomé, asfaltamento da estrada de S.Bento. Fizemos também mais de 40.000 metros de galerias de águas pluviais, construímos a Vila dos Pescadores na praia do Farol - 92 casas -, construímos a agrovila na Vila Manhães - entre Fazendinha e bairro da Penha -. Reformamos e ampliamos escolas, creches, postos de saúde, etc....



Dentro da nossa constante preocupação com a melhoria da arrecadação, lideramos um grande movimento regional, junto com todos os prefeitos dos municípios produtores de petróleo, no sentido de repartirmos a arrecadação do ISS das empresas que prestavam e prestam até hoje, serviços a Petrobrás. Naquela época tínhamos em torno de 100 empresas promovendo serviços para as plataformas de extração de petróleo, porém, uma boa parte delas, pertencia a outros estados, e "recolhia " o imposto municipal - ISS - nos seus escritórios de origem. A partir desta constatação, realizamos várias reuniões com os nossos colegas prefeitos e a empresa Petrobrás, e estabelecemos o seguinte: todos municípios aprovariam através de suas câmaras municipais, uma alíquota única no que diz respeito ao valor do ISS, evitando com isto a concorrência predatória. Ato seguinte firmamos um acordo, que todos assinaram, inclusive o representante da empresa petrolífera, onde rezava, que a partir dos próximos contratos, haveria a obrigatoriedade dos fornecedores de serviços, de abrir escritório em qualquer um dos municípios produtores. Teríamos uma conta comum, esta arrecadação seria depositada nesta conta, e mensalmente este dinheiro seria rateado entre todos, dentro do mesmo critério de distribuição do ICMS. Deixamos tudo assinado, transformado em lei, porém, era o último ano dos nossos governos. Infelizmente, nossos sucessores engavetaram esta importante fonte de arrecadação. Hoje, só Macaé, tem quase 500 empresas fornecendo serviços para as plataformas da Petrobrás. Quanto dinheiro Campos dos Goytacazes está perdendo com este descaso. Obrigado pela atenção de todos. Até a próxima.

Sérgio Mendes